Skip to Content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

btreviewer
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer
Work with the reviewer, not against him

More
<

Paços do Concelho de Soure

A cache by T[i]AGO Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/31/2016
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


PAÇOS DO CONCELHO DE SOURE

 

O início da construção do edifício data de 1902 e teve como grande impulsionador o Conselheiro Dr. José Maria de Moura Mattoso. Na época, era Presidente de Câmara o Senhor Francisco de Azevedo Amado, tendo a obra sido concluída em 1906, na Presidência do Dr. José Francisco Rodrigues.

O edifício fora então projectado pelo arquitecto Augusto de Carvalho da Silva Pinto, tendo o trabalho de cantaria sido realizado por João Augusto Machado, artista coimbrão que havia trabalhado na decoração pétrea do Palace Hotel do Buçaco.

A fachada apresenta três corpos, sendo que o central se desenvolve em dois pisos; a zona nobre deste surge destacada do restante, quer em profundidade quer em vigor decorativo. A porta principal, dupla, surge envolta em arco e por cima do encontro das duas portas, uma esfera armilar. No piso superior, sobre a porta principal, uma janela dupla, com varandim rendilhado, é encimada por um conjunto de símbolos - o brasão da Vila de Soure, ladeado pela Cruz de Cristo e a esfera armilar (nítida referência ao facto de a Vila ter pertencido à Ordem dos Templários); a Coroa Real remata o conjunto. O carácter neo-manuelino do edifício dos Paços do Concelho é conferido pelo trabalho de decoração da pedra, onde predominam os cordeamentos e os motivos vegetais.

1

2

 

VILA DE SOURE

 

É vila e sede de concelho do distrito e diocese de Coimbra, a confinar com os concelhos de Pombal, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz e Montemor-o-Velho. O Orago é S. Tiago (outrora Nossa Senhora da Finisterrra). Integram o concelho de Soure, numa área aproximada de 261,84 km2, as freguesias de Alfarelos, Brunhós, Degracias, Figueiró do Campo, Gesteira, Granja do Ulmeiro, Pombalinho, Samuel, Soure, Tapeus, Vila Nova de Anços e Vinha da Rainha.

Soure, a Villa de Saurium na língua latina, é das povoações mais ilustres da Antiguidade, de que são sinais mais que evidentes os restos do castelo, uma edificação da responsabilidade de D. Afonso III, rei de Leão, no século IX, muito antes da fundação da nacionalidade.

A par das cidades de Coimbra e dos castelos de Montemor-o-Velho e Santa Olaia, as suas gentes pelejaram na luta entre cristãos e mouros, a ponto de em 1111 o conde D. Henrique (pai de D. Afonso Henriques) a constituir em Município e D. Tereza a 19 de Março de 1128 a doar à Ordem dos Templários para funcionar como pólo dinamizador das vilas da Ega, Redinha e Pombal e cuidar do assalto e tomada das cidades de Santarém e Lisboa.

O rei D. Manuel I concedeu-lhe novo foral a 13 de Fevereiro de 1513 e em 1532 é concedido o título de Conde de Soure na pessoa de D. João da Costa, uma figura notável da Restauração em 1640. No século XVIII, após a criação da Ordem de Cristo, a legítima herdeira dos Templários detinha as comendas e alcaidaria da vila de Soure, S. Tomé de Alencar, S. Pedro das Várzeas, S. Mateus de Soure e moinhos de Paleão.

3

 

A cache

 

Tamanho pequeno, contem só o Logbook. Levem algo para escrever!

Espero que gostem, boas cachadas!!! yes

Additional Hints (Decrypt)

An fbzoen.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

46 Logged Visits

Found it 41     Didn't find it 1     Archive 1     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     Post Reviewer Note 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 12 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.