Skip to content

Herdade do Freixo do Meio - Zambujeiro Milenar Multi-cache

This cache has been archived.

btreviewer: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

btreviewer
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer
Work with the reviewer, not against him

More
Hidden : 04/20/2008
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   not chosen (not chosen)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Related Web Page

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Herdade do Freixo do Meio

Zambujeiro Milenar

A CACHE NÃO SE ENCONTRA NAS COORDENADAS PUBLICADAS, mas sim um Zambujeiro Milenar. Neste monumento natural estão as pistas para a localização da cache final.

 

 

O Zambujeiro ou oliveira brava (Olea europaea var. sylvestris) pertence à família das oleaceas. Esta espécie silvestre difere da oliveira cultivada sobretudo pelos ramos inferiores e as folhas e frutas de menores dimensões.


É uma espécie oriunda do Mediterrâneo, espontânea em Portugal. Apresenta uma copa arredondada e densa, no entanto pode manter-se no estado arbustivo e formar  matagais. Tem grande longevidade e apresenta um crescimento lento, podendo atingir os 10 metros de altura. O tronco é curto, irregular, grosso e tende a retorcer-se à medida que envelhece. As folhas verdes-acinzentadas-escuras são brilhantes na página  superior e cinzentas esbranquiçadas, na página inferior. As flores brancas, em cachos, surgem entre Abril e Junho e os seus pequenos frutos atraem as aves e outros animais no Outono.


O Zambujeiro cresce em qualquer  tipo de solo, é uma planta termófila, ou seja, tem a capacidade de resistir à seca e ao calor.

 

Sabia que:

 

O Zambujeiro que aqui se encontra é milenar, não se conhecendo ao certo a sua idade. Esta árvore ou arbusto é usada muitas vezes como porta enxerto sobretudo nos olivais antigos e, também como corta-vento. A sua madeira é das mais duras e compactas. A  lenha é um óptimo combustível e dá um excelente carvão. O azeite que se produz a partir dos seus pequenos frutos é uma preciosidade e pode ser utilizado para fins culinários e medicinais.


Na antiguidade, os vencedores dos jogos olímpicos eram condecorados com ramos de Zambujeiro.

O monte que aqui se encontra deve muito provavelmente a sua designação a esta árvore, o Monte do Zambujeiro. Este data do início do século, como a maioria dos montes que se podem encontrar na herdade.

Neste monte nasceram e viveram alguns dos actuais trabalhadores da Herdade do Freixo do Meio.

Aqui perto podem-se ver os restos de uma antiga horta, com uma nascente de água e uma série de árvores já antigas como amendoeiras, laranjeiras de diversas variedades, uma alfarrobeira, loureiro e outras espécies que pertenciam à horta e continuam a vingar agora em estado semi-selvagem.

Ao longo da herdade esta situação repete-se com o monte de habitação abandonado, a antiga horta e a fonte que lhe fornecia a água de rega.

Será que consegue encontrar a antiga fonte do monte do zambujeiro?

[A cache]

A cache encontra-se em:

N 38º (A-1)1.31(A+1)'

W 008º 1(B).(B)41'

 

Em que,

A = nº de curiosidades e

B = número de versos do poema de Sebastião da Gama

 

Boa sorte

 

Additional Hints (Decrypt)

Inv hz tbzvaub?

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)