Skip to content

Sra das Neves [Caminha] Traditional Cache

This cache has been archived.

marioafonso: E assim chegou ao fim...

More
Hidden : 02/27/2009
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Sra das Neves


A capela da Senhora da Serra, ou Senhora das Neves é um dos santuários mais característicos do concelho de Caminha. Situa-se no cume da Serra por cima das Freguesia de Argela e Venade pelo lado poente e, pelo lado oposto, por cima da Freguesia de Gondar. Oferece a todos um panorama deslumbrante, pondo à vista o estuário do rio Coura com o rio Minho, ali no seu encontro junto à vila de Caminha. É digno de se observar as aldeias portuguesas e galegas numa e na outra margem do Minho.

Romaria da SENHORA DAS NEVES
(a SUA LENDA)

Há muito tempo, vivia nas fraldas da Serra D'Arga, no local onde hoje está a capela da Senhora da Serra, um pobre monge, metido na toca de um sobreiro velho, fazendo penitência e rezando pelos pecados do mundo. Toda a sua atenção ia para Deus, prometendo grandes privações ao corpo, na comida e na bebida. Vivia o santo do frade sozinho, tendo como única companhia uma pequena imagem de Nossa Senhora, que carregara consigo do convento de onde viera. Todos os dias o frade confidenciava com a Virgem os seus pensamentos e as suas orações. Havia-a colocado num altar improvisado dentro da cavidade onde morava, para melhor a homenagear e louvar, confiando na sua intercessão para conseguir a purificação total para si, e a salvação para os homens. Ora aconteceu que um dia, no maior pico do verão, no mês de Agosto, o frade sentiu uma sede terrível que lhe afogueava a garganta. Bem queria o pobre do frade aguentar a sede, dando assim testemunho da capacidade de sofrimento e de penitência com que queria presentear continuamente a Virgem e seu bendito filho. Mas era de tal forma quente o dia, que resolveu suspender a dura renitência, para ir ali perto, junto de um fonte bem fresca, apagar a secura que lhe afligia a garganta. Quando regressou ao seu poiso, notou, com extrema surpresa, que a Virgem já lá não estava! Entristecido e aflito, pensou logo que a Virgem o tinha abandonado, por não ter resistido à sede. Ajoelhou-se com o rosto por terra, e suplicou à Senhora: - Ó Virgem, Santa Mãe de Deus! Perdoai a minha falta de sacrifício! Por amor do vosso Santo Filho, meu Salvador, não me abandones! Nisto, ouviu um grande estrondo! Temeroso do poder de Deus, tapou o rosto com as mãos, até que o silêncio voltou. Levantou lentamente a cabeça e olhou então para o alto. O sobreiro estava desfeito e envolto em brancura! Era a imagem da Virgem rodeada de neve, fitando-o com extrema doçura! E se aquele era um dia esbraseado de Agosto, logo se transformou em dia fresco e acolhedor, que nem a mais suave Primavera. Vendo tão grande milagre, pegou o frade na imagem da Senhora, e aí lhe construiu um lindo nicho de pedra para a colocar. A partir daquele dia começou a chamar-lhe Nossa Senhora das Neves!

A cache:

O recipiente é uma pequena caixa de 16cm de comprimento e 12cm de lagura. Contém um logbook, lápis, caneta e algumas pequenas prendas para troca por outras.

Additional Hints (Decrypt)

Cbe onvkb qr hzn crqen.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)