Skip to Content

<

Santo Graal [das caches]

A cache by Let_LRA Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 01/31/2017
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size: other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

NOTA IMPORTANTE:

Requisitos necessários para fazer a cache:

- Equipamento com leitor QRCode

- Equipamento com leitor NFC, não é obrigatório

- Ligação à internet.


ATENÇÃO:

A cache não se encontra nas coordenadas publicadas acima, tratando-se de uma letterbox, terás de seguir atentamente a listing e todas as informações que te forem dadas no terreno para chegar ao conteiner final.

 

 

 

Para começar esta aventura dirige-te ao Ponto inicial: N 39° 44.739 W 008° 49.577

Muitas são as histórias e lendas em torno do Santo Graal, desde cruzadas e cavaleiros templários, e esta será mais uma. Mas desta vez na versão geocachiniana…

 

Há muitos, muitos anos atrás (ou então não), num Reino, onde o povo trabalhava nos campos para sustentar a corte, existia um jovem que sonhava um dia poder sair daquelas terras rumo ao desconhecido e poder descobrir um pouco mais do que os seus olhos alcançavam. Certo dia, esse mesmo jovem encontrou, junto de uma oliveira, um pequeno e velho baú com umas inscrições um tanto ou quanto estranhas. Admirado, e até com um pouco de receio, debruçou-se sobre o pequeno baú e pegando nele colocou-o entre as suas vestes levando-o para sua casa. Passou horas e dias a admirar o pequeno e velho baú, até que ganhou coragem para começar a tentar decifrar o que este dizia. Como não sabia ler nem escrever correctamente, pediu ajuda a um Mestre e Sábio que lhe decifrasse aquelas letras todas. O Mestre, ouviu o que o jovem lhe contara e pediu-lhe que lhe mostrasse o tal tesouro misterioso. Depois de o analisar e ver ao pormenor disse ao rapaz: “ Há muitos, muitos anos, ainda eu era um jovem como tu, um velho Sábio falou-me de algo parecido com isto que hoje aqui me trazes. Eu na época não dei importância, pois achava que seria mais umas histórias desse Sábio que muito nos contava. Mas vendo hoje, com os meus próprios olhos este achado, só te posso dizer que és um felizardo e bem que podes partir em busca de mais, pois existem muitos por estes Reinos fora.”

O jovem, mesmo não sabendo ler nem escrever correctamente, viu que o pequeno e velho baú, continha no interior um pergaminho, muito bem enrolado, com datas e respectivas assinaturas. Pois muito bem, foi mesmo isso que ele fez. Assinou como sabia e colocou a data daquele dia, no fim disso, foi coloca-lo no mesmo local onde o tinha encontrado.

Anos mais tarde, o jovem, ainda intrigado com o pequeno e velho baú que haveria ter descoberto em tempos, voltou a encontrar o Mestre Sábio, ao qual lhe fez uma pergunta: “Mestre, passados estes anos todos, ainda não soube o que dizia aquele velho baú.”

Foi então que o Sábio, o chamou para junto dele e de outros jovens do reino, e lhe explicou mais detalhadamente o que há muitos anos atrás o Velho Sábio lhe tinha contado acerca do baú.

“O objectivo daquele baú, seria para dar a conhecer, a todos os povos, aquele local e consequentemente o Reino. Teria sido depositado ali, pois esse seria o local mais calmo para quem o encontrasse desfrutar do sossego tranquilamente. Cada pessoa que o encontrar, só tinha que o manter no mesmo sítio e registar a sua descoberta. Diz a lenda que este foi um dos primeiros. Aqui bem próximo, num Reino vizinho, um jovem tal como vocês, partiu rumo a outros Reinos para colocar mais baús e assim destacar o melhor local em cada Reino. No fim de uma longa viagem, regressou ao seu Reino trazendo todas as localizações por onde andou.

Se tudo isto for verdade, num Reino não muito distante existe um ‘Pote’, onde estão guardadas todas as localizações dos baús que este jovem colocou, e ai podem escolher o que procurar.”

O jovem, ambicioso por deixar aquelas terras, não demorou muito até decidir ir em busca desse, que para ele seria o ‘Santo Graal [das caches]’.

Para começar esta aventura dirige-te ao Ponto inicial: N 39° 44.739 W 008° 49.577

E é aqui que tu entras… Começa por desvendar o pequeno enigma para saberes por onde começar, depois é só seguires todas as indicações e informações que te forem dadas. Boa sorte e nunca te esqueças de deixar sempre tudo no mesmo local…

Dica: as coordenadas estão na listing...

Para começar esta aventura dirige-te ao Ponto inicial: N 39° 44.739 W 008° 49.577

 

NOTA IMPORTANTE:

Requisitos necessários para fazer a cache:

- Equipamento com leitor QRCode

- Equipamento com leitor NFC, não é obrigatório

- Ligação à internet.

 

 

Conteiner final, não contem material de escrita.

O Carimbo não é objecto de troca, por favor deixem-no no conteiner.

 

 

Powered by :

                           

*Toda a história, narrada na listing, foi meramente inventada e em nada tem haver com qualquer outra que possa existir dentro do gênero.

 

Additional Hints (No hints available.)



 

Find...

94 Logged Visits

Found it 70     Didn't find it 1     Write note 7     Temporarily Disable Listing 5     Enable Listing 5     Publish Listing 1     Owner Maintenance 5     

View Logbook | View the Image Gallery of 28 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.