Skip to content

<

Castelo de Mogadouro

A cache by Mangusto73 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 02/22/2019
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


CASTELO DE MOGADOURO

Castelo de Mogadouro, em Trás-os-Montes, localiza-se na freguesia, povoação e concelho de Mogadouro, no distrito de Bragança, em Portugal.

Na vertente norte da serra de Mogadouro, a antiga vila e seu castelo constituíram, nos alvores da nacionalidade, um importante ponto estratégico sobre a linha lindeira. Comenda da Ordem dos Templários, posteriormente sucedida pela Ordem de Cristo, atualmente inclui-se na Área Turístico-Promocional das Montanhas.

 

História

A primitiva ocupação de seu sítio remonta a um castro pré-histórico, que se acredita posteriormente romanizado. A região apresenta ainda vestígios da ocupação dos Visigodos, sucedidos, a partir do século VIII pelos Muçulmanos, que, na opinião de alguns estudiosos, lhe legaram a toponímia. Por aqui passava então uma via secundária, cruzando a região de Norte a Sul, ligando-a à atual Astorga (a chamada Estrada Mourisca).

O CASTELO MEDIEVAL

Acreditando-se de que o Castelo de Mogadouro seja da época Medieval, a sua fundação provém de uma primitiva ocupação de um castro pré-histórico, passando pela romanização, apresentando de seguida vestígios da ocupação dos Visigodos e terminando com a ocupação dos Muçulmanos no séc. VIII.

Com a expulsão dos Muçulmanos da Península Ibérica através da Reconquista Cristã e com a fundação da Nacionalidade, esta região foi palco de inúmeras batalhas obrigando à construção de defesas situadas em Mogadouro, Penas Roias, Algoso, Miranda do Douro, Vimioso e Outeiro, fazendo parte da linha de defesa no Nordeste de Portugal.

Havendo a necessidade de proteger a linha central do País, o Castelo do Mogadouro foi edificado entre 1160 e 1165. Mais tarde, no reinado do D. Afonso III, incrementou-se o povoamento e a defesa da região concedendo a carta foral à vila. Esta carta veio a ser renovada por D. Dinis, iniciando uma cerca para a sua defesa.

Continuando na funcionalidade do Castelo, este sofre obras de restauro a mando de D. João II e, mantendo-se assim, a vila veio novamente a ser prestigiada com um novo foral, desta feita concedido por D. Manuel, sendo os alcaides-mor os Távoras.

Assim se manteve durante dois séculos até que, diante do trágico destino dos Távoras e da perda defensiva, o castelo entrou progressivamente em declínio, chegando a ruínas de que resta apenas a Torre de Menagem e restos da muralha.

Com tanta história, assim foi considerado como Monumento Nacional desde 1946.

Additional Hints (Decrypt)

HAQRE

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)