Skip to Content

This cache has been archived.

MightyREV: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas.
Relembro a secção das Guidelines sobre a manutenção http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=307#maint :

[quote]Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

A região onde um geocacher é considerado capaz de manter geocaches responsavelmente irá variar de pessoa para pessoa. Um geocacher que anteriormente fez registo de geocaches numa área alargada a partir da sua residência pode ser considerado habilitado a manter uma geocache a 200 milhas (322 Km) de distância. Contudo, alguém cujas actividades de geocaches têm sobretudo estado dentro da distância de 25 milhas (40km) de sua casa não deverá estar preparado para manter uma geocache tão distante de casa. O critério usado nesta situação fica a cargo do revisor da geocache ou pela Groundspeak.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. Alternativamente poderá treinar uma pessoa local para fazer manutenção à geocache. Documente o seu plano de manutenção numa Nota ao Revisor ou na sua página de geocache. Isto deverá incluir a informação contacto da pessoa que irá efectuar a manutenção. A nota irá ser apagada automaticamente aquando da publicação.[/quote]

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me através do mail indicado no meu perfil e refira o GC Code da cache.
Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se de uma nova cache se tratasse, com todas as implicações das Guidelines actuais.

Obrigado

[b] MightyREV [/b]
Geocaching.com Volunteer Geocache Reviewer
Revisor Voluntário em Geocaching.com

[url=http://support.groundspeak.com/index.php]Centro de Ajuda Groundspeak[/url]
[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=340]Trabalhar com o Revisor[/url]
[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77]Como ter uma cache publicada (mais) rapidamente[/url]
[url=http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx]As Guidelines são regras[/url]

More
<

GF - Fronteira V.V. Ficalho - Rosal de la Frontera

A cache by MJordão Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 1/17/2011
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


  Guarda Fiscal  
Fronteira
Vila Verde de Ficalho --- Rosal de la Frontera

 Esta cache é uma pequena homenagem à Guarda Fiscal e aos seus “picachouriços” (Guardas Fiscais).

 

A Guarda Fiscal (GF) foi um corpo especial de tropas de Portugal, responsável pelo controlo fronteiriço e marítimo de pessoas e bens, pela prevenção de atos ilícitos e pela repressão de infrações e fraudes, sobretudo no âmbito fiscal e aduaneiro.

A Guarda Fiscal estava dependente, em tempo de paz, para efeitos operacionais de fiscalização, do Ministério das Finanças. Em caso de guerra, poderia passar para dependência das Forças Armadas, formando subunidades de combate, que seriam empregues, essencialmente, em ações de defesa de fronteira.


História
A Guarda Fiscal foi criada pela Monarquia Liberal, em 1885, com o objectivo de impedir o contrabando e sujeitar os produtos à cobrança dos respectivos impostos aduaneiros. A GF realizava a mais dura fiscalização das alfândegas portuguesas, a fiscalização externa, estando o seu dispositivo presente nos mais recônditos lugares da fronteira marítima e terrestre. Com o 25 de Abril de 1974 foi incubida de fiscalizar a entrada e saída de cidadãos do país, serviço antes desempenhado, pela PIDE/DGS. Em 1993, inesperadamente, a GF é extinta e integrada, como Brigada Fiscal, na GNR. A partir dessa data o declínio da instituição foi notório. Muitas das suas competências foram progressivamente deixadas ao abandono pelos comandos da GNR, passando a ASAE, ou a Polícia Marítima, a ter de assegurar essas missões. Em 2008, e por reforma do Ministro da Administração Interna a Brigada Fiscal é extinta. 

Os guardas fiscais eram apelidados de "picachouriços" devido à sonda, uma vareta em ferro, que usavam para introduzir nas sacas de produtos a granel, para verificar se nelas vinham escondidos produtos de contrabando.

Organização
Até à sua extinção, como corpo independente, a Guarda Fiscal seguia a organização estabelecida em 1886, a qual, foi, ligeiramente, alterada em 1980. De acordo com a última organização, a GF era comandanda por um generaldo Exército Português, incluindo cerca de 8500 militares e 100 civis, e dispondo dos seguintes órgãos e unidades:

Comando-Geral (Lisboa); 4 Batalhões (Lisboa, Évora, Porto e Coimbra); 4 Companhias Independentes (Funchal, Ponta Delgada, Angra do Heroismo e Horta); 1 Batalhão de Apoio de Serviço (Lisboa); 1 Centro de Instrução (Queluz); Companhias (Capitais de distrito); Secções e Postos

Fronteira
Vila Verde de Ficalho – Rosal de la Frontera

Para quem vem de Lisboa em sentido Sevilha ou vice-versa, a fronteira de Ficalho é a saída natural ou entrada para o nosso país. Apesar de ser uma via natural de saída, não é uma opção muito utilizada, talvez devido ao estado das estradas, designadamente o IP 8 e a N-433 espanhola. O valor paisagístico da região é muito elevado, visto estarmos perante uma área onde persiste a tradição do montado alentejano e da dehesa na parte da Andaluzia, que faz com que a cria o porco preto esteja particularmente desenvolvida, para além das indústrias agro-alimentares derivadas. Também é importante a oliveira, se bem em zonas que ficam mais longe da fronteira, nomeadamente entre Serpa e Moura, mas também o concelho de Barrancos.

Enquanto Vila Verde de Ficalho é uma tranquila e pacata aldeia alentejana, Rosal de la Frontera corresponde muito bem com os traços característicos de uma aldeia andaluza: marquises, grades nas janelas, etc. O comércio tem-se desenvolvido muito, se bem, nos últimos anos, o diferencial de preços em favor de Espanha, tem feito com que muitos portugueses vão lá encher o seu depósito de gasolina ou fazer algumas compras. 

Fonte:
http://guardafiscal.org
picachouriços – guarda fiscal
http://pt.wikipedia.org/wiki/Guarda_Fiscal
http://historiasdaraia.blogspot.com
 

Boas cachadas

Additional Hints (Decrypt)

Qrfpnafr radhnagb rfcren cryn svfpnyvmnçãb.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

53 Logged Visits

Found it 40     Didn't find it 4     Write note 2     Archive 1     Needs Archived 1     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 2     Post Reviewer Note 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 13 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.