Skip to content

This cache has been archived.

Bitaro: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

Obrigado pela compreensão,
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Linhas Orientação

More
<

QUINTA DOS INGLESES

A cache by Princesa Rita Team Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 04/15/2014
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Related Web Page

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta enorme propriedade designada por Quinta dos Ingleses ou Quinta do Esteiro Furado situa-se entre as localidades de Sarilhos Pequenos e Rosário, no concelho da Moita. Sendo uma propriedade privada, a cache está colocada no exterior da mesma. O abandono a que está votada é atroz.


A Quinta do Esteiro Furado ou Quinta dos Ingleses como é também conhecida fica situada numa recatada propriedade agrícola à beira rio plantada na freguesia de Sarilhos Pequenos, pertencente ao Concelho da Moita. É uma quinta secular que tem fundação no Século XVII e resultou da unificação de outras duas propriedades, a Quinta do Brechão e a Quinta de Martim Afonso.
O solar terá sido edificado em data incerta entre 1718 e 1721. Embora seja uma propriedade civil, a sua traça lembra com facilidade uma quinta eclesiástica pela sua característica arquitectura.

A fachada é desprovida de elementos ornamentais, é eloquentemente desenhada e bem servida por escadarias e torreões que a completam e embelezam. Diz-se que existe uma Cruz de Santiago numa das torres.
No alçado poente tem no rés do chão uma galeria com colunas e uma escada que deu acesso em tempos anteriores a uma ampla varanda ladeada de duas torres.
As traseiras são singelamente traçadas, no rés do chão há mais uma galeria com uma boa série de colunas que mais se assemelha a um convento, dando acesso a áreas que seriam certamente de serviços.

Ao nível do primeiro andar, corpo principal da casa divide-se em duas partes abrindo espaço a um magnífico terraço que se adivinha ter uma vista desafogada sobre aquele postal ilustrado.
No alçado poente a traça assume um tom mais rural e novamente reforçando um cariz eclesiástico por uma torre que parece ter sido sineira.
Fazendo parte deste conjunto há uma capela dedicada à Santíssima Trindade, que foi ricamente decorada com painéis de azulejos policromados. Tem um pequeno coro alto que lhe dá uma tom ainda mais romântico e uma dimensão de pequena igreja.
Foi vandalizada durante os anos 90 do século passado e profanada em todos os sentidos. Ali foram perpetrados graves crimes de lesa património, tendo sido completamente espoliada de todo o seu interior, além da hedionda profanação de sepulturas.
O culto da capela é comummente e erradamente atribuído a S. Giraldo, por aqui estar sepultado um tal de Giraldo Huguens e sua mulher, falecidos em 1657, a quem é atribuído o epitáfio de “Instituidor desta irmandade”, uma vez mais reforçando as minhas suspeitas se nos lembrarmos que era permitido aos cavaleiros de Santiago serem casados (embora fosse aconselhado o celibato).
Esta quinta terá sido primitivamente uma propriedade clerical.
Segundo o testemunho de uma descendente da família que aqui habitou, esta quinta pertenceu à mesma linhagem desde cerca de 1800, o que antecede a extinção das ordens religiosas em 1834, ou se considerarmos uma possível margem de erro de uma longínqua memória familiar, podemos admitir a hipótese de ter sido mais uma propriedade vendida em hasta pública por essa ocasião.
O seu destino foi traçado por uma rifa, quando o último proprietário desta família a sorteou pela terceira vez... Um fim bastante inglório para tão nobre propriedade.

Mais tarde em 1908, Lord Bucknall e Carlos Creswell proprietários da Casa Comercial Creswel & Amp - Cª, firma corticeira da região, já possuíam uma fábrica e serração na quinta, tendo-a adquirido posteriormente e chegaram a utilizar a capela como armazém de lenha.


Pertence hoje a António Xavier de Lima e é mais uma da longa lista de monumentos que foram sendo deixados à sua sorte...

 

Informação retirada de: http://ruinarte.blogspot.pt/2010/05/quinta-do-esteiro-furado-ou-quinta-dos.html

Additional Hints (Decrypt)

Hzn Dhvagn gãb aboer zrerpvn hz cbegãb znvf vzcbaragr... (fr dhvfrerz ragene rfgãb cbe ibffn pbagn r evfpb!!!)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.