Skip to content

<

F.C.C. - Casegas

A cache by herminios Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 03/01/2011
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


          

HISTÓRIA

Supõe-se ser a sua origem anterior ao tempo dos Godos.

Um manuscrito do século XII, transcreve uma «carta» de doação de Casegas à ordem dos Templários, feita por Sociro Fromarigues no ano de 1215 da Era de César, ou seja, no ano de 1177 da nossa Era.

Antes da nossa Independência, pertenceu a um senhor de burgos, Chamado Rubis Ximenes; Pertenceu também a D. Pedro Álvares, no reinado de D. Dinis e ao condestável, no de D. João I.

Em 1614 Casegas pertencia à ordem de Cristo, onde se manteve até 1728. foi depois entre 1737 e 1758 que se operou à transferência de Casegas da ordem de Cristo para a ordem de Malta.

Até há pouco supunha-se que este nome tivera origem em “Casa d’Egas”, pois dizia-se, aqui morou em tempos idos um senhor nobre e rico de nome Egas a quem estas terras pertenciam. Mais recentemente foram encontrados alguns documentos em que a actual Casegas figura com o nome de “Cacelegas” que pela evolução fonética e gráfica facilmente se chega a Casegas.

Na “Crónica Militar” de Fernão Lopes de Azurara dizia-se que Cacelegas era povoado muito próspero, muito rico e de muito boa gente, que tinha 100 fogos e estava situado na Estrada Real de Comunicações entre Burgos e Coimbra, posto obrigatório de repasto e repouso para viajantes em caminho para o litoral (ficou célebre a chamada estalagem do Souto Negro).

Tutelou as freguesias de Ourondo (até 31 de Março de 1841), Cebola (agora S. Jorge da Beira, até 12 de Junho de 1887) e Sobral (até 28 de Novembro de 1888).

Casegas na sequência da Reforma Pombalina tem ensino primário oficial desde o alvará de 11 de Dezembro de 1773. Só em Covilhã, Teixoso e Tortosendo foi igualmente criado. O mesmo alvará criou ali o ensino secundário, com a implantação de uma cadeira de Latim.

Segundo alguns historiadores, em Casegas passaria um caminho – a chamada via Covillanae – que, explicando a existência da velha ponte de origem romana, ligou Tomar à Covilhã. Esta teria por certo ligação com as grandes vias imperiais que passavam por Centum Cellas, Lancia Offixdana, Ocelum ou Idanha-a-Velha.

     

 

ACTUALIDADE

Hoje é uma localidade sujeita aos fenómenos da interioridade, tem porém, potencialidades e recursos endógenos a desenvolver (floresta, medronho, turismo, etc.)

A trinta quilómetros da sede de Concelho, a frequesia de Casegas está situada a Sudoeste do Concelho da Covilhã e apresenta uma área de 42,59 quilómetros quadrados.

A norte da freguesia encontram-se as freguesias do Sobral de S. Miguel e Erada ; a sul o Ourondo; a poente S.Jorge da Beira e
S. Francisco de Assis; A nascente o Paul.

Orago: S. Pedro

População: 701 habitantes

Actividades económicas: Agricultura, exploração florestal, panificação, serralharia civil, pequeno comércio, construção civil e lagares de azeite.

Feiras: Mercado Mensal (1º Sábado  de  cada  mês) e feira  anual ( 1º Sábado de Agosto)

Festas e romarias: Anjo da Guarda, S. Pedro, Nossa Senhora de Fátima e S. Sebastião.

Património cultural e edificado: Capela das Almas, Capela do Anjo da Guarda, Igreja Paroquial, Ponte de origem Romana, Forno Comunitário, Lagar de Azeite, Moinhos tradicionais.

Outros lugares de interesse turísticos: paisagem natural, zonas de caça e pesca, museu de arte sacra e piscinas naturais.

Gastronomia: couves com feijão, burelhões, peixinhos da ribeira, papas de carolo, e bolos de bicabornato.

Artesanato: bordados e fabrico de colmeias em cortiça.

Colectividades: Centro Social e Cultural de Casegas, Banda Recreativa Musical e Cultural da Casa do Povo de Casegas, Grupo de Teatro da Casa do Povo de Casegas " Os Polichinelos" e Associação de Caça e pesca de Casegas.

         

A CACHE

Esta é uma cache da série F.C.C. (Freguesias do Concelho da Covilhã) que irei publicar para que assim possais conhecer um pouco melhor as povoações do concelho.

Ter em conta que em cada uma delas irá aparecer um algarismo no interior da cache que vos permitará chegar a uma bónus cache no final da série.

Para encontrarem a coordenada final desta cache teram que realizar algumas tarefas (a distância percorrida é 950m e estão de novo junto ao vosso veiculo) que vos irão ser pedidas:

1 - Depois de estacionarem no ponto sugerido e de terem atravessado  a ponte de origem Romana chegam ao fim de percorrer 80m à entrada principal do Parque de Lazer do Lameiro da Ribeira. Logo ao lado existe um pequeno Altar com um Santo e aos pés dele uma placa. Quero saber em que ano os Josés de Casegas fizeram a homenagem?
Isto será o valor "A".

2- Tomem agora a direcção da Igreja Matriz que foi construida em 1933-1934, dedicada a São Pedro, sendo um dos templos mais bonitos de todo o distrito de Castelo Branco. O seu prospecto exterior é de uma beleza admirável, num estilo bem moderno. Anotem os anos em que o Pe. António Nicolau Lopes esteve ao serviço de Casegas. A informação consta numa placa na parede do hall da entrada da igreja. Terão percorrido mais 260m.
Será o valor "B".

3- Dirija-se agora para o Largo de S. Pedro e no alto da fachada da Capela das Almas existe uma data, apontem-na, acumularam mais 110m ao percurso. 
Será o valor "C".

4- A 30m está o Museu Monsenhor Joaquim Alves Brás, nasceu em Casegas a 20 de Março de 1899. Foi ele que fundou a Obra de Santa Zita em 1932, nesta localidade também existe um lar de acolhimento. Na parede de sua casa, que é hoje um museu com objectos da familia e alguns elementos multimédia onde se conta a história da vida deste homem, existe uma placa de homenagem afixada com uma data. Devem apontar só o ano da sua inauguração?
Isto será o valor "D".

5- De regresso ao Largo de S. Pedro e descendo pela Rua do Adro vão voltar à esquerda e irão passar por uma construção tipica da aldeia que neste momento serve de sede à Junta de Freguesia. Qual o ano que se encontra gravado na pedra da verga da porta da entrada principal (não é o nº de policia e tem 4 algarismos)? Caminharam mais 100m.
Será o valor "E".

Agora na posse de todos os elementos necessários voltem ao local onde deixaram a viatura e procedam ao seu cálculo, a cache final enconta-se a 800m, a pé ou de carro a escolha é sua .

F = A-1995

G = B-38

H = C-1759

I = D-1994

J = E-1854

L = 5 

Operação de controle:  (F+G+H+I+J+L)*3 = 75

COORDENADA PARA A CACHE FINAL SERÁ :      N 40º 10, F G H

                                                W 007º 41, I J L

         

Que tenham um passeio agradável e divirtam-se..

Saudações
.free counters

Additional Hints (Decrypt)

cbfgr.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.