Skip to content

This cache is temporarily unavailable.

Bitaro: Caro hamiltonpinhell,

Pelo teor dos últimos registos, parece necessária a intervenção do owner para verificar o estado da geocache.
Até lá, ficará temporariamente inactiva.

Por favor leia atentamente as Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Esta designação serve para geocaches que estão com alguma questão pendente ou um problema temporário por resolver.
Como owner, tem ao dispor, pelo menos, quatro soluções possíveis:

  1. Efectuar a manutenção necessária e reactivar a geocache, dentro do prazo estabelecido pelas Linhas de Orientação
  2. Colocar uma nota na geocache com o plano de manutenção, caso esta não possa ocorrer num curto espaço de tempo. Nessa nota deve constar:
    • o prazo em que pretende efectuar a manutenção,
    • o argumento pelo qual o prazo indicado abaixo terá de ser ultrapassado para que fique novamente activa;
  3. Caso não consiga assegurar a manutenção da mesma, pode considerar o processo de adopção por um geocacher local;
  4. Arquivar a geocache se não tiver disponibilidade para assegurar o estado pleno da mesma. Por favor, tenha em consideração que nesta opção é necessário remover a geocache ou os conteúdos da mesma para evitar que se tornem lixo (*geolitter*).

Assim, caso não seja feita manutenção ou indicado um motivo válido pelo qual a geocache deva estar desactivada além do tempo previsto pelas Linhas de Orientação, a mesma será arquivada num prazo de 60 dias (este prazo não é rigoroso enquanto a pandemia COVID-19 se mantiver - a manutenção deverá ser feita sempre em segurança, pois a sua saúde está primeiro que a saúde da cache!).

Relembro que não é possível desarquivar uma geocache que seja arquivada por falta de manutenção.

Obrigado pela colaboração
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Linhas Orientação

More
<

mofreita cache

A cache by hamardimitri Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 04/17/2011
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

MOFREITA

Padroeiro: São Vicente;
População: 40 habitantes;
Eleitores: 75;
Área: 1240 ha.;
Actividades Económicas: Agricultura (castanha, centeio, batata), pecuária (4 explorações de gado bovino de raça mirandesa);
Gastronomia: Fumeiro regional;
Artesanato: Tecelagem – Maria Alzira Gomes Fernandes Pires e Maria Amélia Fernandes
Festas e Romarias: Festa de S. Vicente (dia do padroeiro: 22 de Janeiro), Festa de S. Vicente (Festa de Verão: Domingo a seguir ao Corpo de Deus);
Locais de Interesse Turístico: Parque Natural: inserida no Parque Natural de Montesinho, Serra do Vilar, serra da Coroa, miradouro do Alto do Facho;
Fauna: Coelho, perdiz, lebre, corço, javali, raposa e lobo;
Flora: Castanheiro, carvalho, urze, giesta, carqueja, azinheira, carrasco, ameeiro, choupo, nogueira, freixo;
Cursos de Água: Rio Tuela, ribeira da Ferradosa.


HERÁLDICA


Brasão: escudo de verde, dois carvalhos arrancados de ouro, landados do campo, encimando um monte de quatro cômoros de prata, firmado nos flancose nascente de um pé de quatro coticas ondadas de azul e prata. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: «MOFREITA».

Bandeira: branca. Cordão e borlas de prata e verde. Haste e lança de ouro.

Selo: nos termos da Lei, com a legenda: «Junta de Freguesia de Mofreita – Vinhais».


Aprovado em sessão da Junta de Freguesia de Mofreita em 26 de Abril de 2000.
Aprovado em sessão da Assembleia de Freguesia de Mofreita em 9 de Janeiro de 2000.
Parecer emitido pela Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses, nos termos da Lei nº 53/91, de 07 de Agosto. Lisboa 11 de Abril de 2001.

REDE VIÁRIA E TRANSPORTES:
A freguesia é servida, em termos viários, pela Estrada Nacional 308, que liga a Bragança, e pela Estrada Municipal que liga a Vinhais, e pelo caminho municipal asfaltado que liga a Moimenta.
Em termos de Transportes, esta freguesia conta com autocarro diário para Bragança, autocarro para Vinhais às Quartas-Feiras e dias de feira da sede do concelho.

A HISTÓRIA

Mofreita é uma freguesia pertencente ao concelho de Vinhais, distrito de Bragança.
Fica situada no cimo do vale da ribeira da Ferradosa, muito próxima de Espanha, e insere-se no Parque Natural do Montesinho, detendo, por esse facto, uma fauna e flora muito rica e variada.
Tem por vizinhas as localidades de Moimenta (14 Kms), Fresulfe (4 Kms), Dine (3 Kms) e Zeire (2 Kms).
Em termos históricos, é justo realçar-se uma figura de grande importância, do séc. XVIII, o bispo de Bragança, D. António Luís, abade de Mofreita.
Foi ele que fundou o Recolhimento das Oblatas do Menino Jesus, em 1 de Janeiro de 1793, tendo como primeira madre superiora, Maria de Jesus Manuela.
Sobre a história e a vida de Mofreita muita informação há a considerar:

1 - “Das memórias arqueológicas do distrito de Bragança, do abade de Baçal”:
Vol. II – Prisão das Superioras do Recolhimento das Oblatas do Menino Jesus, pela Inquisição – Fundação e Inauguração do Recolhimento das Oblatas em 1-1-1793.
Vol. III – Inquirições de D. Afonso III e Doações de D. Afonso III.
Vol. IX – Castelo e Bens Eclesiásticos.
Vol. XI – Barulho com os Galegos de Hermisende.

2 – Do Folclore do Concelho de Vinhais, do Padre Firmino Martins – As Histórias de Mofreita.

3 – Escritura de Obrigação que faz o Cabo de Polícia e mais povo, do lugar de Mofreita, julgado de Vinhais, para os guisamentos da Igreja e manutenção do Pároco que lhe for mandado (Esta escritura desanexa Mofreita da Freguesia de Fresulfe – 21-6-1842).

4 – As Oblatas do Menino Jesus de A. L. Pinto da Costa (obra ainda não publicada) – relata a história da fundação dos conventos das Oblatas, em Mofreita, Bragança, Fornos de Ledra e Lisboa.”

Additional Hints (Decrypt)

SBGBB

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.