Skip to content

This cache has been archived.

Bitaro: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

Obrigado pela compreensão,
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Linhas Orientação

More
<

Necropolis

A cache by Dimitrivsky and adopted by Napoleão Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/25/2009
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O homem primitivo, dito pré-histórico, também demandou estas paragens e aqui deixou marcas que a corrosão de muitos séculos não apagou, utilizando material abundante de região - o granito - com o que transmitiu à posteridade a sua arte e alguns símbolos indecifráveis do seu pensamento. São disso exemplo, no primeiro caso, os monumentos megalíticos que abundam no Arestal e em Talhadas”. (Monografia, pp.147)

No Roteiro do Megalitismo (pp.43) consta a seguinte descrição:

“Dólmen de corredor em granito. Monumento muito arruinado de que se conserva apenas um esteio da câmara in situ incorporado num muro de vedação de propriedades. O corredor está também destruído encontrando-se os seus esteios deslocados das posições originais. Vestígios da mamoa, de forma ovóide, com diâmetro de 12 metros no sentido Este – Oeste e15 metros no sentido Norte - Sul”.

“Os conhecimentos que hoje possuímos sobre este monumento advém essencialmente do estudo que Luís de Albuquerque e Castro lhe dedicou, publicado em 1960 com o título “Monumentos Megalíticos de Chão Redondo” (Porto, 1960)”.

“Este monumento, relacionado com um outro que lhe fica a 52 metros de distância e que foi baptizado de “Chão Redondo 2”, situa-se na vertente meridional de Talhadas, entre esta povoação e a Ereira”.

“Apresentava-se na altura em que ele foi estudado, já completamente desmantelado, com um único esteio da câmara no seu lugar primitivo (que corresponderia à entrada da câmara fazendo a ligação à galeria), incorporado num muro de vedação da propriedade, e um outro esteio partido e fora do lugar. A galeria apresentava então seis esteios, três de cada lado: os do lado nascente in situ, e os restantes fora do lugar”.

“O espólio exumado consta de: um machado de xisto anfibólico de secção ovóide; um machado de xisto anfibólico de secção circular; uma pequena lâmina de sílex amarelada de secção trapezoidal, com bulbo de percussão e talhe na ponta; um micrólito triangular de sílex amarelado de secção trapezoidal, e retocado em ambos os lados; um microburil de ponta, com bulbo de percussão de lâmina de base; vários fragmentos de sílex acizentado e avermelhado e de matéria corante; vinte e um seixos rolados de quartzito branco, e alguns fragmentos de cerâmica de pasta grosseira sem qualquer desenho. Este material está depositado no Museu dos Serviços Geológicos de Portugal”.

Na Monografia de Fernando S. Ramos (pp.163) consta a seguinte informação que se julga pertinente para a compreensão da localização do núcleo de antas do Chão Redondo:

“(...) era raríssimo encontrar monumentos megalíticos em zonas de terrenos xistosos, pouco propícios à fixação do homem; ao contrário, tais monumentos abundam em zonas graníticas ou gneissicas, dada a presença fácil da água, ou então junto de nascentes ou ribeiros, o que teria conduzido ao nascimento de uma agricultura primitiva ou de pastorícia. E embora a localização destes monumentos não se enquadrasse no que ficava dito, haveria de considerar-se o facto do local ser um trilho de passagem para outras zonas, o que teria permitido a movimentação da tribo para locais de pastoreio. Tal interpretação, aliada ao tipo de espólio exumado, levou o autor a considerar que se estava em presença de uma cultura já do neolítico adiantado ou final, situada, portanto, entre 2500 e 2000 anos a.C.”.


Outras referências: Monografia (pp.161 a 163); Circuito Pré-Histórico de Talhadas.



P.F. RECOLOQUEM A CACHE NO MESMO LOCAL E DA MESMA FORMA COMO A ENCONTRARAM.

Façam o C.I.T.O enquanto se dirigem para o local, se possível.
Tirem fotos das vistas da cache.
Obrigado pela vossa visita. Divirtam-se!

Additional Hints (Decrypt)

Ab yrvgb qn green, rager qhnf ebpunf, gncnqn cbe hzn crqen

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.