Skip to Content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

#16 Power Trail do Lima - Artesanato

A cache by cagaNAcunca team & cagaNAcriba Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/06/2012
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Translation

#16 Power Trail do Lima - Artesanato

Powertrail do Rio Lima

Esta cache está inserida no Powertrail do Rio Lima: um percurso pela Ecovia do Rio Lima (Troço dos Açudes) que se estende ao longo da margem esquerda do rio, unindo as duas Vilas Minhotas de Ponte de Lima a Ponte da Barca, numa extensão de cerca de 16 km.

O percurso caracteriza-se pelos vários açudes e moinhos ao longo do rio, onde pode encontrar igualmente vários tipos de containers em locais totalmente diferentes. Desfrute plenamente deste passeio, em BTT ou a Pé, uma vez que é interdita a circulação a automóveis e motociclos.

Um agradecimento muito especial ao Fernando Rei por me ceder todo o trabalho por ele antes feito!:D

Artesanato

Artefactos de Madeira 
Recordando a Eira do Penedo, na típica e castiça vila do Soajo. São cerca de duas dezenas de espigueiros, juntos uns com os outros, constituindo um volumoso afloramento de granito do Séc. XVIII. Os espigueiros do Soajo têm fendas verticais no canastro. Telhados de duas águas e pilares de sustentação.

Artefactos de Metal 
A Latoaria e os cobres em Vila de Punhe, com as suas candeias, cornetas e trombones são hoje adornos e decorações muito em voga em casas rústicas e senhoriais.

Artes Decorativas 
A cantaria tem como matéria-prima o granito. Os canteiros tradicionais utilizam apenas o martelo, o cinzel, o esquadro e o metro para moldar o granito em bruto, transformando-o em esbeltas formas de arte: bicas de água (carrancas), conchas, relógios de sol, santos populares, fogões de sala, chafarizes e fontanários.

Artes de Festa 
Antes, era o couro e o palhão. Hoje, é o papel metalizado. Ramos de andores. Tem uma única face, com um fundo em forma ovóide, frisado em nervuras. Sobre estas colaram-se flores, do mesmo papel, de pequenas folhas, igualmente nervuradas. São montadas em armação de arame.

Artesanato Urbano 
Caracterizado pela produção de objectos a partir de técnicas tradicionais em série limitada, plasticamente expressivos com uma maior aproximação à arte erudita ou pela produção de peças originais e únicas, fruto da vivência urbana dos artesãos. Exercem, normalmente, a actividade a tempo inteiro e são oriundos de profissões artísticas.

Bonecas Regionais 
Se o trajar no Alto Minho é o mais lindo do mundo, é lógico que se preparem e vistam a rigor as mais belas bonecas com o traje regional. De pano, de jornal, de cerâmica ou outros materiais, têm hoje mercado próprio, mesmo de coleccionadores que procuram adquirir os variados trajes da Região.

Bordados e Rendas 
Bordar e rendar significa no Alto Minho realidade e sonho. Mãos rudes que se transformam em arte de princesas. A mistura de delicados abertos com pontos de feitura simples e segura. As combinações em arco-irís ou a sobriedade distinta de uma cor única.

Cerâmica 
Com o impulso de Marquês de Pombal em meados do Séc. XVIII, a Cerâmica nacional adquiriu um papel de relevo. Destaca-se, então, Viana do Castelo, devido ao fino caulino extraído das barreiras de Alvarães que deu origem, qualidade e valor artístico à sua faiança (louça de pó de pedra), e bem conhecida como Louça da Meadela.

Chinelas e Socas 
Para além do seu aspecto utilitário, fazem parte integrante do 'traje' do Alto minho, sejas as características 'Chinelas' da lavradeira, bordadas a cores, ou as 'clássicas' socas em que o cabedal é entaxado no pau, aplicando-se uma tira de couro (traje de trabalho; traje de domingar). Se fechados, chamamos-lhe botas; se abertos, tamancos ou socas.

Olaria 
O figurado de Barcelos é uma das mais autênticas expressões do imaginário popular português. Neste tipo de artesanato, o artesão transpõe para o barro o quotidiano e a forma de ver o mundo. São peças todas feitas à mão, pintadas, vidradas e a que cada artesão dá a forma própria.

Tecelagem 
O linho passa por muitos trabalhos, os chamados 'tormentos' do linho. Ripado e alagado. Masgado. Depois espadelado no cortiço. A seguir, vem o pente e o assedeiro. E, finalmente, a roca e o fuso. Pronto o fio fazem-se meadas no sarilho. E, se o linho se destina aos teares, passa-se das meadas para a dobadoura e as caneleiras.
 

Trajes Regionais 
As saias que podem ser de três tipos: regional, às moscas ou de cordões; os aventais de flores, mais conhecidos por aventais de rosas e que são a sequência dos aventais aos 'cadros'; os coletes com fitilhos, bordados a lã, missangas e vidrilhos; as algibeiras de trabalho de domingar, de festa , e de mordoma e noiva são, ainda hoje, as obras primas das nossas Tecedeiras.



This page was generated by GeoPT Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

qrfpr-zr!!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

57 Logged Visits

Found it 48     Write note 1     Archive 1     Temporarily Disable Listing 2     Enable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 2     Post Reviewer Note 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 2 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.