Skip to content

<

Noiva

A cache by climbing girls & global trekkers Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/02/2013
Difficulty:
5 out of 5
Terrain:
5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:



Atenção: Cache sazonal (disponível 15 Julho – 31 Dezembro) 


Acesso não permitido fora deste período devido à nidificação da avifauna

A Noiva é um rochedo de aproximadamente 120 m de altura localizado na Praia da Ursa, a norte do Cabo da Roca, encontrando-se quase na totalidade rodeado por mar. À semelhança da vizinha Ursa, foi formada por um complexo processo de erosão de promontórios ao longo da linha costeira, cuja descrição detalhada pode ser encontrada aqui.




Primeiras ascensões

A primeira pessoa a escalar esta imponente formação fazia parte de um grupo de adolescentes que, embora atrevidos, dominavam bem as técnicas mais recentes de escalada, depois de vários deles terem seguido os ensinamentos de um dos melhores guias suiços de alta montanha da década de 70. Foi no Verão de 1974. A proeza foi realizada pela via normal da Face Leste (dificuldade até IV) mas com rocha muito má e com grande dificuldade em meter boas protecções, conseguidas apenas com pitons. A maioria deixou de escalar pouco depois. Até ao final desse ano, a Noiva seria escalada mais duas vezes, a última das quais por Paulo Alves e Pedro Pinheiro em 14-12-1974.

A via da Face Sul, que é a mais procurada hoje em dia, foi aberta em 05-06-1976 por Luís Amaral, Carlos Severo e Paulo Alves. Foi ao final da tarde (17h30 – 20h45), com pouco material, não tendo sido possível a descida, pelo que os três amigos tiveram de bivacar no cume (sem água), tendo somente descido na manhã do dia seguinte. A 27-05-1978 abriu-se o acesso à Face Sul pela pata da Noiva, na maré baixa (Paulo Alves e Vasco). Paulo Alves fez a via em solo a 03-03-1979, com entrada por esta "pata".

A 12-06-1977 abriu-se outra via na Face Sul, paralela 15 metros à esquerda (Vasco Consiglieri Pedroso e Paulo Alves).

A 30-08-1977 duas tentativas falhadas na Face Norte (Paulo Alves e Vasco), com rocha muito podre, húmida e com musgo negro. Acesso à Face Norte com um rapel longo pela rampa de terra, mas queda do Paulo numa primeira tentativa e, já no regresso a subir essa rampa, queda do Vasco em 1º (não tinham deixado corda fixa).

A 05-10-1977 finalmente a primeira da "Directa” da Face Leste (Paulo Alves e Vasco) – é uma via bastante directa, paralela ao rapel de cima mas 15 a 20 m mais à direita, começando numa fenda bem visível. Tem uma variante nos 20 m finais.

Tentou-se abrir uma via na Face Oeste, mas não resultou.


Via de acesso ao cume

A via clássica de acesso ao cume utilizada pela maior parte dos escaladores é a da Face Sul. Dispõe de cinco largos de baixo nível de dificuldade (escala da Union Internacional des Associations d'Alpinisme, UIAA) mas que podem ser “enervantes” para quem não está habituado a escalar sem boas protecções ou em rocha por vezes duvidosa:

Largo

Dificuldade

Observações

LI

V

Travessia até à plataforma grande. Reunião equipada com uma tige.

LII

III

Trepada pela rampa diagonal até à esquina com a face sul (convêm montar aí a reunião com friends por uma questão de comunicação).

LIII

IV

Mini largo até à reunião equipada com uma plaquete.

LIV

V+

Lance contínuo vertical de protecção algo difícil (desconfiar dos pitons fixos!).

LV

IV+

Aresta final (atenção à rocha!).

 
A descida faz-se pela face virada para o planalto, seguindo-se uma pequena crista para aceder de um rappel ao outro. Em dias de vento, este pode ser complicado pelo canal de vento que se forma entre o rochedo e a terra.

Para realizar a escalada da Noiva é necessário consultar uma tabela de marés, pois a entrada e saída só serão possíveis com a maré baixa (para quem acede ao longo da costa desde a praia da Ursa). A cache encontra-se na parte mais alta da plataforma do cume, tapada por pedras. Não se acerque em demasia do abismo.

Nota importante

Apesar de não ser tecnicamente difícil, esta é uma cache cujo acesso exige conhecimentos de escalada, pelo que os potenciais visitantes geocachers assumem todos os riscos envolvidos na visita à mesma. Antes de efectuar a abordagem ao local, avalie a sua actual forma física, as características do terreno, as condições meteorológicas (evitar dias de chuva, nevoeiro ou vento forte), a ondulação e finalmente a experiência que possui neste tipo de ambiente. 

N.B. Em Abril de 2011, o vizinho rochedo da Ursa sofreu um desmoronamento parcial da sua parte superior; recomenda-se como tal precaução porque o mesmo pode vir a suceder na Noiva.


Agradecimentos:

Paulo Alves, pela compilação e envio da informação histórica sobre a Noiva.

I e V, por todo o trabalho de equipa, sugestões e disponibilidade para esta aventura. 





Additional Hints (Decrypt)

Gncnqn cbe crqenf, whagb nbf neohfgbf.
Ire sbgb fcbvyre.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.