Skip to content

<

Castro do Bom Sucesso [Mangualde]

A cache by cmatos Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 01/23/2011
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

Castro do Bom Sucesso [Mangualde]

(Classificado como Monumento Nacional através do Dec. nº 67/97, Diário da República nº 301 de 31 de Dezembro de 1997)

 

 

[PT]

Este Castro, inserido num período cronológico-cultural genericamente apelidado de lusitano-romano, situa-se no cimo do monte do Bom Sucesso, com uma altitude de 756 metros, e está totalmente destruído, porém ainda são visíveis, na sua parte mais alta, restos de antigas casas de planta rectangular. Pela análise dos achados arqueológicos (centenas de fragmentos cerâmicos, pesos, contas de colar, escória, etc.) pode-se dizer que o Castro teve várias fases de ocupação humana, ao longo dos tempos. Na realidade, os diversos achados à superfície e sem contexto estratigráfico, resultantes do revolvimento das terras e também dos achados e explorações de Leite de Vasconcelos nos finais do século XIX e inícios do século passado, bem como dos relatos do Dr. José Coelho, anunciam que este Castro teve ocupação no Período do Bronze Final, do Ferro e Romano.

Antes da ocupação Romana é de referir que as casas de habitação deste castro eram as típicas da Cultura Castreja ou circulares ou rectangulares. Leite de Vasconcelos refere a existência dos dois tipos de plantas, que ocupavam uma vasta área do monte e que seriam cerca de 80 a 100 casas de planta rectangular que, pela disposição, formavam ruas.
Tal como os outros castros da Península Ibérica também este foi romanizado, aliás os diversos materiais aqui encontrados, tipicamente romanos provam isso mesmo, bem como as técnicas de construção das casas ou a adopção de novos materiais de construção. Por exemplo, o colmo ou outros materiais vegetais que preferencialmente eram utilizados como telhado das casas foram gradual e consistentemente substituídos pelas telhas cerâmicas romanas.

No cume do Monte do Bom Sucesso existe um marco geodésico de 1ª ordem rodeado por amplo terreiro circular, irregular, murado, a que se tem acesso por larga escadaria em patamares. O muro apresenta materiais reaproveitados da destruída ermida de São Caetano (colunas, pináculos, mísulas, baldaquinos, tímpano). A SO. e O. vestígios de estruturas defensivas angulares e arqueadas. A N. e NE. extensa área de habitações de forma circular, com muros ou alicerces visíveis. Entre o cume e a base encontra-se a Ermida da Senhora do Bom Sucesso, cuja fachada ostenta o portal da destruída Ermida de São Caetano que existia no cimo do monte. O acesso à actual Ermida faz-se por um troço de estrada romana de 50m, constituída por lajes graníticas, flanqueado à direita por muro baixo e à esquerda por pilares com pequenos nichos e cruzes que marcam o Calvário.
 


 

[EN]

This Castro, housed in a chronological cultural-period generically named Lusitanian-Roman, is located on the hilltop of “Bom Sucesso” mountain, with an altitude of 756 meters, and is totally destroyed, but are still visible in its upper part, remains of old houses of rectangular shape. By the analysis of archaeological finds (hundreds of ceramic fragments, weights, necklace beads, slag, etc.) can be said that this Castro had several phases of human occupation over time. In fact, several findings, resulting from tilling the land and also from explorations by “Leite de Vasconcelos” in the late XIX century and the beginning of last century, as well as the reports of Dr. José Coelho, announce that this Castro was occupied in the Late Bronze Period, in the Iron Period and also in the Roman Period.
Before the Roman occupation the main shapes of the houses were circular or rectangular. “Leite de Vasconcelos” refers to the existence of two types of plants, which occupied a vast area in number of about 80 to 100 houses of rectangular shape forming streets.

Like other forts in the Iberian Peninsula, this one was also been occupied by Romans, proved by various materials found here, typically Roman, as well as the techniques of construction of homes or adoption of new building materials. For example, the stem or other plant materials that were mainly used as roofs of houses have been gradually and consistently replaced by Roman ceramic tiles.

On the top of “Monte do Bom Sucesso” exists a first order geodesic mark, surrounded by large and irregular courtyard, walled, that is accessed by a large staircase steps. The wall is built with reused stones from the destroyed chapel of São Caetano (columns, pinnacles, corbels, canopies, timpani). Between the top and the base lies the Chapel of Our Lady of “Bom Sucesso”. The front was built whit the remains of the portal from the destroyed chapel of “São Caetano) that existed on the hill. The access to current chapel is done by a stretch (50m) of Roman road of granite slabs, flanked by a wall on the right and left by small niches and pillars with crosses marking the Calvary.
 

Panorâmica 360º Panoramic

 

Bibliografia: Site do IHRU (Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana) e Blog NEOARQUEO

 

Conteúdo inicial: TB (cmatos Skeleton), mota "Hot Heels", sapatilha (porta-chaves), porta-moedas, CD de músicas para embalar, CD jogo da floresta.
 

Additional Hints (No hints available.)