Skip to Content

This cache has been archived.

SUp3rFM: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#maint :

[quote]As the cache owner, you are also responsible for physically checking your cache periodically, and especially when someone reports a problem with the cache (missing, damaged, wet, etc.). You may temporarily disable your cache to let others know not to hunt for it until you have a chance to fix the problem. This feature is to allow you a reasonable time - [b]normally a few weeks[/b] - in which to arrange a visit to your cache. In the event that a cache is not being properly maintained, or [b]has been temporarily disabled for an extended period of time, we may archive the listing[/b].

It may be difficult to fulfill your maintenance obligations if you place a cache while traveling on vacation or otherwise outside of your normal caching area. These caches may not be published unless you are able to demonstrate an acceptable maintenance plan. It is not uncommon for caches to go missing, areas to be cleared, trails to be blocked or closed, objects used for multi-cache or puzzles to be moved or removed, etc. [b]Your maintenance plan must allow for a quick response to reported problems.[/b][/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me.

Lembro que o "desarquivamento" de uma cache, e a sua eventual consequente reactivação, passa pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Abraço e obrigado,

SUp3rFM
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer.

More
<

CACHÃO - Aldeia Abandonada [Valpaços]

A cache by Jony (Valpaços) Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/18/2007
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

CACHÃO - Aldeia Abandonada [Valpaços]

Esta cache, situa-se no Cachão, uma aldeia abandonada do concelho de Valpaços e pretende sensibilizar os Geocachers para o problema da desertificação do interior Transmontano, das aldeias abandonadas, do abandono das terras, bem como do Potencial Turístico do local!...

Represa de Àgua a 500m da aldeia casa grande no centro da aldeia

Valpaços

Brasão e edifício dos Paços do ConcelhoO Concelho de Valpaços, é o 2º maior concelho de distrito de Vila Real, composto por 31 freguesias, tem 553,10 Km2, 36 Km de Cumprimento, por 33 Km de largura, é limitado a N e NO pelo concelho de Chaves, a S e SO, pelos concelhos de Mirandela, Murça e Vila Pouca de Aguiar, a E e SE pelo concelho de Mirandela e a NE pelo concelho de Vinhais.

Os censos de 1991 apuraram, 22586 residentes no concelho, para em 2001 registar uma diminuição de -13,6% apurando-se 19512 habitantes.

Valpaços assenta num bonito e fértil vale. A sua história tem raízes nos primórdios da "nacionalidade".

A 13 de Maio de 1999, Valpaços passou a ser cidade.

A Igreja Matriz de Carrazedo de Montenegro, a Casa do Arco, ou a Igreja Matriz de Valpaços, são os edifícios com maior destaque no concelho. Localizada numa zona onde Celtas e Romanos deixaram as suas marcas, a região de Valpaços tem motivos de orgulho no seu famoso vinho, no seu azeite e no seu folar.

A Feira do Folar (1 semana antes da Páscoa), a Feira da Castanha (Carrazedo de Montenegro) e a Feira do Fumeiro(S. João de Corveira) são as três principais feiras do concelho Valpaços a par da Festa em Honra de Nossa Senhora da Saúde que se celebra no 1º Domingo de Setembro.

Se quiser ir às compras, não deixe de procurar na cidade o excelente Azeite de Valpaços (Acidez 0,2º) ou um vinho de Valpaços.

O CACHÃO

Vista geral da aldeia na década de 90

A aldeia do Cachão, pertence ao concelho de Valpaços, e à freguesia de Possacos, sendo a sua única anexa. Fica situada na margem direita do rio Rabaçal, a 3 km da Estrada Nacional, possuí uma capela, casas de pedra com lagares de azeite e de vinho, e Azenhas para tirar a água dos poços.

Aqui pode apreciar uma represa de águas límpidas ou simplesmente ouvir os rouxinóis a cantar nos negrilhos ou provar as amoras silvestres que estão por todo lado!

Chegaram a viver aqui perto de 80 pessoas. Mas, a forte corrente emigratória, especialmente para o Brasil, levou-lhe as gentes, além de que o isolamento e fracas acessibilidades ao local acabaram por ditar com que os últimos residentes se mudassem para as aldeias mais próximas, Valverde e Possacos.

Hoje a aldeia do Cachão é, maioritariamente propriedade do Sr. João Batista Calado, nascido em 1938, que depois de regressar de Angola sem nada, foi comprando, com muita insistência, aos herdeiros, as casas e terrenos da aldeia abandonada, onde começou por ser caseiro. Um homem cheio de vontade é como se define. As suas terras produzem azeite, vinho, frutas e cortiça, e, é muito provável que o vejam por estas bandas, cultivando as terrenos para depois vender o fruto do seu trabalho nos mercados de Valpaços e Chaves.
É um empreendedor notável na forma como investiu os dinheiros que foi ganhando na vida! Sendo hoje um grande produtor agrícola de Valverde. Se o virem, pode ser que vos conte histórias da vida a pulso e sobre o local…

Aqui nasceu, o Dr. Espírito Santo Esteves, estudou e trabalhou em Londres e Madrid, este notável médico e artista plástico que viveu em Chaves (onde existe um prémio de pintura com o seu nome). Foi o primeiro médico a explicar ao mundo cientificamente, como se processava a Pintura em Transe, desde o interior do nosso cérebro até às guinadas da ponta dos dedos de um artista!

A aldeia do Cachão foi já alvo de uma tese de doutoramento por parte da Profª Teresa Saraiva então Professora Primária nos Possacos, esposa do Sr. João Hermenegildo Saraiva.

A NÃO PERDER:

 


Se visitar a aldeia no Verão… leve fato de banho e sente-se nas pedras da represa do rio Rabaçal e aproveite as massagens que a queda de água proporciona! Um autêntico SPA natural (N:41º36,011 ; W: 7º 15,361)!

Se gosta de Pesca, o vale do Rabaçal apresenta paisagens lindíssimas e ninguém melhor que um pescador para admirar a sua beleza.

Nos Arredores existe a VIA AUGUSTA, com um percurso pedestre oficial, que passam pela Ponte do Arquinho.
estes trilhos são ideais para quem gostar de praticar BTT.

Quanto à Ponte do Arquinho, dir-se-á que fica a cerca de 600 metros da estrada Possacos - Valtelhas. É muito antiga, como se pode comprovar pelos sulcos profundos que, nota-se, foram feitos antes da construção da ponte. O tabuleiro é tipo escadote e tem cerca de onze metros de comprimento. Chama-se "do Arquinho" devido ao arco único, redondo, com cerca de oito metros de altura.

COMO LÁ CHEGAR:

De Valpaços, siga pela EN206, até ver na primeira aldeia - Possacos - a indicação "Cachão", siga pelo meio da aldeia, aprecie a Fonte de mergulho, as casas solarengas com brasão, uma Igreja de 1340, depois, siga em frente até chegar a um entroncamento com placa e indicação de "Cachão 3 Km", siga o caminho de terra batida sempre pela direita.
 

Podem existir alturas do ano em que a estreita estrada de terra batida de acesso apresentem demasiadas silvas nos muros da berma, no entanto de tempos em tempos as bermas são limpas! em todo o caso não arrisque umas riscadelas...
O local é mais propício para percurso pedestre ou para veículos com características de Todo Terreno (motos e jeeps);

Em Agosto fizemos o estradão num Mercedes Classe A sem qualquer tipo de dificuldade...

Para os mais aventureiros, podem experimentar fazer uma descida do rio a partir do Parque de Campismo do Rio Rabaçal (N:41º37,951 W:007º14,867) em plena EN206, na Ponte de Valtelhas, até à povoação do Cachão que por certo vai ficar vislumbrado! Este Parque de Campismo existem condições óptimas para andar a pé pelos percursos pedestres, nadar na praia fluvial, praticar BTT e fazer Canoagem.

Uma vez no Cachão, Visite a Capela (N: 41º 35,896; W: 7º 15,517), e não deixe de imaginar como era a vida no centro da aldeia especialmente no “povo”, junto da casa grande!

É recomendável não efectuar a visita em dias ou após muita chuva, não vá o carro ficar atolado nos acessos. Tenha atenção, que pelo isolamento do local, as redes de telemóvel dificilmente tem sinal.

CACHE ORIGINAL:

  • Logbook
  • Stashnote
  • Caneta
  • Máquina Fotográfica Descartável (tire uma foto a si ou ao grupo e deixe de novo no local)
  • Porta-chaves
  • Mola Tap
  • Carrinho VW Golf
  • Mini-Aspirador para migalhas
  • Bolsa porta moedas
     
A cache é um tupperware vermelho e está envolta num saco plástico preto. / It’s a red tupperware and is wrapped in a black plastic bag.

Additional Hints (Decrypt)

CG: ab zheb RA: Va gur Jnyy

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

27 Logged Visits

Found it 14     Didn't find it 7     Write note 2     Archive 1     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 41 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.