Skip to content

<

Aldeias de Portugal II - Cabroelo

A cache by acvs Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 10/31/2008
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

ALDEIAS DE PORTUGAL II

Aldeia de Cabroelo - (Capela)


Esta cache foi criada com o intuito de dar a conhecer um pouco mais sobre as aldeias de Portugal, e o que nos podem proporcionar, neste caso a Aldeia Rural Preservada de Cabroelo.

 

A aldeia de Cabroelo, na freguesia da Capela, Concelho de Penafiel inserida no meio natural e paisagístico privilegiado da Serra da Boneca e do vale do Rio Mau, beneficia da situação geográfica em que se encontra, dada a proximidade do Porto e os fáceis acessos a partir da estrada marginal do Douro. Entre as medidas implementadas, destaque para a construção, beneficiação e recuperação de infra-estruturas colectivas, como é o caso dos fontanários públicos, e criação de zonas de lazer e espaços verdes. Em recuperação está também o património rural de interesse colectivo, como moinhos, azenhas, entre outros e as fachadas de edifícios de traça tradicional. Na aldeia de Cabroelo, as construções utilizam essencialmente o granito.

 

Fonte: Revista Municipal Julho 2006 Numero 08

 

Capela - Penafiel

 

 

A freguesia serrana de Capela é uma das maiores do concelho. Encontra-se na parte sudoeste do município, no limite com Paredes (freguesias de Recarei e Aguiar de Sousa), entre as serras de Mosinho e de Lousada, na bacia do rio Sousa. Nasce nesta freguesia o ribeiro de Entre Águas, que vai desaguar na margem direita do rio Douro. Para além de confinar a ocidente com o concelho de Paredes, é delimitada pelas freguesias suas congéneres de Lagares e Figueira, a norte; Sebolido e Canelas, a sul; e Portela e Eja a este.

Os vestígios arqueológicos abundam na área da freguesia. No sítio de Plaina do Loureiro, foi encontrada uma série de monumentos megalíticos, como nove mamoas. Todas elas pertencem a um complexo funerário do período Neo-Calcolítico. Foi recolhido também algum espólio, como cerâmica e moedas.

O importante conjunto megalítico de Plaina do Loureiro, a julgar pelos indícios encontrados em sucessivas escavações, devia ter grandes dimensões. Estendia-se também pelo actual território das freguesias de Figueiras e de Lagares, onde também foram encontrados vestígios de mamoas.

Grande parte da história de Capela está ligada à paróquia de S. Martinho de Lagares, à qual esteve anexa durante muitos anos. Em 1758, segundo as «Memórias Paroquiais», tinha cem fogos e cerca de trezentos e cinquenta moradores. Era então constituída pelos lugares de S. Gião, Monte Zelo, Oliveira, Aidermo, Monte Grande, Vila Meã, Capela, Tilheiro e Cabroeiro. Este era o lugar mais povoado (quarenta e seis fogos), Vila Meã o mais deserto (apenas três).

Da história da freguesia, ressalta um episódio ocorrido em 16 de Dezembro de 1740, dia em que a Igreja Matriz foi arrombada e dela levaram um cálice em prata. Julgados, os criminosos foram condenados à morte. Primeiro, foram garroteados e depois queimados, na cidade do Porto.

Relativamente ao património edificado, uma primeira palavra para a Igreja Matriz de S. Tiago. De pequenas dimensões, é toda em pedra. A fachada termina em empena e tem torre sineira adossada ao lado esquerdo. Esta termina em coruchéu.

A pequena Capela de S. Julião situa-se numa encruzilhada de caminhos. Um pequeno templo, com frontaria a terminar em empena e pequeno campanário do lado esquerdo.

Existem ainda alguns moinhos em funcionamento, que fazem parte do património etnológico local.

Com interesse paisagístico, temos o Alto da Pendurinha e o Alto da Bandurinha, conhecido também como Pena Branca.

A ordenação heráldica da freguesia, publicada em 1 de Março de 1999, é a seguinte: «Armas - Escudo de verde, uma capela (edifício religioso) de prata, lavrada de negro, aberta e iluminada de azul; em chefe, duas espigas de milho de ouro. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco com a legenda de negro, em maiúsculas : “CAPELA – PENAFIEL”.»

 

A cache

 

De tamanho regular, envolta em um saco plástico preto;

P.F tentem recolocar a cache da mesma forma como a encontraram.
Tirem fotos da Aldeia.

 

OBRIGADO pela vossa visita. Divirtam-se.

 

Additional Hints (Decrypt)

Znfgeb nb nygb

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)