Skip to content

<

Capela dos Mouros

A cache by Dimitrivsky and adopted by Napoleão Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/25/2009
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Situa-se o monumento no pinhal da Portela de Carrazedo, a cerca de 400m a noroeste da povoação de Arcas, na vertente poente da serra de Talhadas, no lado esquerdo de um caminho que segue na direcção de Chão d’Além.

O homem primitivo, dito pré-histórico, também demandou estas paragens e aqui deixou marcas que a corrosão de muitos séculos não apagou, utilizando material abundante de região - o granito - com o que transmitiu à posteridade a sua arte e alguns símbolos indecifráveis do seu pensamento. São disso exemplo, no primeiro caso, os monumentos megalíticos que abundam no Arestal e em Talhadas”. (Monografia, pp.147)



Na Monografia de Fernando S. Ramos (pp.164-165) consta a seguinte descrição:

Parece ter sido um monumento de grandes dimensões, com evidentes vestígios de profanação dado o aspecto de degradação que já então apresentava, de tal forma que a capa da cobertura, vulgarmente designada por «mesa», jazia enterrada a meio e transversalmente ao eixo do monumento e, por baixo dela, vários esteios, capas e fragmentos, havendo de pé apenas alguns esteios de câmara”.

Segundo L. A. E Castro, o monumento de granito porfiroide teria sido de câmara trapezoidal, de formato oblongo, galeria coberta, com o comprimento total de 7,40m. Na altura, a câmara possuía, além da cabeceira, seis esteios in situ, cinco do lado norte, todos inclinados no sentido da cabeceira, um apenas do lado sul, ainda verticalmente posicionado. O comprimento da câmara é de 5,40m.; a largura, oscilando entre 1,50m. e 0,75m., assim como a altura entre 2,20 m. e 1,40m. e a cobertura constituída por várias lajes. Embora o tecto dos dois corpos pareçam indicar a mesma altura, são diferentes as alturas interiores devido ao desnível entre a entrada da galeria e cabeceira. Cobriam a câmara várias capas”.

A galeria constituída por nove esteios verticais e in situ, quatro do lado norte e cinco do sul, ainda se achava completa, com excepção da cobertura, da qual se encontraram pequenas lajes para tapar as aberturas entre as capas. Media de comprimento 2,10m., largura entre 0, 70m. e 0,75m. e a altura oscilando entre 0,80m., na entrada, e 1,40m. na ligação à câmara. O tumulus em forma de calote esférica teria 20m. de diâmetro na base e 2,50 de altura, sendo constituído por terra vegetal e enorme quantidade de pedras”.

Do espólio exumado, apenas se recolheu um fragmento de xisto micáceo com dois furos cónicos opostos e um seixo rolado de quartzito branco”.

O maior interesse revelado por este monumento foi, porém, uma pedra de granito encontrada dentro da câmara, de face para cima e com os topos entalados no tumulus, no local onde deviam estar os dois esteios laterais à cabeceira, que não foram encontrados. Por baixo desta pedra e encostada no local sul da câmara havia outra pedra com 1,90m x 0,70m. Se esta pedra era um esteio, aqueloutra não estava na sua posição inicial, segundo crê o investigador, uma vez que os esteios, com as bases assentes sobre ela ou afastados da cabeceira, poriam em risco toda a segurança do conjunto”.

A originalidade da pedra, designada por «Pedra dos Sacrifícios», presentemente à guarda do Museu de Aveiro, está nas treze cavidades com o formato de calotes esféricas insculpidas na sua face superior. São pequenas pias de boca circular, com diâmetros que variam entre 11 e 15cm., a altura de 3 a 4cm., excepção para uma que tem apenas 7cm. De diâmetro e 3cm. De altura, e cuja disposição é a seguinte: três isoladas, duas ligadas e oito agrupadas e ligadas entre si, apresentando algumas um ligeiro rebordo acima da superfície da pedra. Por comparação com outras pedras encontradas noutros locais de Portugal, Espanha e Irlanda do Norte, que também apresentam cavidades ou pias, a opinião formada é de que deve datar este monumento do Neolítico Final”.

Outras referências: Circuito Pré-Histórico de Talhadas; Roteiro do Megalitismo (pp.47)


Este monumento insere-se na "Rota do Megalitismo" (PR5) promovida pelo município de Sever do Vouga.



P.F. RECOLOQUEM A CACHE NO MESMO LOCAL E DA MESMA FORMA COMO A
ENCONTRARAM.


Façam o C.I.T.O enquanto se dirigem para o local, se possível.

Tirem fotos das vistas da cache.

Obrigado pela vossa visita. Divirtam-se!

Additional Hints (Decrypt)

Fbh b thvn qb grh pnzvaub

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.