Traditional Geocache

A última Tupperware de Napoleão [S. M. Agraço]

A cache by vsergios Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/29/2007
In Lisboa, Portugal
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


"A última Tupperware de Napoleão"
An English description is available below.
Igreja Sobral

Sobral na Defesa das Linhas de Torres

A Guerra Peninsular assumiu uma violência superior à de quaisquer outras guerras anteriormente ocorridas em Portugal. As suas repercussões económicas, sociais e políticas foram muito duradouras.

O número de mortos foi superior a 100.000 e muitos milhares de habitantes viriam ainda a falecer em consequência da fome e da falta de recursos que se seguiram à política da terra queimada.

Não foi o Sobral teatro histórico de grandes batalhas. No entanto o General Saint Croix, Conselheiro do General Massena aqui tombou. Este último, com uma força de cerca de 65.000 homens, chega às Linhas no dia 14 de Outubro de 1910. Consegue ainda tomar a vila do Sobral de Monte Agraço, mas é depois vencido. Para além das fortificações, o Inverno particularmente chuvoso havia feito transbordar as margens do rio Sizandro, transformando-o numa barreira intransponível. Sem conseguir avançar e enfrentando a rebelião dos seus oficiais, a fome, a chuva, o frio, a doença e a falta de comunicações, Massena inicia a retirada das suas tropas na noite de 15 de Novembro de 1810, coberto pelo nevoeiro e deixando bonecos de palha no lugar dos soldados, enganando assim o inimigo e atrasando a sua reacção.

A derrota de Massena nas Linhas de Torres Vedras marca o início da viragem da carreira vitoriosa de Napoleão Bonaparte.

Obteve assim, a vila do Sobral, um grande alcance moral e humano, porque se evitou uma monstruosa carnificina, caso as tropas francesas irrompessem até Lisboa.

O Cine-Teatro do Sobral está hoje implantado no local onde antes foram as ruínas do que foram «as casas queimadas pelos Franceses», como se dizia na gíria popular. As «casas queimadas», que os Franceses criminosamente incendiaram na sua debandada, ali estiveram, negras de fumo, a céu aberto, durante mais de cem anos, e eram um vestígio vivo da passagem dos Franceses, no Sobral.

Nada há que recorde este sumário de misérias de que Sobral foi vítima, como seria, por exemplo, um pequeno obelisco ou, na toponímia da vila, o nome de uma rua ou praça. Existe um modesto painel na parede de um café, o que é francamente pouco. Vai daí, surge,
ali, em frente ao referido painel, no café Montagreste, a ideia desta cache, com o objectivo da mesma fazer jus à valente e orgulhosa vitória de Sobral sobre Napoleão.

(texto brutal e descaradamente adaptado de “Sobral e as Linhas de Torres Vedras”, Consiglieri Morais e "As Linhas de Torres", Museu Municipal de Torres Vedras, Outubro de 1998)

E agora, o site que faltava, http://linhasdetorres.blogspot.com. Toda a história em artigos esclarecedores, dos historiadores da região das Linhas.

E mais, abriu o
Centro de Interpretação das Linhas de Torres

No âmbito do projecto Rota Histórica das Linhas de Torres (RHLT), financiado pelo Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu, o Município de Sobral de Monte Agraço abriu ao público, dia 03 de Dezembro, o Centro de Interpretação das Linhas de Torres.

Localizado, simbolicamente, no local onde ocorreu o principal recontro militar frente às Linhas, em 12 de Outubro de 1810, que ficou conhecido como o “combate de Sobral”, este Centro de Interpretação tem por objectivo dar a conhecer ao visitante um dos episódios mais marcantes da história europeia.

Numa perspectiva de valorização e divulgação do património das Linhas de Torres, o Centro de Interpretação conta histórias de 1810 e se destaca acontecimentos, personagens, sítios e edifícios que marcaram a vivência da região naquela época conturbada.

O Centro de Interpretação é, também, um convite a conhecer os vários circuitos de visita da Rota Histórica das Linhas de Torres, entre eles o Circuito do Alqueidão, aberto desde 2010.

Estes circuitos, que integram um conjunto de estruturas militares visitáveis, resultam do esforço de seis Municípios (Arruda dos Vinhos, Loures, Mafra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira) em parceria com o EEA Grants e com o apoio do Exército Português, em prol da salvaguarda e promoção de um património que merece ser preservado em memória de uma identidade comum.

Horário do CILT
Terça a Domingo 10h30»13h00 | 14h00»18h30
Encerra à Segunda e Feriados
1.ª Sexta do mês 10h30»13h00 | 14h00»20h30






As tropas napoleónicas,
Invadindo Portugal.
Entraram pela Beira Alta,
E pararam no Sobral.

Foi aqui que receberam
A grandíssima surpresa
Da construção dum sistema
Barrando a marcha francesa.

Eram as Linhas de Torres
– Barreira de fogo e aço –
Que tinham por baluarte
O Forte de Monte Agraço.

E, assim, se pôs em prática
Uma ideia muito boa:
Foi a “defesa afastada”
Da cidade de Lisboa.

Finalmente o marechal
Surpreso, desesperado,
Ainda atacou o Sobral
Que deixou incendiado.

(Onde á agora o Cinema
Cheguei a ver, muitas vezes,
Casas queimadas, ruínas,
Desse tempo dos franceses).

Outras vilas foram alvo
Da vil ambição francesa.
Mas ficou Lisboa salva
– Salva, livre, portuguesa.

Da vitória aproveitaram
Principalmente os ingleses,
Por ter sido em campo alheio
Que deram luta aos franceses.

E um apoio tão fiel
Lhes dedicou Portugal,
Que se frustrou o chamado
Bloqueio Continental.
CineTeatro

Trinta e seis dias passaram
Em atitude expectante:
Os reforços não chagavam,
Lisboa ainda era distante.

Contavam-se os efectivos
Em sessenta mil franceses
Contra uns cento e dez mil
Da parte dos portugueses.

Mandou Massena um correio
A cavalo, até Paris:
Era o general Foy,
Foi e veio, assim se diz.

Entrincheirados, os nossos
Eram como uma família:
Passavam dias e noites
Em rigorosa vigília.

Os franceses, por seu turno,
Agiam à sua imagem:
Saqueavam, massacravam,
Com um só fim – a pilhagem.
                                 ==//==

Era o marechal Massena
Quem comandava os franceses;
E ele próprio se acercou
Do Sobral, algumas vezes.

Logo aos primeiros recontros,
Um general morreria,
Saint Croix se chamava,
Ilustre em cavalaria.

Com o seu óculo de campanha,
Subira Massena uns muros,
Então um tiro potente,
Colocou-o… em apuros.

Partiu tal Tito (supõe-se)
Lá do Moinho do Céu
E Massena estava perto
Do Montijo, julgo eu.

Fez Massena larga vénia
À Linhas, que tinha em frente
E esperou novos reforços,
Furibundo, impaciente.
Vaitembora

                        ==//==




1810.
Foi a 15 de Novembro,
O dia em que se notou
A retirada que lembro.

Como reza a tradição,

Havia algum nevoeiro;
Mas depressa o Sol raiou,
Banhando o país inteiro.

Monte Agraço! Monte Agraço!
Teu forte fama deixou:
Diante dos teus canhões,
O invasor não passou!



* Poeta Desconhecido



A cache
A cache, que requer muita discrição geocachiana, encontra-se na Praça de traça pombalina, sala de visitas da vila, recentemente restaurada.
No edifício onde está instalada a Câmara Municipal, salienta-se a lápide alusiva à mercê do senhorio, concedida por D. José a Joaquim Inácio da Cruz Sobral, que viria a ordenar a construção da casa nobre da família Sobral, do chafariz e do edifício onde se encontra instalada a Câmara Municipal.
É também aqui que se localiza a Igreja de Nossa Senhora da Vida. Templo reconstruído sobre a anterior capela da mesma invocação e que hoje substitui a velha matriz da antiga vila, então situada no local chamado Salvador. Exteriormente, a fachada de duas torres apresenta-se com certa imponência. A nave da igreja é alta e bem iluminada, com monumental arco triunfal e grande coro de três arcos. A sua melhor alfaia é uma riquíssima custódia, depositada no Patriarcado de Lisboa, pertencente aos condes de Sobral.
No centro da praça destaca-se um interessante coreto, e também a estátua do médico Eugénio Dias, que no século XX deu nome à praça.

Mapa da vila do Sobral  (aqui)

NOTAS:
As coordenadas têm um Erro de Posição Estimado (EPE) de 2 metros, isto com um GARMIN acabadinho de cair da chaminé! :D
A cache é para ser recolocada exactamente na posição em que foi encontrada, por favor.


Sobral and the Lines of Torres
During the Peninsular War, Sobral was on the Lines of Torres Vedras, a line of forts planned by the Duke of Wellington to protect Lisbon. In October 1810, a French army led by André Massena approached the Lines, finding that the Portuguese had subjected the area in front of them to a scorched earth policy. After a skirmish at Sobral on October 14, the French found they could go no further. Charles Oman writes "On that misty October 14th morning, at Sobral, the Napoleonic tide attained its highest watermark."

The Cache
The cache, which requires a very stealth geocacher behaviour, is in the central Pombaline square where the Church of Our Lady of Life (18th century) can be visited.

NOTES:
The coordinates have an Estimated Position Error (EPE) of 2 meters.
Please hide the cache exactly in the same position as you found it.

== // ==

Acerca do "bonito" nome da cache:
O nome desta cache vem mesmo a calhar com o tema e com os contentores que costumamos usar nesta bela actividade, mas a frase surgiu já há muitos anos no seio de um grupo de amigos, mais propriamente da  mente sempre mirabolosa do Iceman (RIP), aquando da necessidade de criar um nome para a banda de rock (salvo seja) que criámos na altura - "A Última Tupperware de Napoleão" ganhou perante as outras ideias do mesmo autor: "Ejaculações precoces das baleias fora do rio tejo" e "Peido Mestre", esta última vigorando ainda durante alguns dos ensaios... onde havia sempre lugar a ensaiar o tema da Igreja, do mesmo autor ainda, que dizia assim, e até vem a calhar, dado o local da cache conter também uma destas Igrejas:

A igreja estava toda iluminada
A prenha lá sentada
E a escumalha toda a ver...
(logo seguido de um grande riff de guitarra electrica, com muita distorção, obviamente)

LINHAS DE TORRES / LINES OF TORRES

O projecto das caches dedicadas às Linhas de Torres compreende um total actual de 10 caches distribuidas por alguns dos locais mais emblemáticos desta estrutura defensiva, que compreendeu mais de 150 fortes e redutos, considerada pelos especialistas como um dos mais eficientes sistemas de fortificação de campo da História.

Cada uma das caches abarca uma diferente temática relacionadas com este episódio da defesa de Lisboa por parte das tropas portuguesas e inglesas, face à terceira invasão do exército francês, entre 1809 e 1810.

Ao encontrar cada uma das 10 caches, o visitante receberá do seu dono 1/10 de uma cronologia com os principais acontecimentos da Guerra Penínsular, em Portugal.

==//==

The Torres Fortified Line consists of a series of 10 caches set amongst the most emblematic spots along this defensive structure, which saw the construction of 150 forts and was considered by military specialists as the most efficient system of field fortification.

Each cache deals with a different theme related with the episode of keeping Lisbon from the hands of the French between 1809 and 1810 by Portuguese and English troops.

On finding each of the caches, the visitor will receive from the cache owner a 1/10 of a excerpt with the main events in the Peninsular War in Portugal.

Cache:
Dono/Owner:
Linhas de Torres e as Comunicações [Ponte do Rol] almeidara
A Última Tupperware de Napoleão [S.M.Agraço] (Esta/this one) vsergios
Quartéis Generais - Linhas de Torres [S.M.Agraço] vsergios
Forte de Enxara do Bispo - Linhas de Torres GeoDuplaP&F




This page was not generated by GeoPT Listing Generator, but it could have been

Additional Hints (Decrypt)

Vf vg uneq ebpx be urnil zrgny?

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)

 

Find...

396 Logged Visits

Found it 327     Didn't find it 13     Write note 18     Archive 1     Unarchive 1     Temporarily Disable Listing 11     Enable Listing 11     Publish Listing 1     Needs Maintenance 3     Owner Maintenance 8     Post Reviewer Note 2     

View Logbook | View the Image Gallery of 76 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 3/18/2017 5:12:58 AM Pacific Daylight Time (12:12 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum