Skip to Content

<

Jardim das lavadeiras

A cache by vitor65 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/29/2013
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Jardim das lavadeiras

Monumento dedicado às Lavadeiras

No dia 22 de setembro de 2013, concluiu-se uma obra que já há alguns anos vinha sendo acarinhada e desenvolvida, o jardim das lavadeiras em Vale de Lobos, conclusão essa que ficou considerada com a inauguração da estátua à lavadeira, personagem impar da cultura da região saloia onde Vale de Lobos e a Freguesia de Almargem do Bispo se inserem.

A estátuta criada por Moisés Preto Paulo, é a base do espaço envolvente, e surge definitivamente no local para onde foi criada com o apoio da Junta de Freguesia, e com a colaboração da população que através de peditório, comparticiparam o encargo da obra. Sempre acompanhado pela comissão pró-monumento. 

O evento criado para engrandecer o momento, contou com a participação de antigas lavadeiras, do rancho folcórico "As lavadeiras do sabugo" e do grupo coral da ARPI Lobinhos do Vale.

 

Como nos diz João de Deus Leal in http://www.lavadeirasdosabugo.com/"

Por toda a freguesia de Almargem do Bispo, concelho de Sintra, a que pertence o Sabugo, há memórias e registos da existência das lavadeiras e carroceiros.

 Os Negrais são a excepção, porventura devido à sua localização geográfica (é das localidades mais afastadas de Lisboa) e à existência nesse tempo das indústrias de extracção de mármores (hoje quase inactiva) e do leitão assado, essa sim florescente, com grande dinâmica e em franca divulgação e expansão.

 Se a memória de alguns dos mais idosos habitantes das nossas terras (1) nos leva a lavadeiras do tempo da Condessa d'Edla (2) e do famigerado Diogo Alves (3) os registos dos livros paroquiais de baptismos referem nas mães e avós dos nascidos a presença de lavadeiras já nos primeiros anos do século XIX (1801 em frente).

 Por seu lado o carroceiro, figura indissociável da lavadeira, frequentemente seu marido, como dividia o seu tempo diário ou semanal por várias ocupações (trabalhador rural, transporte de mercadorias ou materiais, apanha de mato, etc) não viu essa designação ser reconhecida correntemente nos registos e são por isso raros os casos referidos. Podemos sim e também a par de duas, três dezenas de carroceiros mencionados por gentes mais antigas, encontrar nos Arquivos Municipais de Lisboa o registo das " cartas de condução " da época que juntamente com várias posturas e editais camarários começaram a ser emitidas em 1864 na tentativa de disciplinar o trânsito desordenado que se verificava na Lisboa oitocentista.

 Os exames para condutor de veículos de 1 animal ou 2 e mais animais eram realizados ali para Santos, ao pé do mercado da Ribeira e os candidatos aprovados (4) recebiam depois a sua matrícula de carroceiro.(5)

 Assim podemos referir que o 1º carroceiro encartado da nossa freguesia foi um tal José Francisco que obteve a sua matrícula de carroceiro em Maio de 1864 e residia no Sabugo.

 (1) De acordo com o Roteiro de Almargem do Bispo, edição da sua Junta de Freguesia, a freguesia de Almargem do Bispo tem a área de 37 Km2, 8.471 habitantes (segundo o censo de 2001) e é constituída actualmente (dados de 2005) por 10 povoações: ALBOGAS, ALMORNOS, ALMARGEM DO BISPO, ARUIL, CAMARÕES, COVAS DE FERRO, DONA MARIA, NEGRAIS, SABUGO, VALE de LOBOS e 6 pequenos lugares: ALFOUVAR, MASTRONTAS, OLIVAL SANTÍSSIMO, OLELAS, PEDRA FURADA e SANTA EULÁLIA.

De tempos mais recuados existiram ou ficaram no entanto as seguintes designações de ainda mais pequenos lugares, hoje alguns absorvidos nas povoações, outros com esperança de desenvolvimento e que gostaremos de aqui mencionar:

Alto do Miradouro, Alveijar, Aruil de Baixo, Aruil de Cima, Barruncheira, Biqueirão, Boavista, Casal da Abegoaria, Casal da Feiteira, Casal da Freira, Casal da Granja de Stª Cruz, Casal da Serra, Casal de Albergaria, Casal de Quintanelas, Casal de Vale Figueira, Casal do Carniceiro, Casal do Falcão, Casal do Livro, Casal do Malveiro, Casal do Rebolo, Casal dos Gafanhotos,Casal dos Gosmos, Chamouca, Charca, Corgas, Fonte da Aranha, Fonte da Pedra, Fonte do Lobo, Fonte Ruiva, Ginjal, Machado, Mancebas, Moinho do Farelo, Outeiro, Piedade da Serra, Portela de Almornos, Priores, Quevados, Rapoula, Serração de Vale de Lobos, Tapada da Serra, Tapada de Vale de Lobos, Vale da Moura, Vale de Almornos.

(2) Elise Friederick Hensler (1836-1929) suíço-alemã, cantora de ópera e condessa d'Edla após o casamento a 10 de Junho de 1869 com D. Fernando II, O Rei-Artista, a quem Sintra muito deve.

(3) Diogo Alves, o célebre assaltante de lavadeiras no Aqueduto das Águas Livres e que foi o último condenado à morte, em 1841, antes da abolição dessa pena em Portugal.

(4) Da análise dos registos constata-se que chegavam a Lisboa gentes provenientes de todo o território nacional continental.

(5) A "Carta de Condução" designada por matrícula de carroceiro.

Nem só homens a tiravam. A que se apresenta abaixo foi da, provavelmente, última lavadeira a exercer a sua profissão. Com efeito a Maria Rosária (1907-2004) conhecida pela Maria "Baixinha" entregou roupa em Lisboa às suas freguesas até à idade de 88 anos (1995) como nos referiu nas agradáveis conversas que ainda tivemos oportunidade de ter nos seus últimos anos de vida. Já não nos seirões, ou em trouxas incridas e carregadas por machos ou mulas, ou nas galeras e carroças, nos comboios, ou nas camionetas do Ti Manel Leiria ou do Alfredo Leiria mas sim nas camionetas da Rodoviária.

 

Additional Hints (Decrypt)

(CG) An rfgehghen qb gryunqb, cregb qb pnagb.
(RA) Va gur ebbs fgehpgher, arne gur pbeare.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

256 Logged Visits

Found it 225     Didn't find it 15     Write note 3     Temporarily Disable Listing 4     Enable Listing 4     Publish Listing 1     Owner Maintenance 4     

View Logbook | View the Image Gallery of 81 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.