Skip to content

<

Vila de Souane - Cisterna

A cache by inforper Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/12/2010
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

A Cache: As coordenadas iniciais levam-no à entrada da igreja que se situa no Centro da aldeia, para achar as coordenadas finais da cache deverá contar o número de almofadas da porta principal da Igreja. Esse será o vosso X das coordenadas finais.

N 41º 58. (104+X) '
W 007º 09. 954 '

Chegados ao local da cache terão oportunidade de apreciar uma paisagem única que vai desde a zona de lomba, Pinheiros, Espanha e claro à linda aldeia da Cisterna! Aproveitem…

Reza a lenda da tomada de Souane aos Mouros:

“Senhores da vila de Souane davam aos mouros amiudadas sortidas pelas terras circunvizinhas, causando aos cristãos prejuízos sem conta. Cansados estes de por tanto tempo sofrerem o jugo do invasor, resolveram organizar um pequeno núcleo de resistência, constituindo o centro das operações no Castelo de Pinheiro Novo, vulgarmente chamado Cidade de Santa Rufina, na margem oposta do rio Rabaçal. A empresa era difícil, porque o Castro de Souane, além de ser guarnecido de fortes muralhas, tinha pelo sul a protecção de outras povoações de Lomba em posse dos mouros, especialmente Quiráz sua fundação, e pelo norte a encosta íngreme inçada de fraguedos enormes até à margem do rio.
Por duas vezes o exército cristão escalou a encosta e pôs cerco à vila, mas debalde; os esculcas mouriscos depressa punham os habitantes em sobressalto, obrigando os cristão a uma custosa retirada.
Vendo-se assim impossibilitados para nova investida recorreram à protecção do apóstolo Santiago. Fizeram preces durante oito dias… E, milagre extraordinário! Na manhã do nono dia puderam ver numerosa cavalgada baixando os montes do Pinheiro Novo. Há festa. Nessa noite o glorioso cabo de guerra mandou reunir todos os bois, vacas e cabras que havia nas aldeias vizinha, e depois de colocar-lhes os chifres archotes e faróis, marchou com o exército em direcção a Souane. A noite estava escura; já junto das muralhas, mandou acender os faróis, fazendo entrar o luzido exercito para dentro do povoado; os mouros, desprevenidos, acordam em alta grita, encontrando a maior parte, em louca correria, a morte nas pontas dos animais enraivecidos e nas lanças dos infantes e dos cavaleiros fogosos. Souane foi arrasada. Os que puderam escapar, exteriorizaram o sentimento de perderem para sempre a afamada povoação, soltando dos outeiros distantes estes doridos queixumes: > >”
In, FOLKLORE do Concelho de Vinhais – PDE. Firmino A. Martins

O povo dá indistintamente ao velho Castro de Cisterna de Lomba os nomes de Vila, Castelo, Circa, Castro, Cerco de Souane. Nele ainda hoje se podem observar alguns restos de edificações desmoronadas, e ao centro uma Cisterna com água entupida de cascalho abrupto; Cisterna que provavelmente daria o nome ao pequeno logarejo situado um pouco a sudoeste.

Additional Hints (Decrypt)

[PT] Cnen n pnpur rapbagene, n sentn greáf dhr gercne.

[ENG] Gb svaq gur pnpur, lbh'yy unir gb pyvzo gur sentn.

[ESP] Cnen rapbagene ry pnpué, graqeá dhr fhove n yn sentn.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.