Skip to content

No Cesário tudo é Verde Traditional Cache

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
Hidden : 09/23/2010
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


«A mim o que me rodeia é o que me preocupa»

O POETA

Cesário Verde (1855-1886) foi um poeta português, natural de Caneças, Loures, oriundo de uma família burguesa abastada. O pai era lavrador e comerciante, influenciando grande mente a vida deste poeta. Cesário Verde estreou-se como colaborador no "Diário de Notícias", no "Diário da Tarde",na "A Tribun"a e "Renascença".
Foi a partir de 1875 que escreveu aqueles que são considerados os seus melhores poemas: «Num Bairro Moderno» (1877), «Em Petiz» (1878) e «O Sentimento dum Ocidental» (1880).

Em 1886, para fugir à humidade marítima de Linda-a-Pastora e aos consequentes acessos de tosse e hemoptises, vai para Caneças, a dois passos de Lisboa, porém serra, clima seco. Silva Pinto e António Papança visitam-no. Cesário tem apenas 31 anos mas já perdeu as ilusões:

- Curo-me? Sim, talvez. Mas como ficou eu? Um cangalho, um canastrão, um grande cesto roto, entra-me a chuva, entra-me o vento no corpo escangalhado...
Resolve subitamente abandonar Caneças, fugir, fugir... Recolhe-se à casa de um amigo, junto ao Paço do Lumiar, às portas de Lisboa.
No patamar da escada José Anastácio Verde e Silva Pinto encontram-se, abraçam-se, choram.
A 19 de Julho, Jorge, o último dos irmãos, pergunta a Cesário:
- Queres alguma coisa?
- Não quero nada. Deixa-me dormir.

É em 1887 que foi organizada, por iniciativa do seu amigo Silva Pinto, uma compilação dos seus poemas, a que deu o nome de "O Livro de Cesário Verde" (à disposição do público em geral apenas em 1901).

Em poemas por vezes cínicos ou humorístico, conseguiu manter-se alheio ao peso da «literatura», procurando um tom natural que valorizasse a linguagem do concreto e do coloquial, por vezes até com cariz técnico, marcando um desejo de autenticidade e um amor pelo real. Com uma visão extremamente plástica do mundo, deteve-se em deambulações pela cidade ou pelo campo que eram os seus cenários de eleição, transmitindo o que aí era oferecido aos sentidos, em cores, formas e sons.
Se, por um lado, exaltava os valores viris e vigorosos, saudáveis, da vida do campo e dos seus trabalhadores, sem visões bucólicas, detinha-se, por outro, na cidade, na sedução dos movimentos humanos, da sua vibração, solidarizando-se com as vítimas de injustiças sociais e integrando na sua poesia, por vezes, um desejo de evasão. Conhecido como o poeta da cidade de Lisboa, foi igualmente o poeta da Natureza anti-literária, numa antecipação de Fernando Pessoa/Alberto Caeiro, que considerava Cesário um dos vultos fundamentais da nossa história literária.

Através de processos impressionistas levou a cabo uma renovação ímpar, no século XIX, da estilística poética portuguesa, abrindo caminho ao modernismo e influenciando decisivamente poetas posteriores.

O JARDIM

O jardim Cesário Verde encontra-se na Estefânia junto à rotunda. Está novamente aberto ao público depois das importantes obras de requalificação ao nível do arvoredo e dos equipamentos, plantação de novas espécies, substituição do pavimento e do sistema de rega. É um espaço agradável para sentar nos bancos a desfrutar o sol de fim de tarde ou simplesmente alegrar a vista de quem passa nesta rua movimentada todos os dias.

A CACHE

Além de um dos meus poetas portugueses preferidos, Cesário Verde dá nome ao jardim perto de casa que me acompanhou ao longo dos meus anos de existência e por isso quisemos partilhá-lo!
A cache tem a finalidade de dar a conhecer quer o poeta quer o jardim e este foi o local de eleição para a nossa primeira cache :)
É uma nano e por isso não contém material de escrita. Sejam discretos pois a sobrevivência da mesma depende disso.

AVISO: A cache é no jardim onde não param muitos muggles mas passam muitos muggles. Sejam cautelosos tanto de dia como de noite e POR FAVOR COLOQUEM A CACHE ONDE A ENCONTRARAM. NÃO TIREM FOTOS.
Devido a comentários anteriores a partir de agora; QUALQUER COMENTÁRIO QUE DENUNCIE A CACHE SERÁ IMEDIATAMENTE ENCRIPTADO E DEPOIS APAGADO.

Additional Hints (Decrypt)

Ryrf fãb 3... Dhny b znvf iveghbfb? [Neste momento a cache foi alterada por outro geocacher, por motivos profissionais ainda não consegui ir colocar uma nova, pedimos desculpa]

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)