Skip to Content

This cache has been archived.

geopate: Arquivada.

More
<

Lagaretas | Palvarinho

A cache by geopate Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 05/29/2008
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


A Cache situa-se nas imediações do Palvarinho, próximo da Capela de S. Lourenço, a cerca de 12 km de Castelo Branco. As coordenadas publicadas são as da localização da Capela, e de mais duas Lagaretas, caso queira ver outros exemplares. Recomenda-se que para visitar estas últimas, tenha especial cuidado com alguns cães de guarda, soltos, junto às propriedades.

Parking
Capela de S. Lourenço
N 39º51.925 W 007º33.789
Cache
---------
??????????? ???????????
Passeio
Lagareta
N 39º52.260 W 007º33.584
Passeio
Lagareta
N 39º52.263 W 007º33.552

Nas imediações da Capela de S. Lourenço, pertencente à freguesia de Salgueiro do Campo, foram identificadas pela arqueóloga da Câmara Municipal de Castelo Branco, Sílvia Moreira, cerca de 20 lagaretas, ou seja, monumentos arqueológicos, escavados na rocha, utilizados no fabrico do vinho, a que a tradição popular chama pias ou lagariças dos mouros.

As lagaretas encontram-se espalhadas por todo o país, particularmente em Trás-os-Montes, Beiras e nalgumas zonas de Espanha. Não se sabe se essa incidência corresponde a uma maior intensidade de cultivo da vinha ou apenas, a uma maior abundância do granito, uma rocha muito mais resistente à erosão do que as rochas dominantes no sul do país, como o calcário e o xisto. Segundo o historiador António Roxo, no séc. XIX, a freguesia de Salgueiro do Campo possuía cerca de 203 hectares de vinhedos, seguindo-se a freguesia de Castelo Branco com 162 hectares e Tinalhas com 120 hectares, o que demonstra que a região de Palvarinho terá tido grande importância na produção vinícola.

As lagaretas podem apresentar várias dimensões, sugerindo uma certa evolução tecnológica ao longo dos séculos. A sua tipologia assenta em três partes essenciais: o piso, o pio e o prato. O piso é uma cavidade de forma trapezoidal, em regra com 2 ou 3 metros de comprimento, 40 a 50 cm de largura e 30 cm de profundidade, com uma ligeira inclinação no sentido do pio, com o qual comunica através de um orifício com cerca de 5 cm de diâmetro ou por um sulco com as mesmas dimensões. O pio é, em regra, mais pequeno e profundo e de forma poligonal ou circular. Disposto ao lado do piso encontra-se o prato, de superfície plana, de forma circular, com cerca de 1 metro de diâmetro que comunica com o pio através de vários sulcos abertos na rocha. O modo de funcionamento das lagaretas não deixa quaisquer dúvidas. No piso seriam deitadas e de seguida esmagadas as uvas com os pés. Devido à sua inclinação o mosto escorria facilmente para o pio onde era recolhido em cântaros de barro, sendo depois transportados para vasilhas maiores, onde ocorreria a fermentação. O prato serviria de base a um sistema de prensagem rudimentar, onde seriam prensados os bagaços provenientes do piso.

Quanto à cronologia das lagaretas do Palvarinho remontam ao século XI/XII uma vez que apresentam características tipológicas mais sofisticadas como cavidades para fixação de estruturas de madeira e vários pratos. Outro dos elementos que nos conduzem a esta conclusão é a data de 1182 referente à Capela de S. Lourenço. Deste modo, a origem destas lagaretas coincide com a fundação da Capela de S. Lourenço, evidenciando um forte complemento cultural, social e religioso através do seu uso comunitário.

Lagareta

Agradecimentos a Rita Pereira e Arqueóloga Sílvia Moreira pela disponibilidade e amabilidade nas explicações, para a execução desta Cache. Texto.

Additional Hints (No hints available.)



 

Find...

130 Logged Visits

Found it 119     Didn't find it 3     Write note 5     Archive 1     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 48 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.