Skip to Content

<

A view over Guadramil

A cache by DeSaborAGuardaMil Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/09/2009
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Vou falar-lhes dum Reino Maravilhoso. Embora muitas pessoas digam que não, sempre houve e haverá reinos maravilhosos neste mundo. O que é preciso, para os ver, é que os olhos não percam a virgindade original diante da realidade, e o coração, depois, não hesite. Ora, o que pretendo mostrar, meu e de todos os que queiram merecê-lo, não só existe, como é dos mais belos que se possam imaginar. Começa logo porque fica no cimo de Portugal, como os ninhos ficam no cimo das árvores para que a distância os torne mais impossíveis e apetecidos. E quem namora ninhos cá de baixo, se realmente é rapaz e não tem medo das alturas, depois de trepar e atingir a crista do sonho, contempla a própria bem-aventurança.
Vê-se primeiro um mar de pedras. Vagas e vagas sideradas, hirtas e hostis, contidas na sua força desmedida pela mão inexorável dum Deus criador e dominador. Tudo parado e mudo. Apenas se move e se faz ouvir o coração no peito, inquieto, a anunciar o começo duma grande hora. De repente, rasga a crosta do silêncio uma voz de franqueza desembainhada:

- Para cá do Marão, mandam os que cá estão!...

Sente-se um calafrio. A vista alarga-se de ânsia e de assombro.
Que penedo falou? Que terror respeitoso se apodera de nós?

Mas de nada vale interrogar o grande oceano megalítico, porque o nume invisível ordena:

- Entre!

A gente entra, e já está no Reino Maravilhoso.

Miguel Torga - Um Reino Maravilhoso (Trás-os-Montes)

Lá muito para traz de Trás-os-Montes
Na terra raiana do sol poente
Guadramil forja o ferro e a gente
Entre o xisto, as sesões e as fontes
Bate a burra caminhos dos horizontes
- Tic-toc! … Tic-toc … em passo dolente
À espera do sol que vem do nascente
E a tocar rebanhos pelos montes
Na comunal vida de cada dia
Olha Riomazanas e suas irmanas
-Terras da calma e da nostalgia!…
E entre os escanos e a casaria
O nevão branqueia as horas serranas
- Mas o sol volta e calda a serrania!…
Campos Almeida

A aldeia de Guadramil:
Guadramil é uma aldeia típica transmontana do distrito de Bragança, na freguesia de Rio de Onor.
Aldeia comunitária em pleno Parque Natural de Montesinho, mantém as casas de traça típica e um dialecto praticamente extinto chamado Guadramilês. É uma aldeia tipicamente portuguesa que se debate com a falta de população.
Faz fronteira com duas aldeias espanholas, Riomanzanas e Santa Cruz de Los Cuerragos e com três aldeias portuguesas: Rio de Onor, Deilão e Petisqueira. O relevo é bastante acidentado.
A vida selvagem é composta essencialmente por corsos, veados, javalis, raposas, coelhos, lebres, lobos, perdizes, melros, estorninhos, pintassilgos, lagartos e cobras e outros bichos.
Esta aldeia, foi durante muitos anos, uma aldeia comunitária, onde os seus habitantes repartiam o moinho, a forja, o rebanho e algumas tarefas agrícolas.
Neste momento, é habitada por cerca de trinta pessoas todas elas bastante idosas. Já não existe rebanho, o moinho já não mói, na forja já não se molda o ferro, os campos estão ao abandono. No entanto, merece uma visita pois possui um encanto muito especial e único.

Recomenda-se levar o tempo na bagagem e a máquina fotográfica ao ombro. Relaxe, inspire, ouça e contemple beleza desta pequena aldeia e da paisagem envolvente. Irá, com certeza, encontrar vários habitantes pelas ruas de Guadramil, pessoas marcadas pelo tempo e pela vida que têm imenso prazer em conversar com os visitantes.
Não há nada como aproveitar a sua companhia para visitar o moinho, a forja, o lagar, a eira e todos outros lugares bonitos ouvindo as suas histórias de tempos esquecidos pelos livros que contam orgulhosos como se do seu melhor tesouro se tratasse.

Não deixem de reparar nos pormenores… como escreveu Miguel Torga: “O que é preciso, para os ver, é que os olhos não percam a virgindade original diante da realidade, e o coração, depois, não hesite.”

A cache:
Trata-se de uma Multi-cache, pelo que não está localizada nas coordenadas indicadas.
A cache consiste num container cilíndrico de vidro.

Contêm inicialmente:
- Logbook
- Stack note
- Lápis e caneta (não tem afia)
- Alguns items para troca:

Para encontrar a cache:
É necessário ir às coordenadas indicadas e descobrir em que ano (19XY) foi construída a pequena casa de pedra.
Com estes dados determina-se o Ponto de Passagem 1:

Ponto de Passagem 1=
N41º 54. GUA
W006 34. DRa


No Ponto de Passagem 1 deverão descobrir em que ano foi construído (19VZ) o Portão côr-de-rosa…

A Cache está na Posição Final:
N41º 54. MiL
W006º 34.SiM

Em que:
G= Y-X+3
U=2+X
A=Y
D=X-2
R=0
a=D
M=7+V2
i=4-Z
L=Z
S=V+V

Sejam discretos e deixem tudo como encontraram, de forma a prolongar ao máximo a longevidade da cache. E Não se esqueçam de aproveitar para contemplar a vista sobre o tesouro que é a aldeia de Guadramil…

Additional Hints (Decrypt)

“fr ernyzragr é encnm r aãb grz zrqb qnf nyghenf, [terá] qrcbvf qr gercne r ngvatve n pevfgn qb fbaub, pbagrzcyn n ceócevn orz-niraghenaçn [debaixo das pedras]”

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

43 Logged Visits

Found it 35     Didn't find it 6     Write note 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 21 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.