Skip to content

Passeio por Cujó - Final (Bonus cache) Mystery Cache

Hidden : 01/02/2011
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


PASSEIO POR CUJÓ - FINAL

 A CACHE NÃO ESTÁ NAS COORDENADAS PUBLICADAS! ACONSELHA-SE QUE ESTACIONE AQUI!

Este passeio tem o objectivo de dar a conhecer as três Ermidas de Cujó e a pacata aldeia, composta por um único aglomerado com o total de 410 habitantes e que se situa a uma distância de onze quilómetros da vila de Castro Daire.

A imagem que está dentro da Ermida é uma pequena e tosca escultura de madeira, com uma torre na mão e crê-se ser obra de um artista natural da terra, mas cujo nome já se perdeu no tempo.

O Vaticano excluiu dos altares Santa Bárbara, mas os devotos pouco se importam que ela figure ou não no rol dos beatificados. Nos dias de trovoada todos evocam a sua protecção e os habitantes mais antigos de Cujó têm na ponta da língua a Ladainha:

 «Santa Bárbara se levantou, seus sapatinhos calçou, seu caminho andou com Jesus Cristo encontrou e ele lhe perguntou, onde vais Bárbara virgem? Eu não vou nem quero ir, mas ao céu quero subir espalhar esta trovoada que lá está tão armada para monte maninho onde não haja pão nem vinho, nem bafinho de menino, que está lá uma serpente com 31 filhos que não tem com que os manter senão com a água da trovoada. Ela é bem abençoada».

Os crentes mais apressados ou menos dados a decorar preces tão longas contentam-se com uma muito mais reduzida:

«Santa Bárbara pequenina tem a torrinha na mão e vai pedindo ao Senhor que nos livre do trovão».

Para além desta manifesta devoção, à Santa Bárbara estão, também, ligados rituais e costumeiras em dias de trovoada, como seja queimarem-se ramos de loureiro benzidos no domingo de Ramos e de espetar ao lado das ombreiras das portas e janelas raminhos de amieiro, fetiches que, na crença das pessoas, afastam raios e coriscos.

 

Abílio Pereira de Carvalho

Cf. meu livro «Cujó ? Uma Terra de Riba-Paiva».

 

Cache:

Deixar de tudo exactamente como encontrou!

É uma pequena caixa com Logbook, stashnote, lápis, uma Geocoin e uma Tb.

Obrigado pela visita e aproveitem bem o sítio! Tirem fotos e publiquem-nas.

 

PARA CHEGAR AQUI TERÂO DE RETIRAR AS COORDENADAS NAS OUTRAS DUAS CACHES DO PASSEIO E COMPLETAR:

 

 

N 40° 56. A-2

W 007° 50. B-17

Additional Hints (No hints available.)