Skip to content

Ermida de Nossa Senhora dos Mártires Traditional Cache

This cache has been archived.

Bitaro: Olá Biscaia,
Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

More
Hidden : 01/22/2011
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Nossa Senhora dos Mártires é das poucas ermidas do Concelho de Estremoz com características medievais. Foi mandada construir por D. Nuno Álvares Pereira, segundo refere Fernão Lopes, sendo que a primeira referência à sua existência é de 1493. No entanto, em 1379, já surge na documentação a Confraria de N.ª Sr.ª dos Mártires, não significando, forçosamente, que aquele templo já existisse. De qualquer forma, as suas características arquitectónicas remetem-nos, com bastante probabilidade, para o século XIV.

Artisticamente, há vários elementos a assinalar, sendo a sua cabeceira tipicamente gótica a mais reconhecida. No entanto, no seu interior, há dois momentos arquitectónicos importantes: o Manuelino (patente no arco abatido que suporta o coro, com decoração de pingentes e meias bolas, com colunas entrançadas, tudo em mármore) e o Rococó Inicial (painéis de azulejo azuis em fundo branco com episódios da Vida da Virgem e de Cristo).

A cerca de 500 metros a nordeste existe um antigo reservatório de água romano, denominado “Tanque dos Mouros”, do qual provém um canal subterrâneo que passa junto da zona dos Mártires, a sul. Há igualmente vários vestígios romanos na área, especialmente material de construção e algumas sepulturas descobertas há alguns anos nas moradias junto ao templo medieval. Aliás, vários investigadores são da opinião que há uma forte probabilidade desta ermida ter sido originalmente uma basílica cristã de época tardo-romana.

Fonte: Câmara Municipal de Estremoz

Additional Hints (Decrypt)

Ncerpvr n rezvqn radhnagb rfcren cryb nhgbpneeb Ohf Fgbc

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)