Skip to content

Castro de S Mamede Traditional Cache

This cache has been archived.

Sagitario: Caro revisor

Com ajudas destas não contava eu...

Eu uso as mensagens privadas quando quero exclarecer qq assunto. Talvêz esteja na hora de passar à "cladestinidade"

Arquiva!

More
Hidden : 05/01/2008
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
3.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:





Castro de S Mamede – Vila Cova - Barcelos

2ª Geocache da Equipa Sagitários

Situa-se em  N 41 33.831 – W 8 41.047  na freguesia de Vila Cova, na vertente Oeste no monte do mesmo nome, este castro da Idade do Ferro só recentemente foi Limpo, estando agora “bem tratado”. É composto por duas “casas”, sendo visíveis as paredes dispostas em círculo com um diâmetro aproximado de 5 metros e parte da muralha.

Deste castro, já se fala desde tempos imemoriais e está descrito no livro “O Concelho de Barcelos, Aquém e Além – Cávado I Vol.” (1987) de Teotónio da Fonseca na descrição que faz à história da Freguesia de Vila Cova, mas só desde Agosto de 1998 é que se sabe da sua exacta localização, muito devido a um incêndio que consumiu este monte deixando a nu as pedras dos alicerces das casas e de parte da muralha.

"Este castro é da época das movimentações dos povos da área indo-europeia da meseta, nomeadamente Turcos e Celtas, que por volta dos Séculos V e IV antes de Cristo provocaram alguma instabilidade na zona de entre Douro e Minho.

Após a conquista Romana os “Lusitanos” residentes a norte do rio Douro passaram a chamar-se Calaicos. Nesta região os povoados dispersos dos povos Calaicos são a sua imagem de marca, aos quais correspondem os Castros como este.

Foi ao longo do período compreendido entre os séculos V e II a.C. e devido às transformações verificadas nas comunidades da zona Litoral Norte que leva ao aparecimento da cultura castreja do Noroeste

O Habitat castrejo, por excelência, situa-se em plataformas elevadas, com bom domínio da paisagem circundante e apresenta-se defendida por muralhas de pedra."

Bibliografia:
“O Concelho de Barcelos, Aquém e Alem – Cávado I Vol.” de Teotónio Da Fonseca
Jornal de Noticias, Domingo, 7 de Novembro de 1999, pag. 38


Sempre que existiam vestígios de populações antigas os cristãos “santificavam” estes lugares, para tal edificavam ermidas que dedicavam a um orago ou santo, em  N 41 33.888 - W 8 40.954 estão as ruínas da Capela ali erigida em honra de S Mamede

.

Conta a “Sabedoria Popular” que, no final do século XIX inícios do século XX, “escondido foi levado num carro de mato para a igreja de Arcozelo” a imagem deste Santo


Mesmo no alto dos seus 415m (2º maior Monte do concelho de Barcelos) temos umas vistas arrebatadoras, daqui são 360 graus de visibilidade.

De Braga a Esposende, de Viana do Castelo até à Povoa de Varzim, Barcelos e Famalicão, Monte de S Félix, Serra d’Arga, Sra. do Minho, Parque Nacional da Peneda Gerêz e Serra da Cabreira são as muitas possibilidades de arregalarmos os olhos.



Nota
: Este monte foi nova e totalmente consumido pelo fogo em 2006, recomendo os necessários cuidados nas caminhadas e descobertas feitas pelas redondezas

Não deixem também de calcorrear a zona e descobrir o penedo daGuaritaem  N 4 1 33.841 – W 8 41.009 que, como o nome indica, é um penedo onde cabem meia dúzia de Geocacher’s e o penedo doSino em N 41 33.821 – W 8 41.032 , penedo que foi esburacado, diz-se, por mãos "não" humanas

   


Acessos

Os acessos a este monte são difíceis sendo o acesso a Nordeste o mais difícil e é completamente interdito a veículos ligeiros com tracção a duas rodas, por aqui só mesmo a pé, de BTT ou de TT,
O acesso a Oeste permite que ligeiros subam até bem perto, mas temos que ser expert’s na condução, é que o estradão é de inclinação acentuada e com alguma pedra solta e regos à mistura.

Acesso Nordeste:
Dista: 1.5Km
Em N 41 34,092 – W 8 40.860 sair da EN 103 para Oeste, entrar em terra, virar à
direita e seguir Pista Principal (PP)

Acesso Oeste:
Dista: 2,8Km

Em N 41 34.248 – W 8 41.187 sair da EN 103 para Poente/Sul, em asfalto e 1,4Km depois em N 41 33. 715 – W 8 41.749 sair à esquerda para terra batida e subir PP.


A Cache: é um tuperwere normalissimo com os adereços do costume.

Ora agora é só meter mãos ao caminho e subir o Monte de S Mamede, peço também para colocarem a única pedra que esconde a cache na exacte posiçõa em que se encontra.

Divertam-se

Os Sagitários:  Graça Faria e Jorge Ferreira

Additional Hints (Decrypt)

Inv svpne rfgervgb r é zryube onvknerz-fr

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)