Skip to content

This cache has been archived.

Team Ribeiro: Game over!
Obrigado a todos os que aceitaram o desafio de encontrar esta cache.

More
<

Museu da Cerâmica de Sacavém

A cache by jose ribeiro Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/12/2010
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Na história da localidade assume grande relevância a Fábrica de Louças de Sacavém, fundada em 1856 por Manuel Joaquim Afonso, que foi durante muito tempo determinante para a economia da região. Do antigo edifício fabril restou apenas o forno 18, em redor do qual veio a nascer o Museu de Cerâmica de Sacavém, inaugurado em Junho de 2000.

O Museu da Cerâmica de Sacavém é um espaço museológico situado na cidade de Sacavém, destinado a preservar o antigo núcleo da Fábrica de Loiça de Sacavém (que celebrizou em tempos a cidade), centrado em torno do forno n.º 18. Após a falência da Fábrica de Loiça, em 1994, a Câmara Municipal de Loures deliberou (em reunião de 22 de Novembro de 1995) a construção de um núcleo museológico que fizesse a história da dita fábrica e da sua produção cerâmica, situado nos terrenos onde outrora esta se erguera. O Museu, situado no centro de uma urbanização nascida dos escombros da Fábrica de Loiça, foi inaugurado em 7 de Junho de 2000, pelo então Presidente da República, Jorge Sampaio. Para além do espaço museológico propriamente dito, o museu conta com um Centro de Documentação, baptizado com o nome do fundador da Fábrica de Loiça, Manuel Joaquim Afonso, um Auditório baptizado com o nome de um destacado operário e lutador antifascista (António Ferreira, «O Compositor»), uma oficina de cerâmica (baptizada com o nome do Mestre José de Sousa), uma loja e um café. Em 2002, o Museu foi galardoado com o Prémio Micheletti de Melhor Museu Europeu do Ano, na categoria de Património Industrial. Em 2006, a Câmara Municipal de Loures decidiu instituir o Prémio Bienal Manuel Joaquim Afonso, destinado a premiar, através do Museu de Cerâmica de Sacavém, trabalhos na área de produção cerâmica. • Museu de Cerâmica de Sacavém Sítio oficial do Museu de Cerâmica de Sacavém, integrado na Rede de Museus do Concelho de Loures. (em português) (em inglês) (em francês) • Centro de Documentação Manuel Joaquim Afonso Sítio oficial do Centro de Documentação Manuel Joaquim Afonso do Museu de Cerâmica de Sacavém.
Forno

FOTO

Da antiga Fábrica de faiança fundada em 1856 por Manuel Joaquim Afonso, ficou como património valioso e único, o forno 18 da Fábrica de Loiça de Sacavém. Em torno desta construção de 12m, feita com os materiais, as mãos e o saber dos operários de Sacavém, nasceu por deliberação camarária unânime, a decisão de instalar um Museu que honrasse todos e todas quantos e quantas ali trabalharam. Inaugurado a 7 de Junho de 2000, com a ilustre presença do Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio, o Museu de Cerâmica de Sacavém encontra-se inserido numa nova urbanização – Real Forte, erguendo-se com a simplicidade marcante do seu Património: a entrada é identificada pela obra original de Armando Mesquita, 1946, “ A enforna”, dando a identidade ao acervo deste Museu de História Social e Industrial. Com Salas de Exposição nos dois pisos, Oficinas, Reservas visitáveis, um Centro de Documentação com o nome do fundador da Fábrica - Manuel Joaquim Afonso, o Museu de Cerâmica apresenta ainda um Auditório e Loja. A preocupação com a diversidade de públicos traduz-se na existência de gravações áudio, catálogos em braille e orientação específicas para cegos. Pela forma sensível e inovadora como aborda e preserva este património, o Museu de Cerâmica de Sacavém, mereceu, em 2002, o Prémio Luigi Micheletti (Fórum Europeu dos Museus).

Additional Hints (No hints available.)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.