Skip to Content

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.

This cache has been archived.

MightyREV: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das caches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.


MightyREV
Community Volunteer Reviewer
Centro de Ajuda|Trabalhar com o Revisor|Revisões mais rápidas|Linhas Orientação|Políticas Regionais - Portugal

More
Traditional Geocache

Igreja do Vilar - PGS-03

A cache by PinguinTeam Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 2/27/2011
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Igreja do Vilar - PGS-03

Igreja de Nossa Senhora do Ó
 
                                                               

O topónimo “Vilar” deriva do latim “villaris” ou “villare” que é um diminutivo de “villa” que significava, no latim clássico, uma casa de campo ou vivenda de um senhor, incluindo as habitações dos trabalhadores, os estábulos e celeiros e respectivos terrenos agrícolas envolventes; correspondendo, aproximadamente, a uma quinta actual de grande extensão.

Até à Idade Média, as parcelas das Villas cultivadas por rendeiros tinham várias designações entre as quais a de villares. Vilar era, portanto, a parcela de uma villa com as suas terras de amanho e as casas dos cultivadores. Tal deverá ter sido a origem do nome desta freguesia.

O território da freguesia de Vilar, na alta Idade Média nacional, era, administrativamente, um domínio do Castelo de Óbidos.

A primeira referência histórica, conhecida, à freguesia de Vilar, encontra--se na carta de doação da vila de Cadaval, passada pelo rei D. Fernando, no dia primeiro de Dezembro de 1371, a D. Afonso Telo de Meneses, conde de Barcelos. Descrevendo o termo da vila que doava, diz: “…e outrossim lhe damos e outorgamos por termo, o território e aldeia de Vilar com todas as outras aldeias, casais, quintas e herdades e com todos os outros lugares que são da freguesia de Santa Maria, do dito lugar de Vilar.”

No numeramento (recenseamento ) de 1527, mandado fazer pelo rei D. João III, encontra-se uma nova referência ao Vilar e aos lugares da freguesia: “Aldeia de Vilar, 27 vizinhos – casais de Palhais e Seixo, 4 – Casal de Zorrieira e Quinta da Trindade, 3 – casal do Pereiro, 3 – casal da Tojeira, 3 - aldeia de Vila Nova, 11- aldeia do Carvalhal, 10.” Nesta altura, o termo vizinhos tinha o significado equivalente ao termo actual, fogos.

Uma outra fonte para a história da freguesia de Vilar, é a resposta do Padre António José Palhano ao Inquérito do Marquês de Pombal, datada de 18 de Maio de 1758. Neste documento pode ler-se o seguinte: “ (…) Tem este lugar e freguesia 93 fogos e 317 pessoas da idade de 7 anos para cima (…) O orago desta igreja é Nossa Senhora da Expectação que está no altar mor e nos dois laterais está na parte da esquerda o Santíssimo e da direita Nossa Senhora do Carril. (…) É pároco, cura da apresentação do Prior do Vale Benfeito, religioso de São Jerónimo e dos beneficiados da igreja de Santiago da vila de Óbidos. Tem de côngrua o dito cura um moio de trigo, meio moio de cevada, um tonel de vinho de duas pipas, que se lhe satisfaz das dízimas pertencentes à dita igreja Prioral; tocam mais ao dito cura as suas benesses e pé de altar. (…) No terramoto de 1755, padeceu este lugar e os demais da freguesia alguma ruína que se tem reparado; excepto a que teve esta igreja que se acha no mesmo estado(…)”.

Em 1866, o abade de Miragaia diz desta freguesia o seguinte: “ Compreende grande parte da serra de Montejunto (…). Como todas as deste concelho e dos concelhos limítrofes sofreu muito por ocasião da Guerra Peninsular, nomeadamente desde que o general Massena acampou com os seus oitenta mil homens ao norte das Linhas de Torres Vedras, desde Outubro de 1810 até Março de 1811. Mal se imagina hoje o estado a que ficaram reduzidos estes povos”.

Desde 26/09/1895 até 13/01/1898, pela extinção do concelho de Cadaval, a freguesia de Vilar esteve anexada ao de Alenquer, voltando novamente ao primeiro, aquando da sua restauração. Nos anos trinta, foram incorporadas na freguesia de Vilar as aldeias de Avenal e Rechaldeira.

A freguesia de Vilar compreende actualmente, os lugares de Arrabalde, Avenal, Carvalhal, Palhais, Pereiro, Rechaldeira, Seixo, Tojeira, Vila Nova e, ainda, alguns casais.

Texto retirado de:   http://www.jf-vilar.pt

                                                            

A CACHE

É pequena e contém o habitual: Logbook, cachenote, lápis e alguns presentes para troca.

THE CACHE

It's small and it contains the usual: Logbook, cachenote, pencil and some presents to trade.

Additional Hints (Decrypt)

anb qrfgehnz b wneqvz, anb rfgn yn rfpbaqvqn.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

251 Logged Visits

Found it 223     Didn't find it 13     Write note 2     Archive 1     Needs Archived 1     Temporarily Disable Listing 2     Enable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 4     Owner Maintenance 2     Post Reviewer Note 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 37 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 11/15/2017 3:54:54 PM (UTC-08:00) Pacific Time (US & Canada) (11:54 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page