Skip to content

Ribeira do Farrio - Projeto Concelho Ourem Traditional Geocache

Hidden : 06/10/2013
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Ribeira do Fárrio - Projeto Concelho de Ourém

brasao ribeira do farrio

História do Concelho

O nome original deste Concelho foi Abdegas até o século XII. Com a expulsão dos Mouros por Dom Afonso Henriques em 1136, foi alterado para Aurem e finalmente Ourém. Auren era o nome do castelo que, em 1136, D. Afonso Henringues tomou aos mouros. Em 1180 foi concedido o primeiro foral dado por D. Teresa, filha do rei conquistador. O Conde Andeiro, segundo Conde de Ourém, foi o responsável pela assinatura do Tratado de Aliança entre Inglaterra e Portugal, em vigor até aos nossos dias. D. Nuno Álvares Pereira, terceiro Conde de Ourém, foi o homem que em 1385 garantiu a independência de Portugal quando conseguiu uma espectacular vitória na grandiosa Batalha de Aljubarrota. O quarto conde de Ourém, D. Afonso, instalou a sua corte na localidade. Após 1755 e com as Invasões Napoleónicas, a nova localidade, começa a tomar forma no vale que viria a ser a futura sede do concelho, com o nome de Vila Nova de Ourém. Em 1991, passou a ser cidade, com o nome de Ourém.

 

 

 

Alburitel

Atouguia

Casal dos Bernardos

Caxarias

Cercal

Espite

Fátima

Formigais

Freixianda

mapa_freguesias_ribeira do farrio

Bónus

 

 

 

Gondemaria

Matas

Nossa Senhora da Piedade

Nossa Senhora das Misericórdias

Olival

Ribeira do Fárrio

Rio de Couros

Seiça

Urqueira

Aspetos Geográficos:

O concelho de Ourém, do distrito de Santarém, localiza-se na Região do Centro, no Médio Tejo. É limitado a este pelo concelho de Ferreira do Zêzere e Tomar, a sudeste por Torres Novas, a sul por Alcanena, a oeste pelos concelhos de Leiria e Batalha e a norte por Pombal e Alvaiázere.No total, abrange uma área de cerca de 416 km2 e é constituído por 18 freguesias: Alburitel, Atouguia, Casal dos Bernardos, Caxarias, Cercal, Espite, Fátima, Formigais, Freixianda, Gondemaria, Matas, N. Sra. das Misericórdias, N. Sra. daPiedade, Olival, Ribeira de Fárrio, Rio de Couros, Seiça e Urqueira. O natural ou habitante de Ourém denomina-se oureense. O concelho situa-se num morro alto, isolado no meio de planícies e vales, cortada por pequenas ondulações até atingir aSerra de Alvaiázere a sudeste. A sudoeste é limitado pelas serras de Aire e Candeeiros. O concelho encontra-seenvolvido por uma grande área verde face à proximidade do Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros.

Freguesia de Ribeira do Fárrio

Esta é a freguesia mais jovem do concelho! Criada em 1989 por desanexação da Freixianda, a freguesia da Ribeira do Fárrio fica situada no extremo norte do concelho de Ourém, confinando com o concelho de Pombal. A sua elevação foi merecida e derivada de uma conjugação de recursos naturais, económicos e socioculturais apostada no progresso.
A essência fecunda de Ribeira do Fárrio é atestada por este e mais topónimos como Vale da Meda, Mata do Fárrio, Ruge-Água, Figueirinhas que pronunciam uma povoação irrigada e favorecida pelos terrenos férteis. Tamanhos atributos constituiriam há muito, factores decisivos para a prática de uma agricultura de regadio, com particular destaque para o milho, cuja representatividade seria materializada pelos moinhos de ribeira e mais recentemente pelo brasão da freguesia. A tradição oral refere que as proximidades das ditas margens seriam ainda espaços privilegiados de fixação populacional.
Mudaram os tempos e as aspirações também: Nas últimas décadas os proventos da terra deixaram de bastar para a realização dos habitantes, e eis que surgiram alternativas como a migração, a indústria e o comércio. Hoje os campos permanecem cultivados, salvaguardando a feição rural da freguesia, complementada por iniciativas industriais a exemplo da construção civil e da transformação de madeira.
Destaque merece ainda a importante rede de infra-estruturas que prestam serviço aos mais desprotegidos, bem como a rejuvenescida dinâmica desportiva e cultural. O património edificado faz-se representar pela Quinta do Fárrio acompanhada por uma capela erguida em 1600, em honra a Stº António, apresentando-se o interior preenchido por sepulturas e inscrições que escrevem história.

Área Total: 20 km

Nº de Lugares: 8

População Residente Total: 900

Nº de Edifícios: 536

Ocupação Humana: 5%

Ocupação Florestal: 76%

Ocupação Agrícola: 13%

brasao ribeira do farrio

Pontos de Referencia da Freguesia:

Quinta do Fárrio (Séc. XVII),

Várzea e moinhos de água ao longo da Ribeira do Fárrio

O Projeto:

A Equipa "Os Pintas" constituída por bmps2003, Lenabeu, Smps e Escrapela residentes no concelho decidimos mostrar ao pessoal um pouco mais do concelho ao colocar uma cache por freguesia num ponto de referencia, muito provavelmente desconhecido por muitos.

Em cada cache iram ter que recolher um número que iram usar na formula da cache BONUS para o conteiner final.

Esperemos que gostem do que vos reservamos e que acima de tudo se divirtam.

A Cache:

Esta cache é do tamanho "other", e esta escondida num local com vista para a Igreja da Ribeira do Fárrio. Sejam discretos nas buscas, a sobrevivência desta cache depende da vossa discrição  e pedimos ainda que não revelem fotos da cache ou da sua localização, caso sejam encontradas iram ser removidas de imediato.

A Cache tem apenas Logbook e deverão levar material de escrita

farrio DSC_1575

 

PRESERVE ESTE LOCAL!!!!

Play     CITO

 

Additional Hints (Decrypt)

Zntaégvpn

PBAGNPGBF:
ozcf2003 - 912600599
Fhmv nxn Fzcf - 918860482
Ivgbe nxn Rfpencryn - 912411427

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)