Skip to Content

<

O espião do volfo

A cache by joom Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/14/2011
Difficulty:
5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Introdução:

.... .- -. ... / .--. .- .-. .- / --- - - --- / .---- ..--- ----- ----- / -...- / ..--- -.... ..... / -...- / .... -.. .... / --- .... -- .-.-.. .-.-.. --. -.-. -.- . .-- / .. .- .--- -... ..- / .- .-. . ...- -... / ..-. .... --.. -.. --- / - --. ..- .- ..-. / -.. -. --- -.-- --- / -..- .-. -... -... --. / .-. -.-- --. -. .. / --. --. .-- -.. .--. / .-. ... . ..- ..-. / -.. - .-.. -.- .-- / --- ...- ... .-. ... / -..- -- .. -.. .-.. / --.- .--. -.-- . .... / --- -- . --. -- / .-. --.- .-- -.-. .-- / -.- -.-. --. -..- .--- / .- .. .--. .-. --. / -. .. .-- ...- --- / .... - .-. .-- . / --.. --. --.. . .- / -.-- .... -..- - ..-. / .-- .--. .- .. .-.. / .... --. . - -..- / -.-- . -.. ..-. .-. / -.-- .-- -... -... ... / -- ..-. .--. -. ... / ..-. . .--- ...- --- / - --.- --.- .--. --.- / --.. ..- . .- . / .--- ..-. -.-- --- .... / .-. .. --.. -..- --.. / ...- -. .-- .. -.- / -... .-. .--- -.. -.. / - .--. .--- .-.. -... / . .--. --- .-.. .-.. / - ...- .-- .. --- / . - -. .- ... / - -.- -. ..-. --.- / .--. --.. -.- --. --- / --.. .--. -.-- .--- --- / .-. -.-. .... ..- ..-. / .-.. .- -. -... --.- / -- -..- .--- ..- -.-- / -... . --- .- .- / -..- .--. ..- .--- -- / .-.. --.. -... ..-. .-. / ... .-.. ...- -.-. . / -..- .. --- . .-. / --. ...- . ..- ...- / --.. --.- . --.- . / ... .-.. -.. .-.. ... / .-- .--- . .--- .--- .-.-..

Em Janeiro de 1942 Hans Hahn, então com 25 anos, foi destacado da sua cidade natal, Heidenheim an der Brenz, para vir a Portugal acompanhar o acordo Portugal-Alemanha sobre o comércio de volfrâmio e ficar no território posteriormente.

Nesse acordo fica decidido que Portugal procurará fornecer 3000 toneladas anuais de volfrâmio, a uma média de 250 toneladas por mês, a 150$00 por quilo. Em troca, receberá dez mil toneladas de sulfato de amónio, 300 vagões de caminho de ferro de 15 toneladas, tambores e máquinas e 60 mil toneladas de ferro e aço a preços de antes do início da guerra.

A sua missão era supervisionar a exploração mineira de volfrâmio e recolher o máximo de informação sobre os espiões aliados que operavam na zona. A sua paixão e interesse pela química, devido à influência do tio Otto Hahn e também pela geologia abriram-lhe as portas para uma carreira nas minas. Ao contrário do seu primo Hanno Hahn que se dedicou às artes, Hans era um homem da ciência. Este interesse despertou a curiosidade dos serviços secretos durante o serviço militar obrigatório. Assim tornou-se espião tendo uma vida dupla desconhecida dos seus familiares. Em Portugal veio de início para as minas de Regoufe, mas depois de passar pelas minas da Borralha e dos Carris veio para Barcelos para prospecção de jazidas de minério numa nova e promissora zona. Esta deslocação teve dois propósitos: a promoção por ter passado um ano nas agrestes condições da serra do Gerês e assim estar mais perto da beira-mar para uns dias de sol, e o mais importante, espiar os movimentos marítimos e rodoviários entre o Porto e a Galiza.

Passaram-se entretanto 3 anos e Hans Hahn desenvolveu uma teia de contactos na mineração e comercialização de volfrâmio em Portugal. Com o tempo minou o mercado e conseguiu sabotar a exportação do minério para Inglaterra com recurso ao afundamento do transporte marítimo. Também explorou a vertente comercial especulando com os preços de venda aos ingleses.

Após o decreto do governo português de Junho de 1944 em que é decidido acabar com as exportações do volfrâmio para a Alemanha e encerramento das minas, a tarefa de Hans é alterada. Agora teria que fomentar o aparecimento de "pilhas" nas minas inglesas. Estes eram mineiros ilegais e muitas das vezes eram agricultores que tinham pequenas explorações mineiras. Igualmente organizava o desvio dos pagamentos ingleses, em ouro, para financiar as suas actividades.

Como forma de homenagear o seu tio escolheu Otto como nome de código.

GCSSF ZTWUZ BLWJN AYAKL XYLOZ

Devido a um acontecimento não favorável para Hans este foi preso devido a denúncia. Estes são os documentos que tinha na sua posse na altura da sua detenção a 22 de Maio de 1945. Por facilidade a maior parte da correspondência de e para Otto é redigida em português.



Nota

A cache não está no muro. A cache não tem material de escrita. Por favor não revele o local, nem o que existe nas redondezas quando registar que encontrou a cache. Igualmente não revele pistas sobre como chegou às coordenadas, se alguém as forneceu refira esse facto. Obrigado.

Additional Hints (Decrypt)

fcbvyre ab trbpurpxre

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

79 Logged Visits

Found it 45     Write note 19     Temporarily Disable Listing 3     Enable Listing 3     Publish Listing 1     Needs Maintenance 1     Owner Maintenance 4     Post Reviewer Note 3     

View Logbook | View the Image Gallery of 24 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.