Skip to content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

Lusitani: Açores ( II )

A cache by Cagarros Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 09/08/2009
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:




Lusitani: Açores
Cache colocada por: JorgeBig adoptada a 18/9/2012 pelos Cagarros



Arquipélago



História


O descobrimento do arquipélago dos Açores, é uma das questões mais controversas da história dos Descobrimentos.
Entre as várias teorias sobre este facto, algumas assentam na apreciação de vários mapas genoveses produzidos desde 1351, os quais levam os historiadores a afirmar que já se conheceriam aquelas ilhas aquando do regresso das expedições às ilhas Canárias realizadas cerca de 1340-1345, no reinado de Afonso IV de Portugal.
O que se sabe concretamente é que Gonçalo Velho chegou à ilha de Santa Maria em 1431, decorrendo nos anos seguintes o (re)descobrimento - ou reconhecimento - das restantes ilhas do arquipélago dos Açores,
No processo do povoamento das restantes ilhas, principalmente do Faial, Pico, Flores e São Jorge, faz-se notar a presença de um número alargado de flamengos, cuja presença se veio a reflectir na produção artística e nos costumes e modos de exploração das terras. Existe ainda uma freguesia do concelho da Horta chamada Flamengos, para além dos moinhos e dos modelos da exploração agrária.
O clima do arquipélago açoriano é menos quente quando comparado com o do arquipélago da Madeira.
Para que os colonos pudessem cultivar as terras foi necessário desbastar densos arvoredos que proporcionavam matéria-prima para exportação, para produção escultórica (cedro) e para a construção naval. O cultivo de cereais e a criação de gado foram as actividades predominantes, com o trigo a registar uma produção considerável. A produção de pastel e a sua industrialização para exportação destinada a tinturaria, também desempenhou um papel relevante na economia do arquipélago.
A exploração do pastel e da urzela , esta também para tinturaria, atingiu o seu auge precisamente quando a produção de cana-de-açúcar (tentada mas sem grandes resultados económicos) e de trigo entraram em decadência.


São Miguel


São Miguel, a maior das ilhas dos Açores, é também a mais importante.
Com uma superfície de 746,82 km2, mede 90 km de comprimento e 8-15 km de largura e conta com uma população de aproximadamente 140 000 habitantes.
São Miguel é também conhecida como ilha Verde, devido às suas pastagens infinitas.
Os pontos de interesse turístico são variados. O Vale das Furnas, o verdadeiro ex-libris da ilha tem uma visão paradisíaca com o vapor das caldeiras, a água a ferver que se mistura e envolve com a beleza da lagoa. É um cenário difícil de descrever.
Outro dos pontos de interesse da ilha é a Lagoa do Fogo, que se situa na Serra de Água de Pau.
A Lagoa das Sete Cidades é a outra das três grandes lagoas da ilha. Com uma cratera enorme, está divida em duas partes, chamadas respectivamente de azul e verde.
São as festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres que são realizadas todos os anos no quinto Domingo depois da Páscoa.
Outra manifestação religiosa desta ilha são os Romeiros. Por altura da Semana Santa, grupos de algumas dezenas de homens percorrem a ilha a pé, durante oito dias, rezando e cantando em todas as Igrejas e Ermidas que se deparam pelo caminho.
E também as Festas do Espírito Santo.
Nas nove ilhas dos Açores os mariscos são do mais saboroso, com cavaco, cracas e lapas à cabeça, e são património gastronómico de todas as ilhas.
Como os peixes, que tanto se apresentam grelhados na sua frescura, como em caldeiradas e sopas de peixe. O polvo guisado é outra iguaria comum.
Nas carnes, destaque para a alcatra da Terceira, e o apreciado cozido das Furnas, em S. Miguel, em que os recipientes hermeticamente fechados são colocados debaixo de terra e os alimentos são cozinhados com o seu calor.
Não referindo a também típica receita de inhames com linguiça das várias ilhas.
Há excelentes queijos em todas as ilhas, contudo, o mais famoso é o de S. Jorge, que em Portugal se chama simplesmente "queijo da ilha".
No sector dos vinhos é forçoso falar do verdelho, mais conhecido o do Pico, em que a paisagem de cultura da sua vinha foi classificada Património Mundial, e o dos Biscoitos, na Terceira.
Nas sobremesas, a massa sovada é predominante, mas há gostosas queijadas na Graciosa e outros doces em cada ilha.
Porém, o que não pode perder é o ananás dos Açores, dulcíssimo, que lhe vai deixar uma recordação excelente da sua estada em cada ilha.

A cache


A cache encontra-se num pequeno jardim na Vila das Furnas. As Furnas são muito conhecidas pelas suas águas térmicas, nomeadamente as caldeiras, a poça da Beija e piscinas térmicas. Para além disso as Furnas são conhecidas pelo hotel Terra Nostra constituído por uma piscina natural de águas termais e um magnifico jardim botânico, Também pode visitar o parque natural onde encontra alguns animais e diversas espécies de plantas. Possuem uma das maiores e mais diversificadas colecções botânicas do arquipélago. Também é nas Furnas que se encontra uma lagoa (Lagoa das Furnas). São também tradicionais e exclusivos das Furnas, os bolos lêvedos e o famoso cozido(a carne demora cerca de 5 a 6 horas e o bacalhau cerca de 3 a 4 horas) nas caldeiras com o seu requintado sabor.

Dentro da cache, além dos objectos habituais, vai encontrar uma folha especial com um número. Por favor anote este número e o nome da cache. Juntando todos os códigos das 30 caches parciais, conseguirá obter as coordenadas da localização da cache final Lusitani, que está escondida algures em Portugal.



Para dúvidas ou esclarecimentos relativos ao projecto global das caches Lusitani, pode contactar os responsáveis pelo projecto:GeoDuplaP&F

Additional Hints (Decrypt)

[PT] Zntaégvpn
[EN] Zntargvp

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.