Skip to content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=307#maint :

[quote]
You are responsible for occasional visits to your cache to maintain proper working order, especially when someone reports a problem with the cache (missing, damaged, wet, etc.). You may temporarily disable your cache to let others know not to search for it until you have a chance to fix the problem. This feature is to allow you a reasonable amount of time – normally a few weeks – in which to check on your cache. If a cache is not being maintained, or has been temporarily disabled for an unreasonable length of time, we may archive the listing.

Because of the effort required to maintain a geocache, we ask that you place physical caches in your usual caching area and not while on a vacation or business trip. It is best when you live within a manageable distance from the cache placements to allow for return visits. Geocaches placed during travel may not be published unless you are able to demonstrate an acceptable maintenance plan, which must allow for a quick response to reported problems. An acceptable maintenance plan might include the username of a local geocacher who will handle maintenance issues in your absence.[/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

More
<

Lusitani: Grande Porto

A cache by Insano Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/13/2008
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

O CÓDIGO ESTÁ ESCRITO NO LOGBOOK!

Aviso: Parque encerra às 18 hrs.
Warning: Park closes at 18 hrs.


Lusitani
O Grande Porto é uma metrópole multimunicipal portuguesa, constituída em subregião estatística (NUTS III), parte da Região Norte. Ocupa uma área total de 817 km² e tem 1.572.176 habitantes.O Grande Porto corresponde, aproximadamente, à cidade-metrópole que se foi desenvolvendo em redor da cidade do Porto que, com os seus exíguos 41,5 km² de área concelhia, não pôde (nem pode) comportar. É uma cidade alargada, espaço de cidadãos que partilham e usam um extenso território para residir, trabalhar ou estudar e que construíram um forte sentido de identidade.O Grande Porto não é inteiramente coincidente com a Área Metropolitana do Porto que é mais abrangente, incluindo também os municípios de Arouca, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, São João da Madeira e Trofa, estando prevista ainda a adesão de Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra.
Geografia
O Grande Porto ocupa uma área total de 817 km², tem 1.572.176 habitantes (INE, 2006) e é constituído por nove concelhos:
Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia.
Todas as localidades acima mencionadas possuem a categoria de cidade e sede de municipio[concelho].Outras cidades do Grande Porto: Ermesinde, Rio Tinto, São Mamede de Infesta e Valbom.

Lenda dos Tripeiros
No ano de 1415, construíam-se nas margens do Douro as naus e os barcos que haveriam de levar os portugueses, nesse ano, à conquista de Ceuta e, mais tarde, à epopeia dos Descobrimentos. A razão deste empreendimento era secreta e nos estaleiros os boatos eram muitos e variados: uns diziam que as embarcações eram destinadas a transportar a Infanta D. Helena a Inglaterra, onde se casaria; outros diziam que era para levar El-Rei D. João I a Jerusalém para visitar o Santo Sepulcro. Mas havia ainda quem afirmasse a pés juntos que a armada se destinava a conduzir os Infantes D. Pedro e D. Henrique a Nápoles para ali se casarem...
Foi então que o Infante D. Henrique apareceu inesperadamente no Porto para ver o andamento dos trabalhos e, embora satisfeito com o esforço despendido, achou que se poderia fazer ainda mais. E o Infante confidenciou ao mestre Vaz, o fiel encarregado da construção, as verdadeiras e secretas razões que estavam na sua origem: a conquista de Ceuta. Pediu ao mestre e aos seus homens mais empenho e sacrifícios, ao que mestre Vaz lhe assegurou que fariam para o infante o mesmo que tinham feito cerca de trinta anos atrás aquando da guerra com Castela: dariam toda a carne da cidade e comeriam apenas as tripas. Este sacrifício tinha-lhes valido mesmo a alcunha de "tripeiros". Comovido, o infante D. Henrique disse-lhe então que esse nome de "tripeiros" era uma verdadeira honra para o povo do Porto. A História de Portugal registou mais este sacrifício invulgar dos heróicos "tripeiros" que contribuiu para que a grande frota do Infante D. Henrique, com sete galés e vinte naus, partisse a caminho da conquista de Ceuta.


Tripeiros Tale
The dish most often associated with the region is tripas à moda do Porto, or tripe Porto-style. It's so woven into the fabric of the city's history that residents of Porto are called tripeiros, or tripe eaters. According to legend, when Henry the Navigator sailed to points south in the 1400s, his supporters gave all their choice meats to feed his sailors, leaving nothing but tripe for themselves. True or not, the story points up the insatiable Portuguese appetite for the dish, a slowly simmered casserole of tripe, pigs' feet, chicken, smoky sausages, white beans, and a good dose of warm spices including cumin, curry, and clove.

Virtudes


The Spot

O Parque Municipal das Virtudes foi desenhado por José Marques Loureiro (1830-1898), um famoso horticultor, no estreito vale do Rio Frio, que descia até à praia de Miragaia. Loureiro transformou a Quinta das Virtudes num centro de produção de plantas. A residência havia sido construída no século XVIII e os jardins desciam então em socalcos até ao bairro de Miragaia. As estufas que instalou no jardim, onde aclimatou plantas exóticas, sobretudo grandes flores, chamaram na época a admiração de todos, e as suas exposições consagraram a reputação do parque.
Após ter sido comprado pela Câmara Municipal do Porto este Jardim foi restaurado em 1998: foram arrelvados os socalcos, ligados por uma escadaria; as árvores e arbustos, alguns seculares, foram conservados, e algumas camélias foram plantadas. Do jardim primitivo subsistem bancos e varandins, em betão, imitando troncos de árvores, assim como vestígios do carapinhado que revestia muros e pequenos “rochedos”, também em betão, para crescimento das plantas. Um Ginko do século XVIII merece especial destaque. Destacam-se ainda as deslumbrantes vistas que proporciona sobre o Rio Douro e o Porto ribeirinho.


The City Park of  Virtudes was designed by José Marques Loureiro in  the XIX Century.  In 1998 was restaured by the City Hall, being a paraside in the heart of the city.

The Cache
Inside the cache, besides the usual objects, you'll find a special sheet with a number. Please note this number and the cache name. Keeping together all 30 partial caches codes, you'll get the way to find the coordinates of the final Lusitani cache, which is hidden somewhere in Portugal.
Good luck!

A cache é uma vulgar caixa de plástico com os objectos habituais. Por favor deixe-a exactamente onde e como a encontrou.
Dentro da cache, além dos objectos habituais, vai encontrar uma folha especial com um número. Por favor anote este número e o nome da cache. Juntando todos os códigos das 30 caches parciais, conseguirá obter as coordenadas da localização da cache final Lusitani, que está escondida algures em Portugal.

lusitani

Para dúvidas ou esclarecimentos relativos ao projecto global das caches Lusitani, pode contactar os responsáveis pelo projecto: GeoDuplaP&F.

Additional Hints (Decrypt)

Qvsrerag jbeyq
Zhaqb à cnegr
(graunz ngraçãb cnen aãb frerz ivfgbf!)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.