Skip to Content

This cache has been archived.

GeoTriangle: Fim do projeto "Here Comes The Sun"

More
<

#09 - Here Comes The Sun

A cache by GeoTriangle Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/29/2016
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:



Here Comes The Sun


Figueira da Foz

Figueira, Figueira da Foz
Das finas areias
Berço de sereias
Procurando abrigo.
 
Estrelas, doiradas estrelas
Enfeitam o Mar
Que pede a chorar
Para casar contigo.
 
Figueira, e à noite o luar,
Deita-se a teu lado
A fazer ciúmes
Ao teu namorado.
 
E a Serra, que te adora e deseja,
Também sofre com a luz do Sol
Que te abraça e te beija.


António Sousa Freitas / Nóbrega e Sousa
A Canção da Figueira da Foz ficou popularizada na voz de Maria Clara




Figueira da Foz no passado


História

A situação estratégica e privilegiada e as margens do rico estuário do rio Mondego, levaram ao longo da história à fixação de numerosas civilizações nas terras que viriam a constituir o concelho da Figueira da Foz, sendo que a ocupação do território remonta à Pré-História.


Nos primeiros 10 séculos, os sucessivos reis foram concedendo privilégios à igreja, nomeadamente ao Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra ( metade da terra de Redondo, Lavos e Quiaios ) e à Igreja de Santa Maria de Coimbra ( Vila de Tavarede ), alargando assim o território da Figueira da Foz.

Já no século XIV, em 1342, o rei D. Afonso IV faz doação de Foral a Buarcos. No século XV, em 1456, partem caravelas de Buarcos a caminho de Ceuta e dez anos depois o Príncipe D. João II recebe de seu pai, D. Afonso V, a terra de Buarcos, com a jurisdição cível e criminal.

No decorrer do século XVI a população é assolada por constantes ataques piratas. Face a esta contrariedade, foi necessário construir o Forte de Santa Catarina para a defesa da zona. Os ataques piratas voltariam a fazer-se sentir no século XVII, tendo a Figueira da Foz e Buarcos sido saqueadas, as igrejas profanadas e o forte de Santa Catarina ocupado.


A importância adquirida pelo povo da Figueira da Foz leva El Rei D. José, a conceder-lhe, por decreto de 12 de março de 1771, a categoria de Vila. Em 1773, começa a exploração da mina do Cabo Mondego, denominada, à data, de mina do Focinho da Figueira.

Em 1807, o Forte de Santa Catarina é ocupado por uma guarnição pertencente ao exército de Junot, o qual viria a dominar toda a região entre Coimbra e a Figueira da Foz. Passado um ano, um grupo de voluntários liderados pelo académico Bernardo António Zagalo, conquista o Forte de Santa Catarina. O exército de Wellesley, futuro duque de
Wellington, desembarca nesse mesmo ano, em agosto de 1808, cerca de três mil homens na baia do Mondego.

No início do séc. XIX, a grande dinâmica e riqueza produzida pelo porto e o desenvolvimento da construção naval, fazem a população da Figueira da Foz quase duplicar. Nos finais do século a cidade adquire um novo impulso económico, motivado pela vinda da aristocracia.
A 20 de setembro de 1882 a Figueira da Foz foi elevada à categoria de cidade.

O Município

CMFFA Figueira da Foz situa-se no litoral atlântico, junto à foz do Rio Mondego. É a segunda maior cidade do distrito de Coimbra, sendo conhecida como a “ Rainha das Praias ”. É sede de um município, com 379,05 km² de área e 62 125 habitantes (2011), espalhados por 13 freguesias ( Alqueidão, Bom Sucesso, Buarcos e São Julião, Ferreira-a-Nova, Lavos, Maiorca, Marinha das Ondas, Moinhos da Gândara, Paião, Quiaios, São Pedro, Tavarede, Vila Verde ).

O município é limitado a norte pelo município de Cantanhede, a leste por Montemor-o-Velho e Soure, a sul por Pombal e a oeste pelo Oceano Atlântico.

É um dos centros turísticos mais importantes de Portugal. Possui o Casino mais antigo de toda a Península Ibérica e o único da região Centro, uma praça de touros, um enorme areal (a praia urbana mais larga da Europa) com equipamentos lúdicos e desportivos e uma animada vida noturna.

A população ativa reparte-se entre as várias atividades económicas da região, com destaque para a pesca, indústria vidreira, atividades ligadas ao turismo, construção naval, produção de celulose, indústria de sal e, como não podia deixar de ser, a agricultura.

Gastronomia

A gastronomia representa um marco incontornável da cidade, possuindo um conjunto de especialidades que
brisas representam a identidade da região, nomeadamente: a Sopa de Peixe da Figueira, Camarão da Costa da Figueira, Petinga de Frigideira, Arroz de Sardinha e a Raia de Pitau. A par das especialidades com origem marítima, a doçaria é igualmente famosa, tendo nas Brisas da Figueira o seu expoente máximo.

Cultura

Da Figueira da Foz os turistas levam inúmeras recordações do património cultural e dos atrativos de visita obrigatória, como a Casa do Paço, o Palácio Sotto-Mayor, o Forte de Stª Catarina, a Fortaleza de Buarcos, o Museu Municipal Dr. Santos Rocha, o Núcleo Museológico do Mar, o Casino da Figueira ou o Centro de Artes e Espectáculos.

Fontes:

http://cim-regiaodecoimbra.pt/figueira/
http://www.cm-figfoz.pt/

A cache:

A cache encontra-se nas coordenadas:
N 40° 10.JDI W 008° 53.AEF
descobre a chave
J = H - F - B

Additional Hints (Decrypt)

CG: Crqenf
RA: Ebpxf

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

216 Logged Visits

Found it 204     Didn't find it 6     Archive 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 1     Owner Maintenance 3     

View Logbook | View the Image Gallery

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.