Skip to Content

Traditional Geocache

S.Teotónio - Mosteiro de Ganfei

A cache by AM Team Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 5/13/2017
In Viana do Castelo, Portugal
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Translation

S.Teotónio - Mosteiro de Ganfei

Biografia de S.Teotónio

"Tendo sido confiado aos cuidados de seu tio, Crescêncio, bispo de Coimbra, foi formado em teologia e filosofia em Coimbra e Viseu. Nessa última cidade tornou-se prior da Sé de Viseu em 1112.

Foi em peregrinação a Jerusalém, e aí quiseram que ele fosse superior da comunidade dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho da Terra Santa mas ele recusou, regressando a Portugal. Assim como, ao regressar quiseram-lhe oferecer o lugar de bispado de Viseu, o que recusou.

No contexto da independência portuguesa (1139) em relação ao Reino de Leão, São Teotónio tornou-se um dos aliados do jovem Infante Dom Afonso Henriques (o proclamador da independência e primeiro Rei de Portugal) na sua luta contra a mãe, Infanta Dona Teresa de Leão, dizendo a lenda que teria chegado a excomungá-la. Mais tarde, seria conselheiro do então já Rei de Portugal, Dom Afonso I.

Entretanto, foi de novo em peregrinação à Terra Santa, onde quis ficar; regressou porém a Portugal (1132), desta vez a Coimbra, onde foi um dos co-fundadores, juntamente com outros onze religiosos, do Mosteiro de Santa Cruz (adoptando a regra dos referidos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho), do qual se tornou prior. Esta viria a ser uma das mais importantes casas monásticas durante a Primeira Dinastia.

Em 1152, renunciou ao priorado de Santa Cruz; em 1153 Papa Adriano IV quis fazê-lo bispo de Coimbra tal como seu tio, o que uma vez mais recusou.

Morreu em 18 de Fevereiro de 1162, que é ainda hoje o dia em que é celebrado pela Igreja Católica. Foi sepultado numa capela da igreja monástica supracitada que ajudou a fundar, mesmo ao lado do local onde o primeiro Rei de Portugal, Dom Afonso Henriques (ou Dom Afonso I), se fez sepultar.

Em 1163, um ano depois da sua morte, o Papa Alexandre III canonizou-o; São Teotónio tornava-se assim o primeiro santo português a subir ao altar, sendo recordado sobretudo por ter sido um reformador da vida religiosa nessa Nação nascente que então era o Reino de Portugal (1139-1910); o seu culto foi espalhado pelos agostinianos um pouco por todo o mundo. É o santo padroeiro da cidade de Viseu e da respectiva diocese; é ainda padroeiro da cidade de Valença, sua terra natal."


O Mosteiro de Ganfei.

"Sendo um Mosteiro Beneditino, remonta provavelmente ao séc. VII. Contudo a sua fundação foi feita no periodo visígótico. Segundo uma inscrição no claustro o Mosteiro foi destruído no ano 1000 pelo chefe Árabe Almançor, sendo reconstruído em 1018 sob o patrocínio de Ganfried ou Ganfei, um cavaleiro francês que se tornou santo e que viria a dar o nome ao Mosteiro e povoação.

O Mosteiro de Ganfei apresenta uma planta rectangular com dois pisos estando uma parte adossada ao corpo da Igreja. A fachada principal virada a poente é composta por dois tramos delimitados por piastra central encimada por cruz e os extremos reforçados por cunhais com pináculos. Os vãos são preenchidos por janelas de sacada no andar superior e portas no piso.

A fachada nascente é também subdividida em dois corpos amplamente fenestrados estando um deles reforçado por contrafortes.

Do lado sul do edifício encontra-se a escadaria de um lanço com parapeitos recortados e terminados em estátuas de Leões. Coberturas diferenciadas a quatro e três águas.

O claustro de planta quadrangular subdivide-se em dois pisos, estando o inferior aberto em galeria com arcos plenos sustentados por colunas jónicas e o piso superior fenestrado por janelas de balcão.

A Igreja do Mosteiro actualmente serve de Matriz da freguesia e, como Igreja o Mosteiro, também está classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1956."

Mosteiro de Ganfei



"S. Salvador de Ganfey, Mosteiro de Frades Bentos com Dom Abbade, & doze Religiosos; querem alguns seja fundação do tempo de S. Martinho de Dume nosso Arcebispo de Braga; outros que de S. Frutuoso, que lhe succedeo no Arcebispado annos depois; mas nam ha duvida que no de 691. era já fundado havia annos; porque neste deu para Prior do Mosteiro de Azere a Frey Sisnando. Correo a mesma fortuna que os mais no anno de 997. em que Almançor (que levou os sinos de Santiago a Cordova) com seu exercito o assolou, & poz por terra. Reedificou-o no anno de 1018. D. Ganfrido, Gayfeiros, ou Ganfey, Cavalleiro Francez, de que tomou o Mosteiro o nome: huns dizem que foy Monge Cluniacense, & aqui Abbade; outros que Ermitão, donde o Chrinista dos Ermitas de Santo Agostinho se quiz ajudar para dizer, que este Convento fora seu, sendo elle sempre da Ordem de S. Bento. Foy tal a vida deste santo Varão, que por S. Gayfeiros, & Ganfey he conhecido, & venerado por seus milagres que continuamente obra, particularmente nos meninos doentes de uzagre, febres, toce, & outros males. Assim que faleceo, o sepultàrão dentro da Igreja, nam se costumando fazer então senam a Santos: muitos annos esteve sua sepultura junto da porta principal, donde lhe mudaram os ossos no de 1603. para as grades do Cruzeiro perto do pulpito, alli estava algum tanto elevado cercado de algumas grades baixas com epitafio, que lhe dá o mesmo titulo de Santo, & Monge de S. Bento. Festejase a 3. de Janeiro, & de fóra ficaram algumas reliquias, com que se consola o povo de Galliza, & Portugal, que o frequentão com suas romagens. Estes annos passados o mudou o Abbade Frey Bento Mchado para tumulo alto dourado junto à porta da Sancristia. Tem formosa Igreja de tres naves, Bella claustra com hum chafariz no meyo de nova invenção, & bem obrado, grande, & boa cerca, com dous mil cruzados de renda em dizimos, & fóros. Antigamente teve mais, com que ajudou a povoar Valença, & fundou nella os Igrejas de Santa Maria dos Anjos, & a de Christello. Todos os nossos Reys o favorecèrão, particularmente ElRey Dom Affonso o Segundo, que o deixou por herdeiro de toda a sua prata lavrada, para que seus Religiosos o encomendassem a Deos. O Infante Dom Pedro Conde de Barcellos, filho DelRey Dom Diniz, o reedificou, quando nelle viveo quatro annos, sendo Fronteiro contra Galliza. Passou com os mais a Commendatarios, & destes por Bulla de Sixto Quinto tornou à Congregação de S. Bento com grandes opposições dos Marquezes de Villa Real, que querião ser Padroeiros, & apresentallo, & por cessarem das demandas que trazião, lhe largarão os Frades muitas Igrejas só porque os deixasse: & ainda conserva dezasseis Beneficios, a mayor parte simples, de oitenta, & cem mil reis, que dá o Dom Abbade. Tinha quatro Coutos, o do Mosteiro, que era mayor do que hoje, o de Villarinho, o das Perreiras, & o de Rebordães, estes tres ultimos se acabàram, & o Mosteiro se atenuou com a visinhança dos Marquezes. Tem duzentos & setenta visinhos, aos quaes administra os Sacramentos hum Cura secular, que apresentam os Frades deste Convento. Nesta Freguesia no lugar de Tardinhade junto da fonte do Torninho nasceo S. Theotonio, primeiro Prior de Santa Cruz de Coimbra, & Padroeiro dos Conegos Regrantes de Santo Agostinho, & na mesma casa de seus pays está huma Ermida deste Santo filho, & huma grande reliquia de seus ossos, pelos quaes obra Deos grandes milagres. A vista da Villa, em hum monte distante meya legoa, está huma Capella de Nossa Senhora do Faro, nome que tomou de hum facho, que alli houve, he imagem milagrosa, & por isso buscada de muitos: entre os mais prodigiosos notaveis, que tem feito, he hum, que estando em Africa cativo de Mouros hum homem desta terra, & tam maltratado, que o trazião com grilhão nos pés, encomendouse a esta Senhora devotamente, pedindolhe o soccorresse em tam grande miseria; foy ella servida, que deitandose na cama este homem à noite em Berberia, amanhecesse à porta desta Capella com o mesmo grilhão nas pernas, o qual para memoria está pendurado na Capella mór desta Ermida, & humas moedas, que lançarão pela boca muitos endemoninhados, que a Senhora livrou, tirandolhes dos corpos os Demonios, que os atormentavão. Junto a esta Capella de Nossa Senhora está huma Ermida de Santa Anna, outra de S. Vicente situada em hum monte abaixo do lugar das Zenhas junto à Cacharia, & outra de Nossa Senhora do Carmo, de que he administrador Damião de Lançois & Andrade."

http://www.cidehusdigital.uevora.pt/freguesia_corografia/ganfei/



A Caixa

Contentor de tamanho pequeno com logbook e stashnote.

Não tem material de escrita.



This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

É cnen qbvf.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

29 Logged Visits

Found it 27     Didn't find it 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 13 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 8/17/2017 4:46:09 PM Pacific Daylight Time (11:46 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page