Skip to Content

<

Anta do Pinheiro dos Abraços

A cache by Team Fafnir Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 3/19/2008
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


A Anta do Pinheiro dos Abraços, a 3 Km da cidade de Oliveira do Hospital, assegura-nos que a região era já habitada na pré-história, entre 5.000 e 2.000 A.C.

Esta anta do Neolítico foi descoberta em 1966. Com pelo menos 2 períodos de escavações, fazem parte do espólio encontrado: pontas de setas, facas de silex, machados de pedra polida e fragmentos de cerâmica.

Este monumento também conhecido por Anta da Bobadela, conserva ainda a mamoa em razoável estado de conservação, apesar dos pinheiros existentes até há pouco tempo nas imediações, terem danificado as suas estruturas internas.

Na câmara, conservam-se apenas 5 dos 8 esteios que eram observáveis nos inícios da década de 80. Actualmente encontra-se classificada como Imóvel de Interesse Público, por decreto de 01-06-1992.

O nome da localidade provém da existência, há já largos anos, de um pinheiro tão grande que eram necessários 7 homens para o abraçar, daí o nome de Pinheiro dos Abraços. Hoje não existem vestígios desse pinheiro no local.

O local pertence à freguesia da Bobadela, conhecida por volta dos séculos I a IV D.C. pelos romanos como “A Splendidissimae Civitai”.

 

Muito próximo da Anta encontramos uma rotunda com um monumento recente, da autoria de Luís Queimadela, o qual, numa alegoria ao Pinheiro dos Abraços e às 21 freguesias do Concelho de Oliveira do Hospital, se desenvolve em dois patamares semicirculares:

- Um onde existem as simbologias das 21 freguesias, numa espécie de Teatro Romano, que rodeando o Pinheiro dos Abraços, tentam com os seus usos e costumes, catapultar o valor do concelho;

- Outro que representa o plano temporal, onde se colocam a dita árvore e dois arcos, símbolo evolutivo de duas significações, uma os dois milénios e a outra duas portas iguais que tentam representar a entrada e a saída dos valores, porque se os romanos por ali não tivessem passado, isto é, entrado e saído, nada disto teria acontecido.

 

A Cache:

A cache encontra-se fora da Anta para não colocar em causa a conservação do monumento, não sendo necessário remover nenhuma pedra.




Additional Hints (Decrypt)

[PT] Cbqrz noeve dhr aãb zbyun
[EN] Lbh pna bcra gung vg qbrfa'g jrg

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

472 Logged Visits

Found it 443     Didn't find it 3     Write note 3     Temporarily Disable Listing 2     Enable Listing 2     Publish Listing 1     Needs Maintenance 10     Owner Maintenance 4     Update Coordinates 3     Post Reviewer Note 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 78 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.