Skip to content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

btreviewer
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer
Work with the reviewer, not against him

More
<

Rota do Contrabando

A cache by white_shark Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 02/28/2010
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:





               Rota de contrabando 
      
      Esta cache pretende mostrar uma das rotas utilizadas pelos
     contrabandistas a alguns anos atrás. 

 

                                   CARREGOS – A RAIA E O CONTRABANDO

 

INTRODUÇÃO:

 

      Afastadas dos centros urbanos, as populações raianas da área da Serra da Malcata e de toda a Raia Central, à semelhança de outras regiões fronteiriças, encontravam no contrabando a forma de vida que lhes garantia o sustento que dificilmente poderiam obter na agricultura tradicional ou noutro tipo de actividade local. Desde sempre estas populações conviveram, de forma pacífica, com os seus vizinhos espanhóis ignorando as orientações políticas dos governos de ambos as lados.
     À naturalidade com que se cruzava e continua a cruzar a fronteira, não  serão alheios os factores históricos de comunhão de territórios entre Portugal e Espanha, como é o caso da região de Riba Côa cujos territórios foram arduamente disputados durante a época medieval.

 

 

ORGANIZAÇÃO SOCIAL DO CONTRABANDO

 

        Numa primeira abordagem, contrabando é a passagem clandestina de mercadorias através dos limites fronteiriços de um país, estado ou região, sem o pagamento dos respectivos direitos alfandegários a que houver lugar. Dificilmente se poderá analisar a estrutura social do contrabando sem a incluir na própria sociedade rural. Primeiro, porque, apesar de em certas épocas quase toda a gente se dedicar a esta actividade, o contrabando assumiu sempre um carácter marginal ou subterrâneo devido à sua ilicitude.
      Em segundo lugar porque quase todos os contrabandistas mantinham a sua situação de camponeses quer através dos restantes elementos do agregado familiar quer de si próprios quando não faziam contrabando.
       Considerado o contrabando como uma espécie de subsistema do sistema camponês, poder-se-ão distinguir nele três grupos sociais distintos: Os patrões, os criados e os que passavam por conta própria sem serem patrões nem criados.    
 
 
 
 
 
                                                   Ruta de contrabando 
                                                                
 
       Esta caché está destinado a mostrar una de las rutas utilizadas por los
contrabandistas de hace unos años.


 

                                   
Los transportistas - a RAIA y el contrabando

 

INTRODUCCIÓN:

 

      De los centros urbanos, las personas fronterizas zona de la Serra da Malcata y todos los Skate Central, al igual que otras regiones fronterizas, fueron en forma de contrabando de la vida que garantice el apoyo que difícilmente podría obtener en la agricultura tradicional o de otro tipo de actividad local. Dado que estas poblaciones siempre vivieron juntos en paz, con sus vecinos españoles haciendo caso omiso de las orientaciones políticas de los gobiernos de ambos los lados.
     En la facilidad con que se cruzaron y todavía cruzar la frontera, no son factores independientes de los territorios de las comunidades históricas entre Portugal y España, como es el caso en la región de Riba Coa cuyos territorios eran difíciles jugado durante la época medieval.

 

 

ORGANIZACIÓN SOCIAL DE TRÁFICO

 

        A primera vista, el contrabando es el contrabando de mercancías a través de los límites de las fronteras de un país, estado o región, sin el pago de sus obligaciones que tendría lugar. Es difícil analizar la estructura social de contrabando, sin incluir el la propia sociedad rural. En primer lugar, porque, aunque en algunos momentos casi todo el mundo participa en esta la actividad, el contrabando siempre supone un marginal o subterráneas, debido a su ilegalidad.
      En segundo lugar, porque casi todos los contrabandistas mantiene la situación de los campesinos oa través de otros componentes de la familia o de ellos mismos cuando eran de contrabando.
       Considerado como el contrabando como una especie de subsistemas del sistema de campesinos, el poder se debe distinguir
que tres grupos sociales: empresarios, funcionarios y los que pasaron por su propia
cuenta sin jefes se o creados.


 


Additional Hints (Decrypt)

Ab 1º cbagb (RQC)
pnpur svany prepn qr 7 zrgebf qb (R-602-C)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.