Skip to Content

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More

Traditional Geocache

Frei Bernardo de Vasconcelos - CBT

A cache by Koklax & Cia. Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 10/1/2010
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Frei Bernardo de Vasconcelos

Frei Bernardo de Vasconcelos

Foi na Casa do Marvão, na freguesia de São Romão do Corgo, concelho de Celorico de Basto que, a 7 de Julho de 1902, nasceu Frei Bernardo de Vasconcelos, parente dos Marvões, família que, durante vários séculos, habitou aquela casa. Bernardo Vaz Lobo Teixeira de Vasconcelos era filho do Doutor Manuel Joaquim da Cunha Maia Teixeira de Vasconcelos, senhor da Casa do Marvão e, naquela altura, Delegado da Procuradoria Régia em Cabeceiras de Basto e de D. Filomena da Conceição Vaz Lobo, da Casa do Outeiro, em Molares.
Foi baptizado no dia 5 de Agosto de 1902 pelo pároco Francisco de Almeida Barreto na igreja de São Romão, tendo sido seus padrinhos Manuel António de Sousa Machado, seu parente, da Casa do Bairro, em Canedo de Basto, e sua tia-avó D. Maria Isabel Teixeira de Vasconcelos, senhora da Casa do Fijô, em Felgueiras e da Casa do Barreiro, em Canedo de Basto.
Em 1912, foi estudar para o Colégio de Lamego e, em 1918, matriculou-se na Universidade de Coimbra, pensando seguir a Marinha.
Tendo adoecido, interrompeu os estudos e empregou-se num Banco, no Porto. Mas o mundo das contas não se coadunava com o seu temperamento e a sua alma de poeta. Em 1922, matriculou-se na Faculdade de Direito de Coimbra, tendo sido vice-presidente do C.A.C.D. (Centro Académico de Democracia Cristã), secretário da redacção da revista “Estudos” e membro das Conferências de São Vicente de Paulo.

Por esta altura, trocou correspondência com Joaquim Pereira Teixeira de Vasconcelos, mais conhecido por Teixeira de Pascoais, poeta amarantino que era seu parente e amigo. Nunca se encontraram, mas tinham uma grande admiração e estima um pelo outro. Teixeira de Pascoais diria, em carta a uma sua irmã, que Frei Bernardo de Vasconcelos foi o “maior e mais perfeito amigo que Deus me concedeu”.
Frei Bernardo de Vasconcelos foi herdeiro, juntamente com sua irmã D. Maria Bárbara Vaz Lobo Teixeira de Vasconcelos, da Casa de Valdesculca que, anos mais tarde, foi vendida.
Em 1924, entrou no mosteiro de Singeverga, fez o noviciado e professou no Mosteiro de Samos (Galiza) com o nome de Frei Bernardo da Anunciada. Iniciou os estudos de Teologia na Abadia de Mont-César, (Lovaina, Bélgica), em 1926, mas teve de regressar a Portugal por lhe ter sido diagnosticada a doença de Pott ou tuberculose vertebral.
Começou, nesta altura, um longo calvário de 6 anos, que Frei Bernardo de Vasconcelos suportou com grande resignação, no Hospital da Lapa, no Porto, em Matosinhos e na Falperra (Braga).
Faleceu em S. João da Foz do Douro, no dia 4 de Julho de 1932, três dias antes de completar 30 anos, não tendo chegado a realizar o seu grande desejo que era o de ser sacerdote.
Frei Bernardo de Vasconcelos foi sepultado no cemitério da Foz, sendo, depois, trasladado para o cemitério de Molares, Celorico de Basto, e aí depositado no jazigo do Padre Francisco de Almeida Barreto, o padre que tinha baptizado Frei Bernardo e amigo da família. Um ano depois, foi sepultado no interior da igreja paroquial de São Romão do Corgo.Durante a sua curta vida, Frei Bernardo de Vasconcelos escreveu vários artigos e poesias que foram publicados. Toda a sua obra é, essencialmente, mística e teológica, voltada para o espiritual, para Deus. Publicou As Nossas Festas, A Missa e a Vida Interior, A Vida de S. Bento contada às almas simples. Traduziu também o livro Vida na Paz de D. Idesbald van Houtryve.
Como complemento para a sua biografia, foi publicada Vida de Amor, autobiografia baseada nas suas cartas. Em verso, deixou os Cânticos de Amor e Poesias Dispersas.

Additional Hints (Decrypt)

Crqenf nmhvf fboercbfgnf

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

138 Logged Visits

Found it 121     Didn't find it 9     Archive 1     Needs Archived 2     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 2     Post Reviewer Note 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 9 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 11/15/2017 3:39:59 PM (UTC-08:00) Pacific Time (US & Canada) (11:39 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page