Skip to content

<

Cabana do Velho

A cache by valquirias Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 10/06/2014
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache tem o objectivo de levar-nos a reflectir sobre nós, a nossa vida e como actuamos dentro dela!

Leiam a história e entederão o local!

Conselhos: Estejam atentos ao percurso

                   Procurem o castanheiro!


 Era uma vez um homem que saiu pelo mundo em busca de justiça. Viu como as pessoas se tratavam mal umas ás outras, e como eram cruéis com os animais.Com certeza, pensou, o mundo todo não era assim tão inóspito. Em algum lugar, tinha certeza, devia existir a verdadeira justiça, mas ele nunca a havia encontrado. Então, partiu para uma busca que consumiu a maior parte dos seus anos. Foi de cidade em cidade e de vila em vila procurando justiça. Mas jamais a encontrou.
 Desta maneira, muitos anos se passaram até que o homem tivesse explorado todo o mundo conhecido, com exceção de uma última floresta muito grande.
 Nesta floresta encontrou uma cabana! Uma cabana naquelas enormes rochas que emolduravam a paisagem. Pela janela viu muitas chamas tremeluzindo, e se perguntou por que elas estariam queimando. Bateu a porta, mas ninguém veio abrir, empurrou a porta e entrou.
 Assim que entrou na cabana, o homem percebeu que ela era muito maior por dentro do que aparentava por fora. Viu que ela estava cheia de centenas de prateleiras, e em cada prateleira havia dezenas de lamparinas a óleo.. Algumas pareciam cheias de óleo, e as chamas ardiam com fulgor. Mas em algumas só havia um restinho de óleo, e parecia que estavam apagar-se.
 De repente um homem idoso apareceu á sua frente. Tinha uma barba branca e comprida.
-Que paz esteja contigo, meu filho-disse o velho.- Em que posso ajudá-lo?
 O homem que procurava justiça respondeu:
- Fui a todo lugar procurando justiça, mas nunca havia visto uma coisa assim. Diga-me, o que são todas as luzes?
-Cada uma destas lâmpadas é a luz da lama de uma pessoa-disse o velho.- Enquanto essa pessoa estiver viva, a lamparina continua a arder, mas quando a alma da pessoa abandona este mundo, a lâmpada apaga-se.

– Pode  mostrar a lâmpada da minha alma? -perguntou o homem que procurava justiça.
-Venha comigo-disse o velho, e abriu caminho pelos labirintos daquela cabana que parecia não ter fim.
 Finalmente chegaram a uma prateleira baixa, e ali o velho apontou para uma lamparina num suporte de barro. O pavio daquela lamparina estava muito curto, e sobrava muito pouco óleo. O velho disse:
-Esta é a lâmpada da sua alma.
 Ora, o homem olhou para aquela, e um grande medo o invadiu. Era possível que o fim estivesse tão perto sem que ele soubesse? Então por acaso ele reparou na lamparina que estava ao lado da sua. Estava cheia de óleo, e o pavio era longo, e a chama ardia com forte luz.
-E de quem é esta lâmpada?-perguntou
-Só posso revelar a lâmpada de cada um para a própria pessoa-disse o velho, virou-se e saiu.
 O homem ficou ali, encarando a sua lâmpada, que parecia estar quase a apagar-se. De repente, ouviu um estalo, e quando olhou para cima, viu fumo a sair de uma outa lanterna e soube que, nalgum lugar, alguém não estava mais entre os vivos. Voltou o olhar para sua própria lâmpada e viu que sobravam apenas umas poucas gotas de óleo. Então, virou-se para a lamparina ao lado da sua, tão cheia de óleo. E um pensamento terrível veio á sua mente.
 Afastou-se e procurou encontrar o velho, mas não o viu em lugar algum.
Então, ergueu aquela lamparina com óleo, pronto para verter na sua. Mas, de repente, o velho apareceu vindo do nada, e agarrou o braço dele com um aperto de ferro. E o velho disse:
-É essa a espécie de justiça que você está procurando?
 O homem fechou os olhos. E quando abriu os olhos, viu que o velho não estava mais ali.

Permaneceu apenas a cabana, no meio da Natureza, para lembrar a todos os que percorrem aquele trilho, que não devemos colocar-nos acima dos outros, porque numa qualquer altura da nossa vida podemos igualmente falhar! Tolerância, respeito e compreensão são os ingredientes para uma vida harmoniosa.

Additional Hints (Decrypt)

Iven-gr cnen n pnonan, frthr b pnzvaub qn rfdhreqn, greáf qr rapbagene b pnfgnaurveb!!R cbedhr nf irmrf arz frzcer b pnzvaub qn qvervgn é b pbeerpgb, znvf hzn irm ibygn-gr á rfdhreqn, an graqn qr tenavgb!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.