Skip to Content

<

F.C.C. - Sarzedo

A cache by herminios Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/31/2011
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:







HISTÓRIA


A sua História remonta ao tempo dos Lusitanos. Da sua presença restam hoje as ruínas de um castro, o Castelo Deladeiro.
O Sarzedo foi Concelho, composto apenas pela freguesia por si formada, tinha então 96 fogos e 430 habitantes.
Existia portanto Câmara, Regedores e Juizes.
O último decreto a fazer constar Sarzedo como Concelho é de 17 de Agosto de 1835. Foi neste ano que, tal como Famalicão, o Sarzedo seria integrado no Concelho e Comarca de Valhelhas. Em 1855 também este Concelho seria extinto e o Sarzedo passaria a pertencer ao Concelho da Covilhã.

O Inquérito de 1758:
Em 1758, o Rei D. José terá mandado realizar um Inquérito Nacional a fim de saber qual o estado do Reino. Assim todos os párocos deveriam responder a um interrogatório sobre a situação da sua paróquia. Os documentos originais, que constituem a resposta a este inquérito, encontram-se actualmente na Torre do Tombo e são de importância fulcral para conhecer um pouco mais da história do Sarzedo.
Diz-se nesse inquérito que o Sarzedo fica na província da Beyra e pertence ao bispado e comarca da Guarda.
Da sua situação geográfica refere: “Está situado no meyo de declive de hú braço da Serra da Estrella, chamado Serra, virado a Poente”. Dessa Serra diz: “…correndo para Nascente na distancia de meya legoa, se chama Castelo Deladeiro, e pouco mays adiante a Serra do Matias, e descorrendo para Sul, tem o titulo de São Gião, por ahi ter a capela deste Santo, continuando em distancia de húa legoa, vay remattar aonde chamão Cabeço do Mouro, e esta no corpo da Serra da Estrella…” Faz também referência ao rio Beijames, dizendo que “Corre de Poente a Nascente. Morre no Zêzere, junto ao limite desta Freguezia. Tem somente hú moinho desta Freguezia, e nada mais.”
Relativamente às distâncias que separam o Sarzedo dos principais centros, diz que dista duas léguas da Covilhã, quatro da Guarda e quarenta e oito da Capital do Reino (Lisboa).
Da Igreja Matriz diz: “Tem quatro Altares: o primeiro na Capela Mor em que esta o Sacramento, e da parte do Envagelho, Nossa Senhora da Conceição, e da Epistola, São Sebastião; e doys colatraes hum he de Nossa Senhora do Rozario, e o outro de Santo Antonio, o quarto esta metido na parede, tem só o Santo Christo; tem somente a Irrmandade das Almas.”
Das ermidas do Sarzedo refere que tem duas: a do Espírito Santo, que se situa “fora do Lugar, em distancia de dois tiros de bala de espingarda”, e a da Senhora das Preces que se situa dentro da povoação. Além destas faz referência a outra, da qual não existem vestígios hoje em dia, a ermida de São Gião “que esta em vias de se demolir tem algumas partes já sem paredes, dista do Lugar hú quarto de legoa, junto da estrada poente”.
Fala também de quem fazia valer a autoridade. Diz assim que: “Tem Juizes Ordinarios do civil, Procurador, e Regedores que fazem sua Camara, e no Crime he sujeyto a Valhelhas”.



 




ACTUALIDADE

Numa forte eminência da Serra da Estrela situa-se o Sarzedo, a cerca de 14 Km da sede de concelho e a 12 Km da margem direita do rio Zêzere. A freguesia do Sarzedo confronta-se a norte com Valhelhas, a sul com o Teixoso, a nascente com as freguesias de Orjais, Aldeia do Souto e Vale Formoso e a poente com Verdelhos e o rio Zêzere.

Orago: Nossa Senhora da Conceição
População: 174 habitantes
Actividades económicas: Agricultura, construção civil e pequeno comércio
Feiras: (1º Domingo de cada mês)
Festas e romarias: Divino Espírito Santo (Pentecostes) e Nossa Senhora das Preces (2º Domingo de Setembro)
Património cultural e edificado: Capela de Nossa Senhora das Preces, Capela do Espírito Santo, Igreja Matriz, torre em granito e chafariz
Outros locais de interesse turístico: Parque de merendas da Fonte dos Amieiros e miradouro
Gastronomia: Cabrito assado, chanfana, grão de bico com massa, feijoada, Caldudo, papas de carolo de milho, arroz doce com leite de cabra, pão-de-ló e bolos de folar.
Artesanato: mantas de orelos
Colectividades: Grupo Desportivo e Recreativo Sarzedense
Jogos tradicionais: Jogo da péla, bilharda, cântaro, fito, malha, cabra cega, burro, cartas






Apesar de preferencialmente dedicada à agricultura, nomeadamente ao cultivo da castanha, da batata e da vinha, Pinho Leal diz que Sarzedo não era no entanto uma terra muito fértil. O seu potencial económico evidenciava-se não obstante, na criação de gado, principalmente miúdo, e ainda na caça. Os tempos foram passando, a agricultura continua a predominar, o comércio e os serviços passaram a contribuir com uma parte significativa no seu desenvolvimento económico, mas a emigração tende a registar-se como um fenómeno de particular incidência. Na freguesia existira outrora, e ainda, uma importante mina de volfrâmio denominada Malheira e Cabeçadas, a qual se estendia pela vizinha freguesia de Orjais.






A CACHE

Esta é uma cache da série F.C.C. (Freguesias do Concelho da Covilhã) que irei publicar para que assim fiquem a conhecer um pouco melhor as povoações do concelho e quem sabe conviver um pouco com as suas gentes.

Ter em conta que em cada uma delas irá aparecer um algarismo no interior da cache que vos permitirá chegar a uma bónus cache no final da série.


Para encontrarem a coordenada final desta cache terão que percorrer algumas ruas desta aldeia e apontar o que vos é solicitado.

1 - Depois de estacionarem no ponto sugerido desçam a Rua Direita e de seguida sigam pela Rua D. Felismina Campos Gomes até chegarem à Torre Sineira, exlibris da       aldeia, e perto desta no topo da porta principal da Igreja Matriz existe uma placa. Anotem o ano em que foi restaurada pela junta e povo do Sarzedo.
    Isto será o valor “A”.
    Percorreram 290m aprox..

2 - Dirija-se agora até ao chafariz em cantaria, o mais antigo da freguesia e ai devem contar o número de bicas.
    Será o valor “B”.
    Andaram mais 90m aprox..

3 – No fim da Rua Direita devem continuar pela Rua da Estrada Nova até chegarem perto dos lavadouros públicos, ai devem contar o número de tanques de água           existentes no seu interior.
    Isto será o valor “C”.
    Somaram mais 140m ao seu passeio.

4 – Percorram agora a Rua Nova da Chandeira até junto da casa Comunitária e do Grupo Desportivo e Recreativo Sarzedense onde existe um fontanário. Devem apontar     o ano inscrito na fachada da fonte.
    Será o valor”D”.
    Deslocaram-se em mais 240m aprox..

    Agora na posse de todos os elementos necessários volte ao local que sugerimos para o estacionamento e proceda ao seu cálculo.

    FÓRMULA PARA A CACHE FINAL:

    Verificação: (A+B+C+D) x 3 = 11751

    E = 1985 – A

    F = 2 – B

    G = 11 – C

    H = 1939 – D

    COORDENADA FINAL:

    N  40º 21,8 E F

    W  007º 25,5 G H

 


    Que tenham um passeio agradável e divirtam-se..

    Saudações


 
. . . . free counters
Free counters

Additional Hints (Decrypt)

Ngeáf qb nezáevb qr ryrgevpvqnqr.
Yrirz zngrevny cnen rfperire.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

33 Logged Visits

Found it 21     Write note 6     Temporarily Disable Listing 2     Enable Listing 2     Publish Listing 1     Post Reviewer Note 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 8 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.