Skip to content

This cache has been archived.

Daniel C: Arquivar uma cache nunca é tarefa fácil e confortável. Ainda por cima, neste caso concreto, irei acabar com uma trilogia temática - a do Vale do Trancão - que tanto gozo me deu a criar e que julgava interessante e bem construída, mesmo que tivesse uma ou outra aresta por limar.

Acontece que esta cache reúne uma série de factores que a tornam pouco aconselhável e agradável, nomeadamente:

1 - O moinho do primeiro ponto sempre teve lixo no seu interior, pelo que meti a nano-cache no exterior. Acontece que a lixeira foi-se espalhando, cobrindo agora também a envolvente do moinho, o que torna o local insalubre e feio.

2 - A cache final desapareceu mesmo, o que indica que a quinta, apesar do seu estado devoluto e arruinado, é frequentada. E eu não quero que nenhum geocacher apanhe um susto enquanto vasculha dentro de uma propriedade privada...

3 - ...sim, a Quinta da Barroca é propriedade privada. Isso percebe-se porque o portão principal está fechado por vezes, e aberto noutras ocasiões. Ou seja, o local é seguramente vigiado. E eu não quero problemas com o dono.

4 - O estado de ruína da Quinta é cada vez mais avançado. Houve até uma derrocada numa das paredes, o que é representativo da insegurança do local.

5 - Já algumas pessoas me disseram que o Vale do Trancão, por ser um local isolado e de difícil acesso, é usado durante a noite para despejo de entulho e, pior do que isso, para negócios menos lícitos. Mesmo que coloque um ícone que desaconselhe a cache à noite, sei que alguns geocachers iriam lá à mesma, o que é deveras inseguro.

Sendo assim, e tal como na outra cache da trilogia que arquivei, encontrei 5 motivos para proceder a mais este arquivamento. Resta-me agradecer às várias visitas, entre founds (35, precisamente metade da "Miradouro de S.Lourenço"!) e DNF's, pelos vossos logs!

Cumprimentos,
Daniel Campos.

More
<

Do Moinho à Quinta

A cache by Daniel C. & M@CrO Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/22/2007
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Do Moinho à Quinta

 

Esta multi-cache irá levar-vos a visitar dois locais - um moinho abandonado no Bairro da Fraternidade (freguesia de São João da Talha) e uma imponente quinta devoluta junto à margem esquerda do Rio Trancão - a Quinta da Barroca.

Em relação à Quinta da Barroca, foi publicada a seguinte reportagem num jornal regional:

 

BOBADELA/S. JOÃO DA TALHA - QTª DA BARROCA REPLETA DE RESÍDUOS
 

Lixo atrapalha classificação de imóvel

A Quinta da Barroca, situada na fronteira entre São João da Talha e a Bobadela, junto à várzea do rio Trancão, está a ficar atulhada de resíduos, lançados pela calada da noite, pela encosta da serra.

 As arqueólogas Teresa Medeiros e Nélia Santos, denunciaram ao Triângulo esta situação, indignadas com a permanência da lixeira naquele local. “Notámos que existia lixo na encosta há cerca de dois anos, mas não tínhamos ideia de que o vazadouro fosse tão grande”.

No final da encosta, muito perto do rio, está a Quinta da Barroca, um edifício já em ruínas, mas com algum interesse histórico. “Infelizmente, a Quinta não está classificada e não se sabe quem é o proprietário”, afirmam, “mas sabe-se que será do século XIV e que laborou até ao início do século passado, com uma actividade ligada à produção de azeite”. Numa tentativa de avaliar o valor do imóvel, as arqueólogas foram até ao local, à procura de novos elementos. Porém, lamentam, “há tanto lixo que é impossível recolher material de interesse”.

Paulo Amado, presidente da Junta de Freguesia de São João da Talha, está a par da situação. “Sei que regularmente o Departamento de Ambiente faz limpezas, mas deve ser insuficiente. Trata-se de um local ermo, abandonado e de difícil fiscalização”. Aliás, a estrada de terra batida que percorre a várzea e que é utilizada por alguns veículos, era conhecida como o caminho de Fátima, pois em tempos que já lá vão, era utilizada pelos peregrinos que, rapidamente chegavam a Vialonga e Alverca na sua viagem ao Santuário. Hoje, pelos vistos, há quem a utilize para despejar lixo.

A recuperação da Quinta da Barroca, diz o autarca, estava contemplada no projecto de recuperação da Várzea. “Há mais de 30 anos que está abandonada e num grande estado de degradação. Pouco mais resta do que algumas paredes do edifício senhorial, parte do lagar onde há umas mós, enfim, parte do que era construção em pedra. O projecto da Várzea propunha a recuperação da Quinta, que seria transformada em zona de lazer, uma recuperação sem grande edificação pois, como se sabe, não é permitida a construção na várzea”.

O projecto tem pelo menos seis anos, mas está, actualmente, parado. A Quinta, por seu lado, é privada e as autarquias não podem intervir. O resultado final será a acentuada degradação, agravada pelos despejos de resíduos.

in http://www.jornaltriangulo.com/conteudonoticia.asp?id=568 

Intuitos da cache:

1 - Dar a conhecer uma interessante vista panorâmica sobre o Vale do Trancão;

2 - Divulgar património que, infelizmente, se encontra abandonado;

3 - Alertar para o drama do lixo que é despejado na encosta, "estragando" irremediavelmente um local que poderia até ser recuperado e convertido numa zona de lazer, conforme planos existentes.

 

Outras informações:

Do primeiro ponto à cache final vão 1,3km. É aconselhável levarem o vosso cachemobile (ou, se preferirem, vão a pé) até N 38° 48.600 W 009° 06.280 . A partir daí, recomendamos que se desça até à Quinta da Barroca a pé, até para melhor desfrutarem das vistas (é de lamentar o lixo, mas quanto a isso, nem um CITO resolveria... ).

As coordenadas têm um erro de até 5 metros. O primeiro ponto está fora do moinho, na parede do mesmo! É nano e está aí a 1,50m de altura. A cache final está no interior da Quinta da Barroca.

A cache não é recomendável à noite - andar pelo meio daquelas ruínas a horas tardias deve ser verdadeiramente arrepiante... Divirtam-se! ;)

P.S.: Obrigado ao Crawlgeo por me ter dado a conhecer este local. Sem ele não teria sido possível desenvolver esta multicache!

 

In English: this multi-cache will show you, in the first point, an abandoned windmill at the top of a hill, from where you have a splendid view over the Trancão River valley. You will find there the coordinates to the final cache, which is located near an abandoned manor which stands right next to the river, down in the valley. Enjoy the walk!

 

A Trilogia do Vale do Trancão

Esta é a última de uma série de três caches projectadas para mostrar ao geocacher a beleza cénica e importância histórica do Vale do Trancão e da sua várzea.

1ª Cache - Uma Quinta na Granja (tradicional, com maior incidência na componente histórica)

2ª Cache - Miradouro de São Lourenço (tradicional, com maior incidência na componente cénica)

3ª Cache (esta) - Do Moinho à Quinta (multi-cache, cobrindo as componentes cénica e histórica)

Additional Hints (No hints available.)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.