Skip to content

Tommi Makinen Traditional Cache

Hidden : 01/29/2018
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:





II World Race TB´S

Este PT tem como objectivo dar a conhecer todos os campeões do mundo de Ralis..

Muitos foram os que fizeram sonhar os adeptos desde os primórdios da história dos automóveis, mas só em 1977 foi criado o Campeonato do mundo de ralis.

É um PT totalmente em terra, não circular.




Tommi Makinen




Tommi Antero Mäkinen (Puuppola, Finlândia, 26 de Junho de 1964) é um ex-piloto finlandês de ralis. Mäkinen é um dos mais prestigiados condutores de rali de todos os tempos, tendo conquistado 4 campeonatos, empatado com Juha Kankkunen.

Foi vencedor do Campeonato Mundial de Rali (WRC) por quatro vezes consecutivas em 1996, 1997, 1998 e 1999, em todas as ocasiões conduzindo um Ralliart Mitsubishi Lancer Evolution. Venceu também em 2000 a Corrida dos Campeões. Dos navegadores de Tommi destacam-se os compatriotas Seppo Harjanne e Risto Mannisenmäki, o último aposentou-se com Mäkinen tendo acompanhado também o campeão de 1985, o 'Finlandês Voador' Timo Salonen.



A primeira vitória de Mäkinen foi em 1994, no Rali dos 1000 Lagos (agora designado de Neste Rally Finland), ao volante de um Ford Escort RS Cosworth. A Mitsubishi tinha oferecido um bom contrato a Mäkinen, com o novo Lancer Evolution para a época seguinte, no qual se tornaria numa relação duradoura. Com uma vitória no Rali Safari em 1996, provou o seu valor e no final da temporada na Austrália conseguiu o tão desejado título, distante do seu rival de sempre Colin McRae.

Em 2000, não conseguiu revalidar o título obtido na temporada anterior. Nesse ano a Mitsubishi produziu a "Tommi Mäkinen edition", uma versão de estrada do Lancer Evolution VI. Este carro tinha uma dianteira diferente do Evo VI, e alguns modelos dispunham de uma pintura vermelha e branca, tornando um verdadeiro carro de Tommi. Manteve-se na Mitsubishi até ao final da temporada de 2001, tendo quase posto fim à carreira do seu co-piloto Mannisenmäki, quando no Rali da Córsega bateram violentamente, e o seu navegador acabou por fraturar a coluna vertebral.



A mudança para a Subaru trouxe-lhe mais uma vitória, em 2002 em Monte Carlo, após um empolgante duelo com o talentoso e emergente Sébastien Loeb, que acabaria desclassificado, devido a uma troca ilegal de pneus antes da partida para a terceira e última etapa. Mas depois, a sua forma nunca mais seria a mesma, o que não lhe permitiu ganhar mais nenhum título.



Retirou-se dos ralis no final de 2003, com um 3º lugar no Rali da Grã-Bretanha desse ano.




Teve a sua presença na linha de partida no Rally Lisboa-Dakar ao volante de uma equipa de fábrica, com um Fiat Panda Cross.



Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre


A Cache:


Apenas contém logbook. NÃO TEM MATERIAL DE ESCRITA

Boas Corridas
Pé Na Chapa



This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Cvaurveb

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)