Skip to content

<

Capela do Sagrado Coração de Maria

A cache by fernandoams Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 09/20/2014
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:



FERRO

Orago: São Sebastião
População: 1846 habitantes
Actividades económicas: Agricultura, pequeno comércio e construção civil
Feiras: Mensal (2ª Terça-feira de cada mês) e feira agrícola (3º Domingo de cada mês)
Festas e romarias: São Sebastião (último Domingo de Janeiro) e Coração de Maria (último Domingo de Agosto)
Património cultural e edificado: Igreja matriz, Capela do Espírito Santo e Ponte Pedrinha
Outros Locais de Interesse turístico: Sepulturas romanas, Casa-Museu do Ferro e miradouro do Monte Serrano
Gastronomia: Bacalhau ensopado, galinha corada, morcelas, tibórnios pão-de-ló, arroz doce, biscoitos, talassas, cavacas e bolos de leite
Artesanato: Ferraria, esculturas em madeira e latoaria
Colectividades: Centro Social do Sagrado Coração de Maria, Apoio ao Idoso e Criança, Casa do Povo do Ferro: Cultura e Desporto, Rancho Folclórico do Ferro, Preservação do Património Etnográfico, Grupo de Bombos do Ferro

Situado a Sudoeste do concelho e perto da margem esquerda do rio Zêzere, a freguesia de Ferro encontra-se a cerca de onze quilómetros da Covilhã. É composta pelos lugares de Freixo, Lameiras, Madeira, Monte Serrano, Penedia, Rasas, Ribeiro do Moinho, Semaria, Sítio do Marujo, Sítio da Póvoa, Sítio do Ribeiro de Linhares e Souto Alto.
O Ferro é limitado a Norte por parte da freguesia de Caria, separada do Ferro pela ribeira do mesmo nome, e também pelo rio Zêzere, que serve de limite natural entre esta freguesia e a da Boidobra. A Sul confina com as terras de Peroviseu, a Este é limitada pelas freguesias de Peraboa e Peroviseu, a Oeste confronta com as freguesias do Tortosendo e Alcaria.
O povoamento desta freguesia ascende à época romana, uma vez que terá sido mesmo este povo que deu nome à povoação, através da palavra latina Ferrum. Sabe-se como os romanos, nas terras que conquistavam, aproveitavam os recursos minerais do subsolo, e sabe-se também a riqueza desta região nessa matéria.
Assim, não será de espantar que o topónimo tenha exactamente a ver com essa realidade da freguesia. Daquele período, foram achados diversos vestígios arqueológicos que mais comprovam as afirmações anteriores. Moedas, pedaços de cerâmica, de tijolos, mós manuais e de pedras insculpidas são alguns dos exemplos que podemos apontar.
Ferro foi um curato anexo ao priorado de Santiago da Covilhã, tendo de rendimento anual duzentos mil réis.
Em termos patrimoniais, uma referência inicial para a igreja matriz, de características barrocas, construída no século XVIII, destacando-se no seu interior os altares em talha dourada e o retábulo do Sacrário. Os altares existentes são dedicados a Nossa Senhora da Conceição e Nossa Senhora do Rosário. Quanto à capela do Espírito Santo, mantém grande parte dos seus elementos originais, tendo sido construída no século XVI e pertenceu à Ordem de Santiago. A capela do Sagrado Coração de Maria, oitocentista, encontra-se nos arredores da povoação, possuindo uma singela arquitectura, que a torna mais bela.
De interesse turístico é também o Museu da Casa do Povo, encontrando-se aí algum do espólio romano anteriormente referido.
O grande crescimento que a freguesia registou nos últimos anos, foi recompensado com a elevação à categoria de vila, em 21 de Junho de 1995.
Segundo Maria Ascenção Rodrigues, autora de "Ferro, Cova da Beira", "Possui o Ferro, como elevação principal, uma pequena serra, na encosta da qual se situa, e donde se desfruta, quer de dia, quer de noite um panorama deslumbrante, tendo como fundo a sumptuosa Serra da Estrela em que se incrustam, quais jóias que a adornam, a típica e pitoresca cidade da Covilhã. (...) Aninha-se ainda a seus pés Boidobra, com o seu vale ubérrimo e maravilhoso, separado das fertilíssimas terras do Ferro pelo rio Zêzere"

Additional Hints (No hints available.)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.