Skip to Content

<

Capela da Srª da Consolação . Forcalhos

A cache by white_shark Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 3/5/2011
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


A Capela de Nossa Senhora da Consolação
 
 

A Capela de Nossa Senhora da Consolação, nos Forcalhos, é uma das mais antigas do concelho do Sabugal, situada quase em cima da raia de Espanha, encontra-se uma capela fascinante. Tão em cima, que se dizia que “ficando o corpo dela em Portugal, fica a Capela-mor nas terras de Espanha".

Encanta e surpreende, desde logo, pela sua localização, no meio de um descampado, como que perdida, de tal forma que é difícil imaginar que ali se possa encontrar um templo. Depois, porque ao olharmos para aquela velha igreja envolta em mistério e solidão, nos sentimos presos, não por aquilo que as suas paredes nos mostram mas por aquilo que nos fazem imaginar e sonhar. Rodeado de giestas e carvalhos majestosos, na companhia de algumas ovelhas que por ali vão pastando, é um templo de proporções relativamente grandes e que mais fazem lembrar uma igreja.

 

A ORIGEM

Não se sabe, com rigor, quando teria sido construída, mas foi seguramente um pouco antes de1500, durante o reinado de D. Manuel I. Foi mandada edificar por Maria Fernandes e seu filho Simão Gonçalves, naturais de Aldeia da Ponte, em resultado de uma promessa feita à Virgem da Consolação. Tudo teria acontecido numa altura em que João Calvo e sua mulher Maria Fernandes se dirigiam com o seu filho para Aldeia da Ponte e este adoeceu com grande gravidade. Aflita, sem encontrar remédio nem água para lhe mitigar a sede, implorou à Virgem da Consolação ajuda para tão grande mal. Condoída, Nossa Senhora apareceu-lhe, consolou-a e indicou-lhe uma pedra onde encontraria a água tão desejada. Saciada a sede do filho, a Senhora ordenou-lhe que naquele mesmo local mandasse construir uma ermida. Maria Fernandes não hesitou e ao mesmo tempo que a construção ia andando mandou fazer também uma imagem da Senhora que colocou na ermida e a que deu o nome Nossa Senhora da Consolação.

Quando morreu, em 1532, já a simples ermida começava a parecer um santuário e sua fama tinha passado além dos Forcalhos. Eram tantos e tão encantadores os milagres que se dizia que a Senhora fazia, que vinha gente de Aldeia do Bispo, Lageosa, Aldeia da Ponte, Fóios, Alfaiates, Aldeia Velha, Rebolosa, Aldeia da Ponte, Malhada Sorda, Nave de Haver, Alpedrinha e de muitas terras da Beira Baixa e de Espanha render-lhe homenagem e implorar a sua protecção.

Como a fama e riqueza do santuário, proveniente das muitas esmolas e generosidade dos romeiros, fosse grande, começou a ser objecto de cobiça entre os herdeiros e capelães, e até entre os povos dos Forcalhos e de Aldeia da Ponte, que também reclamava, a propriedade da capela.

 

A RUÍNA

Certo, é que depois de séculos de grande prosperidade as romarias foram diminuindo, o culto foi afrouxando, e até o próprio povo dos Forcalhos, que tanta devoção tinha com a Senhora, se foi esquecendo de a visitar. As pinturas foram desbotando e as paredes foram caindo pouco a pouco, depois, foram os belos arcos e por fim o telhado. As sepulturas, incluindo a da fundadora, foram vandalizadas, talvez mais que uma vez, e o templo passou a acolher, em vez dos fieis, as cabras e ovelhas de algum pastor. Mas o que é que se teria passado para tão rápida degradação e definhamento? Dizem que teria sido em consequência de uma Pastoral do bispo da Guarda, D. Tomáz Gomes de Almeida. De facto, nos finais do século XIX, eram tantos os exageros e a confusão entre as manifestações religiosas e profanas, que D. Tomáz, ajuizadamente, decidiu pôr cobro a todas aquelas em que era habitual haver desacatos.

E o que é que teria sido feito dos muitos Ex Votos, lembrando promessas cumpridas e que cobriam boa parte das paredes? E a imagem da Senhora da Consolação? As imagens de Santa Ana e as de S. Marcos ou S. Lourenço (não se sabe com rigor qual deles seria) foram piedosamente guardadas pela Ti Margarida e a Ti Purificação dos Forcalhos, e encontram-se hoje guardadas na igreja matriz e na capela de S. Brás.


 


  



 

Additional Hints (Decrypt)

Yrin hz tenaqr Nzvtb

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

59 Logged Visits

Found it 48     Didn't find it 9     Publish Listing 1     Owner Maintenance 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 6 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.