Skip to Content

<

Rota do Jurássico #1

A cache by O Melg@ & SmilingCat Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 4/6/2011
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
3.5 out of 5

Size: Size: other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Arenitos da Boa Viagem

O Cabo Mondego é um verdadeiro livro da História Geológica do período Jurássico, entre os 185 e os 120 M. A. (milhões de anos). A Rota do Jurássico é um conjunto de earthcaches que lhe vão dar oportunidade de “viver” nos tempos em que os Megalossáurios calcorreavam este litoral. Ao longo de cerca de 2 km de arriba, poderá ver sucederem-se diversos paleoambientes, resultado de regressões e transgressões marinhas ocorridas nesta zona, apreciar as formações e as estruturas de origem sedimentar, observar muitos registos fósseis, animais e vegetais, impressionar-se com as forças tectónicas que ergueram e inclinaram as bancadas calcárias, enfim, arrebatar-se com a presença de um verdadeiro tesouro super-antiquíssimo. Um tesouro único, que temos à nossa disposição e que é de todos nós. Tome atenção especial à sua preservação – se quiser levar alguma recordação para casa (rochas, fósseis, etc.) leve-a na máquina fotográfica/GPS ou telemóvel.

E se trouxer algum saco de plástico faça um CITO (cache in trash out)!

 

A #1, Arenitos da Boa Viagem, inicia a rota do Jurássico que o vai fazer recuar no tempo geológico desde os 146 aos 200 Milhões de anos, desde o Jurássico Superior, passando pelo Jurássico Médio até ao Inferior na #12.

A unidade Arenitos da Boa Viagem é constituída por uma série gresosa com uma espessura entre os 500 e os 600 metros do final do Jurássico Superior (Kimeridgiano-Titoniano, 156 -146 Milhões de anos). Encontra-se limitada inferiormente pelos calcários com  Perna sp. (molusco bivalve de água salgada) e superiormente pelo conglomerado caulínico grosseiro que constitui a base do Cretácico (ver tabela cronoestratigráfica na #8).

A sucessão é uma alternância de arenitos argilosos (vermelhos a amarelos) e de argilas (sendo as cores predominantes o amarelo, o cinzento e o esverdeado). Tem vindo a ser interpretada como de origem fluvio-deltaica, embora com algumas intercalações marinhas litorais.

Podem ser observadas algumas estruturas sedimentares como estratificação entrecruzada, gradada e em ventre, figuras de carga (slumping) e marcas de ondulação (ripple marks).

Na baixa-mar e quando a cobertura arenosa o permite ficam expostas as cortinas, as quais consistem em inúmeros carreiros e esporões naturais com disposição paralela, talhados pela abrasão marinha. Pode apreciar sobre as rochas inúmeras espécies de moluscos (Mytilus, Patella, Littorina) e as bioconstruções actuais do anelídeo poliqueta Sabellaria. Entre as rochas observam-se algas de várias cores e pequenos peixes aprisionados nas poças de água.

 

Pela praia e até chegar ao local das coordenadas pode encontrar rochas com formas muito interessantes lentamente esculpidas pela força erosiva das águas marinhas.

 

No arenito indicado pelas coordenadas pode observar-se uma estratificação intracruzada.

 

Estratificação intracruzada – estrutura sedimentar em que os estratos/camadas têm inclinações que fazem ângulos entre si, sem ter havido nenhum episódio de discordância. As diferentes inclinações nos planos sedimentares devem-se às variações nas direções das correntes fluviais ou marinhas.

Arenitos, conglomerados, argilas – Nas rochas detríticas, como os  conglomerados (<2mm), arenitos (1/16 a 2mm) e argilas (>1/16mm), os depósitos são inicialmente constituídos por materiais soltos. A granulometria destes materiais é variável e dependendo das suas dimensões são classificados de acordo com tabelas granulométricas e caracterizam as rochas consolidadas a que vão dar origem.

 

Quadro I- Escala granulométrica

Designação

Diâmetro

Balastros

blocos

>256mm

>2mm

seixos, calhaus e godos

64-256mm

cascalho

8-64mm

areão

2-8mm

Areias

areia grosseira

0,5-2mm

0,06-2mm

areia média

0,125-0,5mm

areia fina

0,06-0,125mm

Silte

0,003-0,063mm

<0,06mm

Argila

<0,003

 

À medida que a sedimentação prossegue, os detritos vão-se sobrepondo em camadas o que vai aumentar a pressão a que as camadas inferiores ficam submetidas. Em consequência dessa pressão, a água incluída nos interstícios dos materiais é expulsa e as partículas ficam mais próximas, ficando a rocha progressivamente mais compacta e mais densa. A compactação acentua a estratificação. Os espaços vazios entre os detritos podem ser preenchidos por materiais de neoformação constituindo um cimento que liga os detritos, formando uma rocha consolidada. Quando os sedimentos são muito finos, os poros são muito pequenos para a circulação de água e a consolidação fica a dever-se à compactação.

Callapez, Pedro Miguel, Subsídios para um roteiro geoturístico. O exemplo da Figueira da Foz. in Por terras da Figueira (2008) – Kiwanis Clube Figueira da Foz

Sila, Amparo Dias e tal (2008), Terra Universo de Vida, Porto Editora

http://fossil.uc.pt/pags/fbm_gastropoda.dwt#

http://caminhadasnapraiadequiaios.blogspot.com/2009/03/as-fotografias-da-carla-do-cabo-monde.html

e-geo.ineti.pt/bds/.../termo.aspx?

 

ATENÇÃO À MARÉ!

Para aceder ao arenito das coordenadas deve escolher uma hora de maré-baixa.

Para proceder ao log desta earthcache deve:

-medir a altura do afloramento

-indicar a granulometria da rocha.

Envie as respostas para o meu email. Se elas não estiverem de acordo com o solicitado, entrarei em contacto com o colega, caso não aconteça a resposta é válida, e fica autorizado o log desta earthcache.

 

 

Sandstones of Boa Viagem

The Cabo Mondego is a true book of Geological History of the Jurassic period, between 185 and 120 M. A. (million years). “Route of Jurassic” is a set of earth caches that will give you the opportunity to "live" in the days when the Megalosaurs walked over this coast. Over about 2 km of cliff you can see different paleoenvironments result of marine transgressions and regressions occurred in this area, examine the sediment formations, observe many records fossils, impress themselves with the limestone strata that were tilted by tectonic forces and finally to feel a super-ancient real treasure. It’s a unique treasure that we have at our disposal and that belongs to all of us. Take special care to preserve the environment - if you want to take home some souvenir (rocks, fossils, etc.), take it in your camera / GPS or mobile phone.

And if you bring a plastic bag, make a CITO (cache in trash out)!

 

The #1, Sandstones of Boa Viagem, begins the Jurassic Route that will take you back to the geologic time, since 146 to 200 million years, since Upper Jurassic, passing through Middle Jurassic, until the Lower Jurassic in #12.

The unit Sandstones of Boa Viagem is formed by a sandstone series with 500 to 600 meter of thickness from Upper Jurassic (Kimeridgiano-Titoniano, 156 -146 million years). At bottom it is limited by limestone that contains Perna sp. (bivalve mussel from salt water) and in the top lays coarse kaolinic conglomerate that is the base of Cretacic.

The succession is an alternation of clayey sandstone (red and yellow) and clays (with prevalent colors the yellow, grey and greenish). It is being interpreted as being of origin fluvial-deltaic, although with some intercalations of littoral marine (fig.1).

One can see some sedimentary structures like crisscross bedding, slumping and ripple marks.

When the tide is low and the sand covers allows, one can see the cortinas (‘curtains’), which consist in many trails and natural jetties in a parallel disposition, carved by marine abrasion (fig.2). You can appreciate over the rocks several species of mussel (Mytilus, Patella, Littorina) and the current bioconstructions of the polychaete annelid Sabellaria (fig.3). Among the rocks one observe many algae with different colors and little fish that remain prisoners in the puddles.

On the shore until you arrive the coordinates, you can find rocks with interesting forms slowly carved by the erosive force of marine water (fig. 4).

Crisscross bedding/stratification – sedimentary structure where the strata are inclinated and they make angles to each other, without any discordance episode. The various inclinations in the strata are due to variations on the directions of fluvial or marine currents (fig.5).

Sandstone, conglomerate, clays – In detrital rocks, like conglomerate (with clasts >2mm), sandclasts (1/16 to 2mm) and clays (<1/16mm), the initial deposits are formed by free clasts. The granulometry of these materials is variable and depending on their dimensions they are classified by granulometric tables and they characterize the consolidated rocks they origin.

As the sedimentation proceeds, the clasts overlap into layers that will increase the pressure in the lower layers. Because of that, the water in the interstices is expelled and the clasts become increasingly closer, and the rock becomes increasingly denser and more consolidate. Compacting the material reinforces the stratification. The empty spaces between the particles can be filled in with neoformation materials that form a cement that binds the clasts and form a consolidate rock. When the sediments are very fine, the pores are very little for water circulation and the consolidation is due to compaction.

Table 1- Granulometric scale

Designation

Diameter

Ballasts

blocks

>256mm

>2mm

scree

64-256mm

medium gravel

8-64mm

fine gravel

2-8mm

Sands

coarse sand

0,5-2mm

0,06-2mm

medium sand

0,125-0,5mm

fine sand

0,06-0,125mm

Silt

0,003-0,063mm

<0,06mm

Clay

<0,003

ATTENTION TO THE TIDE!

To access the sandstone of the coordinates you should choose a period of low tide.

For proceeding to the log of this cache you should:

- measure the height of the outcrop.

- indicate the granulometry of the rock.

E-mail me the answers to allow your log in this earthcache.

Additional Hints (No hints available.)



 

Find...

355 Logged Visits

Found it 344     Write note 9     Publish Listing 1     Owner Maintenance 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 100 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.