Skip to content

<

Homem Romano [Gerês]

A cache by almeidara Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/23/2008
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O HOMEM ROMANO

Tal como a sociedade grega,  sua antecessora e modelo, a sociedade romana, foi desde o seu inicio esclavagista, isto é, tinha como base os escravos. Para além desta mão de obra, os cidadãos livres dividiam-se em patrícios e plebeus. Os patrícios eram os descendentes das famílias dos antigos chefes tribais. No início da República, eles constituíam a classe dirigente. Já os plebeus não tinham linhagem aristocrática e não possuíam direitos políticos. No século III a.C., após as guerras, surgiram novas camadas sociais: cavaleiros ou homens novos (plebeus enriquecidos no comércio) e clientes (dependentes dos patrícios). A partir daí, a organização social já não se estabelecia em função do nascimento, mas sim da riqueza.

De uma forma resumida, o Imperador está no topo da sociedade, seguido de imediato pelos Senadores, um grupo restrito (cerca de 600 membros) de pessoas com possuiam mais de 1milhão de sestércios. Os Senadores desempenhavam importantes cargos na administração estatal e detinham grandes propriedades rurais - latifúndios. A Ordem Equestre era constituída por cidadãos que se dedicavam a actividades como a administração do Império e o comércio. Para ingressar nesta ordem bastava o êxito pessoal e possuir uma fortuna superior a 400 mil sestércios. Geralmente era deste grupo de ricos comerciantes que saíam os cavaleiros, homens que o Imperador nomeava para seus colaboradores directos. A Plebe constituída por cidadãos que se dedicavam à mais variadas actividades, desde rendeiros a pequenos proprietários, artesãos, comerciantes e empreiteiros. A subsistência da plebe era também assegurada pelo sistema de clientela, através da qual estes indivíduos ficavam na dependência das famílias mais ricas. Ainda abaixo destes, existiam os Libertos, indivíduos que tinham chegado a Roma na condição de escravos e que, por testamento ou através da compra da sua liberdade, conseguiam alcançar o estatuto de libertos. Os libertos dedicavam-se a actividades comerciais e agrícolas, eram pequenos rendeiro e exerciam profissões nas áreas do ensino, medicina e administração. Por fim e como já foi dito, os Escravos eram homens provenientes das conquistas romanas e que, apesar de constituírem o grupo mais numeroso, não tinham quaisquer direitos. Considerados como animais ou objectos, exerciam as tarefas mais pesadas.

 


Esta cache é um pequeno tributo ao Sabor Romano. Ela está colocada junto à grande rota (GR) Casarotas, que são vestigios arqueológicos com objectivo desconhecido. Seriam abrigos, templos pré-históricos, marcos de caminho? Infelizmente esta Grande Rota, apesar do nome, não passa por nenhuma casarota, mas interseta outra Pequena Rota (PR) que passa por eles, em plena serra Amarela. 

Junto à cache existe a ponte romana de Quintão. Esta ponte conserva um tabuleiro em cavalete sobre o arco de volta redonda. As aduelas são estreitas e algo compridas formando extradorso regular. O pavimento é de calçada e as guardas em silhares de granito. (fonte: DGEMN).

 

PERFIL DA GRANDE ROTA

clique para ampliar

 

TRAÇADO DA GRANDE ROTA

clique para ampliar

 

Additional Hints (Decrypt)

ergver ncranf hzn crqen

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)