Skip to Content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

O Zêzere em Janeiro

A cache by Blue Trekkers and Sand Trekker Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 8/24/2007
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache está na aldeia de Janeiro de Cima, pertencente ao grupo das Aldeias de Xisto (www.aldeiasdoxisto.pt)

Cascata

As Aldeias do Xisto são 23 aldeias espalhadas por vários municípios do Pinhal Interior. É um território de uma enorme beleza natural, rico em património e que oferece infinitas possibilidades de lazer - mapa das aldeias de Xisto


A aldeia de Janeiro de Cima

Localizada no concelho do Fundão, a aldeia de Janeiro de Cima abraça o Rio Zêzere numa das suas imensas curvas ficando assim numa posição privilegiada que permite a criação de uma bela praia fluvial.
Esta pequena aldeia é peculiar pois na construção das casas não só se usa xisto mas também calhaus rolados do rio, criando assim uma paisagem insólita mas deveras bonita.

Segundo diz a lenda, Janeiro de Cima, aldeia do concelho do Fundão do qual dista 43km, deve o seu nome aos seus fundadores, os Januários.
Por volta do século XVI ou XVII, não se sabe ao certo, um senhor, talvez nobre, possuidor de grandes bens e terras nas duas margens do rio Zézere, resolveu legar aos seus dois filhos de apelido Januários os seus bens. Entregou a um as terras da margem direita do rio e ao outro as da margem esquerda. Assim nasceu Janeiro de Cima na margem esquerda e Janeiro de Baixo na margem direita.
Contudo a formação de Janeiro de Cima não se iniciou no mesmo local onde hoje se encontra situada esta bela aldeia da margem do rio Zézere. A primeira pedra foi lançada numa pequena elevação ainda hoje chamada "Esmoroços", um pouco mais afastado do que hoje é o centro da aldeia. Nesse local construíram a sua primeira igreja, uma capela em honra do Divino Espírito Santo. No entanto, nos Esmoroços as formigas eram muitas e atacavam os berços das crianças, principalmente no Verão, pelo que os ancestrais Janeirenses decidiram que tinham de mudar de local. Como eram muito sabidos tiveram a ideia de soltar os animais (gado) que possuíam (burros, cabras e vacas) por uma noite. No local onde esses animais fossem pernoitar construiriam eles as suas casas, o seu novo lar. Ora esses animais apareceram ao amanhecer num pequeno vale denominado "Cabeço do Vale", por se encontrar numa espécie de cova e por ter terra funda e preta.
Foi então aí que construíram as primeiras casas feitas de pedras (bolas de pedra) e barro, por esse material ser abundante na região. Ainda hoje, quem for a Janeiro de Cima, encontra neste local casa ancestrais feitas com esses materiais, perguntando-se como é que elas ainda se mantêm de pé devido à sua muita idade. São memórias de outros tempos que felizmente já começam a ser recuperadas.
Foi assim que nasceu esta povoação, que se começou a alargar a partir desse local, sendo hoje uma das maiores freguesias do Fundão.
fonte: www.janeirodecima.web.pt


Como pontos de interesse em Janeiro de Cima encontramos a Casa das Tecedeiras, a igreja velha e todo o centro da pequena aldeia que foi recuperado e devolvido ao seu estado original.

Para os mais aventureiros, é também possível fazer passeios de canoa no Zêzere, passeios de Btt pela serra da Gardunha, escalada no Penedo Barroco, etc.


A Cache

A cache encontra-se no Parque Fluvial de Janeiro de Cima.
Neste local existe uma bela praia fluvial, barcos para alugar, zona de churrasco e um belo barzinho.
Para lá chegar basta seguir as placas de Praia Fluvial desde o centro da Aldeia.

Conteúdo original da cache:
  • Log Book
  • stash note
  • dinossauros
  • animais selvagens
  • uma wacky racer



[EN] The Zezere river in Janeiro

This cache is located in the village of Janeiro de Cima, which belongs to an association of 24 traditional villages called Aldeias de Xisto (“Shale Villages”, for more information in English please visit this site).

Janeiro de Cima has several points of interest, such as the “Casa das Tecedeiras” (the lady weavers’ house), the old church and the centre of the village where the houses were recuperated to its original state of walls made of shale and river stones and mud.

The cache is hidden in the river park of Janeiro de Cima. At this location you can find a beautiful river beach, boats to rent, a BBQ area and a nice bar. To get there just follow the “Parque Fluvial” signs from the centre of the village.

Additional Hints (Decrypt)

Ab gbcb qb zheb
Ng gur gbc bs gur jnyy

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

189 Logged Visits

Found it 168     Didn't find it 1     Write note 6     Archive 1     Needs Archived 1     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 8     Owner Maintenance 1     Post Reviewer Note 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 49 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.