Skip to Content

<

Aldeia do "Surdo" [Vila Real]

A cache by Timon i Pumba Team Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/11/2010
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size: regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

ALDEIA DO “SURDO”


ESTAS COORDENADAS NÃO SÃO DO LOCAL DA CACHE!


Pela porta da hera terás de entrar e á árvore misteriosa chegar, o grande penedo esconde o que queres encontrar ;)

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

A mina do rio Sôrdo -ditado

”Na mina do "Surdo", tinha lá uma fortuna muito grande e depois diz que uma bez um senhor foi lá buscar o dinheiro e habia de dizer chempre:

- Diabo, diabo, diabo, diabo, diabo…

E ele foi e assim fez.

- Diabo, diabo, diabo, diabo… – e trazia o tesouro p’ra fora.

Chegou à entrada da mina, diche:

- Ai Jesus! Estou rico p’rá minha bida!

Lebou uma bofetada e ficou sem nada.”


O “Surdo” do Sôrdo”

O rio Sôrdo atravessa Arrabães e vai serpenteando os contrafortes da Freguesia, até chegar à Freguesia vizinha, que é a Cumieira. Separa a Freguesia de Torgueda da Freguesia de Mondrões e Parada de Cunhos e, nesse percurso, há uma zona em que o rio desaparece completamente. O rio entra numa falha geológica e, numa extensão sensivelmente de cinquenta metros, o rio desaparece completamente (antes da barragem do Sôrdo) e volta a surgir mais abaixo.

Essa zona chama-se o “Surdo”, exactamente porque não tem rio – é uma peculiaridade do nosso rio, porque, geralmente, onde o terreno é granítico, isso não acontece.

Como o rio desaparece, o povo, quando não tem uma explicação científica pr’às coisas, começa a imaginar histórias.

Ali chama-se a mina do Sôrdo e quando o rio leva pouca água, principalmente os jovens, descem por cordas para essa mina, onde se diz que há bruxas e há mouras que dão bofetadas.

Eles andaram a investigar e não encontraram as mouras nem as bruxas, mas se calhar elas não aparecem a toda a gente…

Entretanto, como o rio ali é engolido pela terra e fica surdo, não se ouve, também se diz que o próprio nome do rio Sôrdo vem do Latim surdus e que deriva exactamente do facto de ele desaparecer ali e não se ouvir.


Neste passeio deslumbra a magnitude deste sitio que nos remete a um passado habitável desta lindíssima Aldeia perdida pelo tempo e escassa de visitas…

Viaja no tempo, encontra as mouras, bruxas e silencia…os sentidos atentos descobrirão o “Surdo”?


“DEIXA TUDO COMO ENCONTRAS-TE, SE POSSÍVEL FAZ CITO.”

CONTAINER: Logbook, lápis, afia, carimbo (não retirar), stickers (não retirar), saco extra, fita (presente), TB.

Additional Hints (Decrypt)

Orz ivaqbf á Nyqrvn qb "Fheqb"
Yê n yvfgvat!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

196 Logged Visits

Found it 184     Didn't find it 4     Write note 5     Temporarily Disable Listing 1     Enable Listing 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 93 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.