Skip to Content

<

O Sr. dos Perdões

A cache by duploD Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/19/2013
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Seja bem vindo à Vila de Ribeirão, terra onde o Minho começa. O sítio onde se encontra esta cache aconselho a visitar a capela mais em baixo mas cuidado pois a estrada é muito movimentada.


Seja bem vindo à Vila de Ribeirão, terra onde o Minho começa e onde as maiores riquezas são as deslumbrantes paisagens minhotas associadas a uma laboriosa população que de há muitas centenas de anos a esta parte moldou esta povoação a partir de árduo trabalho nos campos, nas indústrias domésticas e nas fábricas que hoje fazem deste antigo povoado rural um importante pólo industrial do norte de Portugal, situado na confluência de algumas das mais movimentadas vias de comunicação do país.

Ribeirão

Ribeirão ocupa um lugar de vanguarda entre as 49 freguesias do Concelho de Vila Nova de Famalicão, com uma população de cerca de 12000 habitantes que se estende por uma área de 1091 hectares. Situa-se na margem direita do ave, 8 km a sudoeste da sede do Município rodeada por outras freguesias do concelho nomeadamente Lousado a nascente, Calendário e Vilarinho das Cambas a norte e Fradelos a poente e separada do concelho da Trofa pelo dito Rio Ave a sul. É atravessada pela importante E.N. 14 e a norte em Calendário, situa-se o estratégico nó da A3 e A5 que liga Porto, Braga, Guimarães e Póvoa do Varzim.

Esta é a nossa terra que hoje apresentamos com orgulho A VILA DE RIBEIRÃO. Nem sempre o seu crescimento populacional e industrial foi acompanhado por um adequado investimento público em infraestruturas básicas e equipamento ao nível da dimensão desta Vila de cerca de 12000 habitantes, uma dasmais populosas do concelho de Vila Nova de Famalicão. Mas actualmente está a ser feito um grande esforço ao nível das acessibilidades, do saneamento e água e existem projectos, alguns já em execução, para equipamentos desportivos e culturais que nos dão esperança de que nos próximos anos esta população verá ser-lhe feita a justiça que merece e terá a qualidade de vida que alguns lhe negaram. Efectivamente os grandes investimentos industriais que ao nível empresarial estão a ser feitos em Ribeirão merecem um melhor acompanhamento em investimento públicos por parte das entidades responsáveis e nós estamos nisso esperançados. Pedimos aos Ribeirenses que nos acompanhem neste esforço e com uma actuação cívica de colaboração e exigência sejam sempre um estímulo para que possamos fazer mais e melhor.

Senhor dos Perdões

Senhor dos Perdões

Esta cache leva-vos a conhecer o oratório do Senhor dos Perdões situado na Vila de Ribeirão.

Remontam também ao século XIX as referências de Camilo Castelo Branco nas Novelas do Minho à Terra Negra e à quadrilha de Luís Meirinho, enquanto José Augusto Vieira no Minho Pitoresco refere uma quadrilha de salteadores conhecida como “A malta dos Vendas”. Nas primeiras décadas do século XX as mesmas sinistras façanhas eram atribuídas aos Cabrais. Da mistura da história com a lenda resulta a memória de acontecimentos negros da cor da terra. Fala-se da existência de uma estalagem onde os hóspedes eram atraídos, roubados, assassinados e atirados a um poço. Conta-se que os salteadores reuniam-se na taberna, à hora da missa dominical, para escolher a vítima seguinte. O Oratório do Senhor dos Perdões terá sido mandado erigir por um viajante que escapou à violência dos salteadores. Mais tarde, já no início do século XX, foi construído um lindo santuário, a expensas de um emigrante ribeirense regressado do Brasil, rodeado por um aprazível e harmonioso lugar de oração e lazer, onde anualmente se realiza uma romaria muito concorrida pelas gentes de Ribeirão e das freguesias vizinhas, no último ou no penúltimo Domingo de Agosto.

Additional Hints (Decrypt)

N áeiber enpunqn
Gnzoéz zrerpr creqãb
an fhn enpunqryn
Graf n erfbyhçãb

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.