Traditional Geocache

BH37 Devils in Danger - Portugal [Lisboa]

Hidden : 1/5/2007
In Lisboa, Portugal
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O Diabo-da-Tasmânia (como outras espécies ameaçadas) está em perigo – Não é um perigo!

O Diabo-da-Tasmânia é um mamífero marsupial nativo da ilha da Tasmânia. Através do registo fóssil sabe-se que a espécie habitou também a Austrália, tendo-se extinguido no continente cerca de 400 anos antes da colonização pelos europeus. Os Diabos-da-Tasmânia habitam todas as regiões da ilha com preferência para florestas e são os maiores carnívoros marsupiais existentes na actualidade.

O Diabo-da-Tasmânia é um animal de aparência robusta, com pelagem castanha excepto na zona do peito onde tem uma mancha branca. A cabeça é relativamente grande, com orelhas arredondadas e nariz afilado. Os músculos das mandíbulas são bastante poderosos e, juntamente com os dentes molares especialmente adaptados, permitem ao diabo esmagar ossos. O tamanho destes animais varia bastante consoante o habitat e dieta, mas os maiores atingem 80 cm de comprimento e 12 kg de peso. As fêmeas são normalmente maiores que os machos.

A época de reprodução dos diabos da Tasmânia realiza-se anualmente em Março e resulta em ninhadas de 2 ou 3 crias que nascem em Abril, ao fim de 21 dias de gestação. Como na maior parte dos marsupiais, o resto do desenvolvimento dos juvenis faz-se no interior do marsúpio (a bolsa) neste caso durante os quatro meses seguintes. As crias saem pela primeira vez em Agosto-Setembro e tornam-se independentes em Dezembro. As fémeas atingem a maturidade sexual aos dois anos.

Os Diabos-da-Tasmânia são essencialmente necrófagos e ocasionalmente predadores de wombats, wallabees e mamíferos placentários introduzidos (como o coelho). Em alturas de escassez podem também comer insectos, cobras e frutos. Estes animais contam sobretudo com a visão, o olfacto e os bigodes para localizar o alimento. São animais diurnos e solitários mas encontram outros membros da sua espécie em torno de carcaças. Nesta circunstância são extremamente agressivos e envolvem-se em lutas que deixam cicatrizes profundas com frequência. As lutas são acompanhadas de barulhentas vocalizações, como grunhidos, guinchos e latidos que contribuem para a fama de ferocidade do animal.

O Diabo-da-Tasmânia não está para já ameaçado de extinção, apesar da redução progressiva do seu habitat. No passado foi caçado e envenenado pelos estragos causados ao rebanho e pela sua carne, que os colonos diziam ter sabor a vitela. A espécie foi protegida em 1941 e a partir daí a população recuperou-se. No entanto, nos últimos anos, têm-se registado perdas significativas devido a uma doença cancerosa que aparenta ser endémica nos diabos da Tasmânia. Cerca de 65% da Tasmânia foi afectada, tendo-se perdido desde então entre 20 a 50% da população de diabos. A epidemia atingiu proporções catastróficas, levando os conservacionistas a tomar medidas extremas como matar os animais que apresentem os estágios iniciais da doença, para evitar o contágio, e criar áreas fechadas com populações saudáveis nas ilhas ao largo da Tasmânia, de forma a permitir a reintrodução no caso da espécie ser erradicada da ilha principal no futuro próximo.

The Tasmanian Devil (like other endangered species) is in Danger - not Dangerous!

The Tasmanian Devil, also referred to simply as 'the devil', is a carnivorous marsupial now found only in the Australian island state of Tasmania. The Tasmanian Devil is the only extant member of the genus Sarcophilus. The size of a small dog, but stocky and muscular, the Tasmanian Devil is the largest carnivorous marsupial in the world. It is characterised by its black fur, offensive odour when stressed, extremely loud and disturbing screech, and viciousness when feeding. It is known to both hunt prey and scavenge carrion and although it is usually solitary, it sometimes eats with other devils.

The Tasmanian Devil became extinct on the Australian mainland about 400 years before European settlement in 1788. Because they were seen as a threat to livestock in Tasmania, devils were hunted until 1941, when they became officially protected. Since the late 1990s devil facial tumour disease has reduced the devil population significantly and now threatens the survival of the species, which may soon be listed as endangered. Programs are currently being undertaken by the Tasmanian government to reduce the impact of the disease.


Em Portugal também existem diversas espécies ameaçadas, vegetais e animais, protegidas por diversa legislação e convénios internacionais, como é o caso da CITES. A CITES ( Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção) é um acordo internacional entre um grande número de Estados que tem como objectivo assegurar que o comércio de animais e plantas selvagens, e de produtos deles derivados, não põe em risco a sobrevivência das espécies nem constitui um perigo para a manutenção da biodiversidade. Desde que entrou em vigor no ano de 1975 não houve notificação da extinção devido ao comércio internacional de qualquer das espécies incluídas.

In Portugal there exist some threatened species too, plants and animals, protected by various legislation and international covenants, as it is the case of CITES. CITES (the Convention on International Trade in Endangered Species of Wild Fauna and Flora) is an international agreement between governments. Its aim is to ensure that international trade in specimens of wild animals and plants does not threaten their survival. Since its adoption in 1975, there haven't been any reports of extinction as a result of trading protected species.


Base de dados de espécies protegidas para Portugal / Protected species database for Portugal

Animais / Animals Plantas / Plants


A cache

Esta cache foi elaborada no âmbito do jogo de geocaching, "Devils in Danger", que tem como objectivo a sensibilização para a necessidade da protecção do Diabo-da-Tasmânia. Na parceria que estabeleci com os Ladybug Kids (Alasca), decidimos que cada um colocaria uma cache dedicadas às espécies em risco em cada um dos nossos territórios.

A cache nacional está localizada nas imediações do Centro de Recuperação de Animais Silvestres do Parque Florestal de Monsanto (CRASPFM), um equipamento vocacionado para a recolha, tratamento, recuperação e libertação de animais silvestres feridos ou debilitados, e ao centro de interpretação do Espaço Monsanto.

A cache do Alasca ("Golden Heart Devils in Danger") foi colocada no Creamers Field Migratory Waterfowl Refuge, em Fairbanks. Este refúgio é um local bastante procurado para a observação da vida selvagem, durante todo o ano.

Os TBs "Endangered Species - Portugal" e "Golden Heart Tasmanian Devil in Danger" foram largados na cache portuguesa e na do Alasca, respectivamente, e têm como objectivo alcançar a cache "Devils in Danger", na Tasmânia. Se os encontrarem, ajudem-nos ;-)

The cache

This cache was was placed as one of the "challenges" in the geocaching game called "Devils in Danger", that has as its objective the sensitization for the necessity of the protection of the endangered Tasmanian Devil. In the partnership that I established with Ladybug Kids (Alaska), we decided we would each place a cache dedicated to the endangered species in our home countries.

The Portuguese cache is located near the Center for Wild Animals Recovery of the Monsanto Forest Park (CRASPFM), a facility for the retraction, treatment, recovery and release of wounded or weak wild animals, and the interpretive centre “Espaço Monsanto”.  

The Alaska cache ("Golden Heart Devils in Danger") is located in the Creamers Field Migratory Waterfowl Refuge located in Fairbanks, Alaska.  The refuge is a popular place to view wildlife during all four seasons of the year. 

The "Endangered Species - Portugal" and "Golden Heart Tasmanian Devil in Danger" TBs had been released in the Portuguese and the Alasca caches, respectively, and they want to reach the "Devils in Danger" cache, in Tasmania. If you find them, please help them to achieve their objective ;-)


GeoPT.org - Geocaching Portugal

Additional Hints (No hints available.)



 

Find...

920 Logged Visits

Found it 811     Didn't find it 45     Write note 28     Temporarily Disable Listing 4     Enable Listing 4     Publish Listing 1     Needs Maintenance 23     Owner Maintenance 3     Update Coordinates 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 148 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 6/11/2017 7:01:08 AM Pacific Daylight Time (2:01 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum