Skip to Content

This cache has been archived.

hulkman: Desapareceu. Está na altura de dar lugar a outras caches.

Obrigado a todos pelas visitas.

More
<

TuTiTuTu??? [Lisboa]

A cache by Team Hulkman Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/23/2008
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

PORTUGUÊS


O código morse é um sistema de representação de letras, números e sinais de pontuação através de um sinal codificado enviado intermitentemente. Foi desenvolvido por Samuel Morse e Alfred Vail em 1835, criadores do telégrafo elétrico (importante meio de comunicação a distância), dispositivo que utiliza correntes elétricas para controlar eletroímãs que funcionam para emissão ou recepção de sinais. 

Uma mensagem codificada em Morse pode ser transmitida de várias maneiras em pulsos (ou tons) curtos e longos: 

  • pulsos elétricos transmitidos em um cabo;
  • ondas mecânicas (perturbações sonoras);
  • sinais visuais (luzes acendendo e apagando);
  • ondas eletromagnéticas (sinais de rádio);

Este sistema representa letras, números e sinais de pontuação apenas com uma seqüência de pontos, traços, e espaços. 

Portanto, com o desenvolvimento de tecnologias de comunicação mais avançadas, o uso do código morse é agora um pouco obsoleto, embora ainda seja empregado em algumas finalidades específicas, incluindo rádio faróis, e por CW (continous wave-ondas contínuas), operadores de radioamadorismo. Código morse é o único modo de modulação feito para ser facilmente compreendido por humanos sem ajuda de um computador, tornando-o apropriado para mandar dados digitais em canais de voz. 

Código morse pode ser transmitido de muitas maneiras: originalmente como pulso elétrico através de uma rede telegráfica, mas também como tom de áudio, como um sinal de rádio com pulsos ou tons curtos e longos, ou como sinal mecânico ou visual (ex: sinal de luz) usando ferramentas como lâmpadas de Aldis e heliógrafos. Porque o código morse é transmitido usando apenas dois estados — ligado e desligado — é uma estranha forma de código digital. O código morse internacional é composto de seis elementos: 

    1. Sinal curto, ponto ou 'dit' (·) 
    2. Sinal longo, traço ou 'dah' (-) 
    3. Intervalo entre caracteres (entre pontos e traços) 
    4. Intervalo curto (entre letras) 
    5. Intervalo médio (entre palavras) 
    6. Intervalo longo (entre sentenças) 

Portanto, o comprimento variável de caracteres do código morse dificulta a adaptação à comunicação automatizada, então foi amplamente substituída por mais formatos regulares, incluindo o Código Baudot e ASCII. 

O que se é chamado hoje de código morse difere em parte do que foi originalmente desenvolvido por Morse e seu assistente, Alfred Vail. Em 1948 uma distinção das seqüências do código, incluindo mudanças a onze das letras, foi feita na Alemanha e eventualmente adotada como o padrão mundial como Morse Internacional. A especificação original do código de Morse, muito limitada para o uso nos Estados Unidos, tornou-se conhecida como Railroad ou Código morse Americano, e atualmente é muito raro o seu uso. 

Nos meados dos anos de 1830, Samuel Morse e Alfred Vail desenvolveram o telégrafo elétrico, que usa correntes elétricas para controlar um eletroímã localizado no fim da recepção do linha transmissora. Os limites tecnológicos da época tornaram impossível marcar caracteres individuais de uma forma compreensível. Então os inventores tiveram que inventar um método alternativo de comunicação. No início de 1937, William Crooke e Charles Wheatstone operaram telégrafos elétricos na Inglaterra que também controlaram os eletroímãs nos receptores. Porém, os seus ponteiros de agulha dos sistemas giravam no sentido de indicar os caracteres sendo enviados. Em contraste, o sistema de telégrafo inicial de Morse e Vail, o qual entrou na primeira operação em 1844, marcou uma fita magnética de papel — quando a corrente elétrica era transmitida, o eletroímã do receptor girava a armação, de modo que começou a arranhar uma fita magnética móvel, e quando a corrente foi removida, o receptor retratou a armação, de forma que uma porção da fita permaneceu sem marca. 

O código morse foi desenvolvido de modo que os operadores pudessem traduzir as identificações marcadas na fita de papel em mensagens de texto. Inicialmente, Morse planejou transmitir somente números, e usar um dicionário para procurar cada palavra de acordo com o número que foi enviado. Porém, o código foi expandido para incluir letras e caracteres especiais, podendo assim ser usado para mensagens mais completas. As marcas curtas foram chamadas de "pontos", e as longas de "traços", e as letras mais comuns usadas na língua inglesa foram nomeadas nas menores sequências.

 


Para "ver" as coordenadas da cache vá aqui


Podem verificar se o resultado está correcto aqui: Geochecker.com.




ENGLISH


Morse code' is a type of character encoding that transmits telegraphic information using rhythm. Morse code uses a standardized sequences of short and long elements to represent the letters, numerals, punctuation and special characters of a given message. The short and long elements can be formed by sounds, marks, or pulses, in on off keying and are commonly known as "dots" and "dashes" or "dits" and "dahs". The speed of telecommunication transmission is often measured in baud. However, in the case of Morse code, it is measured as WPM speed. 

Originally created for Samuel Finley Breese Morse's electric telegraph in the early 1840s, Morse code was also extensively used for early radio communication beginning in the 1890s. For the first half of the twentieth century, the majority of high-speed international communication was conducted in Morse code, using telegraph lines, undersea cables, and radio circuits. However, the variable length of the Morse characters made it hard to adapt to automated circuits, so for most electronic communication it has been replaced by machine readable formats, such as Baudot code and ASCII. 

The most popular current use of Morse code is by amateur radio operators, although it is no longer a requirement for amateur licensing in many countries. In the professional field, pilots and air traffic controllers are usually familiar with Morse code and require a basic understanding. Navigational aids in the field of aviation, such as VORs and NDBs, constantly transmit their identity in Morse code. Morse code is designed to be read by humans without a decoding device, making it useful for sending automated digital data in voice channels. For emergency signaling, Morse code can be sent by way of improvised sources that can be easily "keyed" on and off, making Morse code extremely versatile. 

Beginning in 1836, Samuel F. B. Morse and Alfred Vail developed an electric telegraph, which sent pulses of electrical current to control an electromagnet that was located at the receiving end of the telegraph wire. The technology available at the time made it impossible to print characters in a readable form, so the inventors had to devise an alternate means of communication. Beginning in 1837, William Cooke and Charles Wheatstone operated electric telegraphs in England, which also controlled electromagnets in the receivers; however, their systems used needle pointers that rotated to indicate the alphabetic characters being sent. 

In contrast, Morse's and Vail's initial telegraph, which first went into operation in 1844, made indentations on a paper tape when an electrical current was transmitted. Morse's original telegraph receiver used a mechanical clockwork to move a paper tape. When an electrical current was received, an electromagnet engaged an armature that pushed a stylus onto the moving paper tape, making an indentation on the tape. When the current was interrupted, the electromagnet retracted the stylus, and that portion of the moving tape remained unmarked. 

The Morse code was developed so that operators could translate the indentations marked on the paper tape into text messages. In his earliest code, Morse had planned to only transmit numerals, and use a dictionary to look up each word according to the number which had been sent. However, the code was soon expanded to include letters and special characters, so it could be used more generally. The shorter marks were called "dots", and the longer ones "dashes", and the letters most commonly used in the English language were assigned the shortest sequences.



To "see" the coordinates of the cache go here


You can check your answers for this puzzle on: Geochecker.com.

Additional Hints (Decrypt)

[PT]Anab! Byurz cnen pvzn r fhonz b qrtenh!
[ENG]Anab! Ybbx hc naq pyvzo gur fgrc!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

390 Logged Visits

Found it 320     Didn't find it 36     Write note 18     Archive 1     Temporarily Disable Listing 3     Enable Listing 2     Publish Listing 1     Needs Maintenance 7     Owner Maintenance 2     

View Logbook | View the Image Gallery of 40 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.