Skip to Content

This cache has been archived.

Bitaro: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

Obrigado pela colaboração
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Trabalhar com o Revisor
Revisões mais rápidas
Linhas Orientação|Políticas Regionais - Portugal

More
<

Vamos Alapraia

A cache by MICAFIAN Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/29/2009
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


                                                               Grutas Artificiais de Alapraia





Gruta I Gruta II Gruta IV

Necrópole composta por 4 hipogeus, escavados no substracto calcário no último quartel do IV milénio a.n.E. Utilizadas como espaço funerário durante parte do III milénio a.n.E.

A primeira referência acerca deste complexo funerário, menciona somente a Gruta I, a única conhecida até então e data de 1889 pela mão de Francisco Paula e Oliveira. Anos mais tarde, José Leite de Vasconcelos publicou uma planta rigorosa na revista O Arqueólogo Português.

A essa data, a gruta já se encontrava violada e desprovida do seu conteúdo original — e adaptada a fins utilitários. Em 1932, devido ao arruamento da actual Rua das Grutas, foi possível detectar a Gruta II, tendo as escavações arqueológicas sido levadas a cabo por Afonso do Paço e pelo Padre Eugénio Jalhay.

Do seu espólio, salienta-se o par de sandálias votivas em calcário, hoje em exposição na sala de arqueologia Afonso do Paço e Eugénio Jalhay, no Museu-Biblioteca dos Condes de Castro Guimarães, em Cascais.
                                                                                                Sandálias                                                                                                  
Ainda durante a intervenção arqueológica, uma moradora do Largo anexo à gruta II, informou os arqueólogos de que quando eram vertidos líquidos na cozinha da sua casa, estes sumiam-se rapidamente através do pavimento. Atendendo a esta informação oral, os arqueólogos observaram o espaço e detectaram a clarabóia da gruta III, a qual foi escavada no ano seguinte.

Desta intervenção, foi possível constatar que o hipogeu havia sido violado no passado, tendo sido reutilizado como silo durante a Idade Média. Em 1943, quando se procediam aos trabalhos para instalação de um chafariz no Largo, foi descoberta a gruta IV.

Dois anos depois, em Março de 1945, a Direcção-Geral do Ensino Superior e das Belas-Artes considerou a Necrópole de Alapraia «Imóvel de interesse público».

A tipologia dos quatro hipogeus que constituem a Necrópole de Alapraia enquadra-se dentro do «tipo coelheira». As grutas foram escavadas no substracto calcário por acção humana e são compostas por dois elementos comuns: zona vestibular e câmara funerária.

O vestíbulo é composto por corredor ou corredor seguido de antecâmara, que comunica com a câmara através de um estrangulamento circular ou em ferradura. A câmara funerária é uma cavidade ampla de forma circular e rasgada no topo, ao centro, por um orifício circular, a clarabóia. Tanto esta, como a área vestibular seríam cobertas por lages.

Havendo a intenção de instalar o centro interpretativo das Grutas Artificiais de Alapraia, a Câmara Municipal de Cascais tem vindo a conjugar esforços no sentido de adquirir a totalidade do sítio arqueológico, o que aconteceu em 2004, com a aquisição dos edifícios construídos sobre as Grutas II e III, os quais remontam pelo menos ao século XIX, se bem que com intervenções já do século XX.

Já pertencia à autarquia o Casal Saloio, conhecido por Casal das Grutas, contíguo às Grutas I e IV, que seguramente é anterior ao século XIX. Desta forma, foram reunidas as condições necessárias para dar início à musealização deste importante arqueossítio, obrigando-se a autarquia à realização de sondagens arqueológicas em toda a área envolvente dos hipogeus de modo a avaliar o interesse arqueológico do local, visando a sua articulação com o projecto de arquitectura, em fase de preparação, e o projecto museológico e museográfico.

A reabilitação do conjunto edificado, especialmente o Casal das Grutas constitui o segundo objectivo da intervenção camarária, passando a integrar o futuro núcleo museológico das Grutas Artificiais de Alapraia, de carácter monográfico relacionado com a jazida Pré-Histórica, mas também apresentando uma vertente etnográfica, tendo o próprio Casal como pano de fundo.

In: http://algarvivo.com/arqueo/calcolitico/grutas-alapraia

Additional Hints (No hints available.)



 

Find...

459 Logged Visits

Found it 423     Didn't find it 15     Write note 7     Archive 1     Temporarily Disable Listing 3     Enable Listing 2     Publish Listing 1     Needs Maintenance 2     Owner Maintenance 2     Update Coordinates 1     Post Reviewer Note 2     

View Logbook | View the Image Gallery of 46 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.